Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

EM NOME DA JUSTIÇA, PELUSO DEVERIA SE AFASTAR DO JULGAMENTO DE DANTAS

Em agosto, a segunda turma do Supremo Tribunal Federal, formada por Eros Grau, Celso de Mello, Ellen Gracie (que impediu a abertura do disco rígido do Dantas), Cezar Peluso e Josaquim Barbosa, julgará em definitivo o habeas corpus do banqueiro.

O ministro do Supremo, Cezar Peluso, deveria se julgar impedido de votar, visto que os advogados de Dantas já anunciaram seu voto. É a favor de Daniel Dantas. Aliás, por que teriam facilidades no Supermo? Essa poderia ser mais uma investigação a ser feita pela Polícia Federal.

Não é possível o Supremo Tribunal Federal já se comportar como um jogo de cartas marcadas.

Em nome da Justiça, Peluso deveria se afastar dessa votação.

Leia sobre a ação dos Advogados de Dantas

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: