Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

OLHA A DECLARAÇÃO DA SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Incrível, o avanço na legislação que cria o piso mínimo para professor é desdenhado pela secretária da Educação de São Paulo, Maria Helena Guimarães de Castro, do governo José Serra do PSDB. A secretária insinua que não vai cumprir a lei.

Isso porque a lei, além de criar o piso mínimo,  exige que o professor seja remunerado em 1/3 fora da sala de aula, de forma que ele ganhe também para a preparação das aulas e correção de provas. Vale lembrar que São Paulo é o estado mais rico da federação. (Leia abaixo matéria que mostra que o Acre paga mais que São Paulo para o professor).

Ao contrário, na mesma entrevista ao Estadão, a secretária mostra a sua grande idéia para a pasta, que é dar prêmio para os funcionários e professores, mas somente se a escola tiver bom desempenho no Idesp (Índice de Desenvolvimento da Educação do Estado de São Paulo).

Essa é a mentalidade educacional made in PSDB. Ela pode ser traduzida assim: “Nós não vamos dar condições para que o professor seja preparado, mas os funcionários e professores deverão se virar para alcançar o prêmio”. Qual o pensamento que pode se incentivar na escola com essa “política”?  Um cursinho preparatório para as provas do Idesp. Claro, professor não é bobo. Não é apenas a questão financeira para o professor; a auto-estima  estará diretamente ligada ao desempenho da escola.

Veja trechos da entrevista:

Estadão: A lei do piso salarial, que aumentou também o período em que o professor tem para atividades extraclasse e que vai tirar R$ 1,4 bilhão do orçamento da educação, pode comprometer o bônus?
Maria Helena: Não temos de onde tirar dinheiro para cobrir esse problema das atividades extraclasse, que eu considero inconstitucional. Vamos ter que contratar mais professores ou aumentar a jornada dos atuais. Se essa lei de fato vingar, o que eu não acredito, não vamos poder mais incorporar mais nenhuma gratificação.

Estadão: O que fazer com o absenteísmo?

Maria Helena: Se um professor tiver um numero de faltas acima das estabelecidas pela lei (12 mais licenças), ele será penalizado. O critério vamos fechar semana que vem. Queremos estabelecer um número acima do qual o professor não terá direito a receber nada, independente de toda a sua escola ter feito um ótimo trabalho.

Leia na íntegra, comprove você mesmo!

Leia também:

AÉCIO E SERRA (PSDB) PAGAM PARA PROFESSOR A METADE DO QUE PAGA BINHO MARQUES (PT)

PSDB: DEMOCRATA NO NOME, MAS ‘CORONÉ’ NA PRÁTICA

JÁ SABEMOS COMO MELHORAR A EDUCAÇÃO DO BRASIL

EDUCAÇÃO: NOSSA UTOPIA

Anúncios

15 Respostas para “OLHA A DECLARAÇÃO DA SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO

  1. Reginaldo Araújo 29 julho, 2008 às 11:42 pm

    Vocês já disseram tudo, só resta acrescentar que os paulistas criticam o povo nordestino por eleger políticos exóticos, voto de cabresto, curral eleitoral e coisa e tal enquanto há 14 anos ajudam a manter no poder esses caras do PSDB que geraram um desastre inigualável na educação em São Paulo e parafraseando o Chanceler Amorim, usam da retórica Goelbeliana, isto é com mentiras repetidas que são publicadas pela grande imprensa do Estado sem averiguar os fatos como por exemplo a tal premiação por desempenho cujos valores apregoados nunca são pagos. Mentirosos, sacanas, enganadores e imcompetentes!

    Curtir

  2. juselina augusta silva 18 setembro, 2008 às 11:31 pm

    governador, secretaria sao mentirosos, nao tem para quem mais mentir. Sera que nao vao criar vergonha nunca?

    Curtir

  3. arquimedes da silva 10 novembro, 2008 às 10:27 am

    Assim como muitos pelo nosso país,pensei em um dia ser professor,ainda bem que isso não me foi possível,é de uma insensibilidade bestial as declarações desta senhora .Como posso reclamar do professor se os seus superiores não tem o menor preparo?PSDB que se cuide, o povo brasileiro já está abrindo o olho e é melhor que abra-o logo, antes que o PSDB destrua o ensino de mais uma década. Quem estudou nos últimos dez anos, se não tiver uma mente muito boa , não será capaz de passar em nenhum teste escrito desenvolvido para concursos ou empresas.Este é o legado do PSDB para os jovens que estão tentando seu primeiro emprego.Tenho 42 anos,voltei á estudar depois de 28 anos,e percebo claramente o desãnimo de muitos professores,isto se dá em muito por causa do desinteresse do aluno que sabe: Não preciso estudar. Não preciso de disciplina. É só não faltar muito pra passar de ano. Tenho notado na escola alunos que não sabem nada e estão bem mais adiantados que eu. Sabem a quem isso beneficia? Acho que não é preciso dizer,TEMOS PÃO E CIRCO E OS “PODEROSOS”ESTÃO CONTENTES. ARQUIMEDES DA SILVA,42 ANOS ALUNO DA 7-a SÉRIE ENSINO FUNDAMENTAL.

    Curtir

  4. maria gilvanda de freitas 13 novembro, 2008 às 8:00 pm

    sou professora tambem aqui no estado do ceara.Fiquei indignada com esta matéria .Logo voces que vivem em um dos Estados mais desenvolvido do país ,terem uma secretária de mente tão pequena ,não sabe ela que investindo no professor estará também contribuindo com o desenvolvimenta da aprendizagem dos alunos? Acho que ela precisa estudar mais para se informar.

    Curtir

  5. Evanio 31 dezembro, 2008 às 1:22 pm

    Sou prefessor da rede pública e novamente vejo essa senhora Maria Helena Guimarães de Castro, que fez graduação, mestrado e doutorado uma pessoa burra! Aliás muito burra, ela estudou e não entendeu que o professor sem o mínimo de ganhos não tem condições de oferecer condições para uma boa educação para crianças e adolescentes que são carentes de tudo! Essa senhora pelo que já percebi é uma pessoa que se presta a coisas ruins, uma pessoa que se presta a falta de competência, incapacidade e falta de conhecimento, da qual ocupa um lugar que não é pertinente ao seu perfil, peço a ela que volte a estudar , volte a estudar muito, porque ainda que teve estudo ainda não aprendeu nada de humano e muito menos de educação!

    Curtir

  6. Delma lima 26 janeiro, 2009 às 8:05 am

    o ‘aumento’ de 950 reais que provocou tantos debates deve ser discutido considerando as 40 horas semanais de trabalho de um professor , isto significa duas turmas com 25 alunos cada uma- estou sendo otimista. Com aproximadamente um salário mínimo o professor precisará fazer alguns bicos para não passar fome e pagar a tinta que precisa comprar para imprimir as atividades que usa. ninguém acredita mais nessa lorota de melhorar a qualidade da educação com um salário que obriga o professor a fazer bicos.

    Curtir

  7. ana beatriz de almeida 5 fevereiro, 2009 às 8:36 am

    Olá

    Gostaria de falar sobre os agente de organização escolar que foram contratatos por 12 meses nas escolas em carater temporário, agora com esse concurso para efetivá-los, alguns que não passaram, irão sair das escolas, pessoas que se dedicaram integralmente ao bom andamento do serviço escolar. Terão que ficar desempregados.
    Será justo?; ao meu ver o governo junto a secretária da educação deveriam olhar para esse pessoal e efetivá-los, pois assim que o pessoal do concurso chegasse as escolas teriam pessoas com experiência para auxiliar na adaptação dos mesmos.
    Ganharia a escola, a direção, a comunidade e principalmente os alunos que é sem dúvida a principal parte interessada.
    Acho que o governo e a Sra Secretária da Educação Maria Helena Guimarães de Castro deveriam pensar com carinho nessa situação, pois as pessoas que irão perder seus empregos são também eleitores que ficarão descontentes.

    Sem mais
    Agradeço a oportunidade do desabafo.

    Curtir

  8. juca 9 fevereiro, 2009 às 4:47 pm

    porcos nojentos tratem os professores com respeito
    não somos mercenários queremos sim pessoas competentes que possam usar seu doutorado para traçar um plano de carreira para o magistério paulista como forma de incentivar os mais jovens e talentosos alunos a fazerem parte do quadro do magistério.

    Curtir

  9. Robinson 16 fevereiro, 2009 às 9:56 pm

    E o governador de São Paulo José Serra quer ser presidente do país desse jeito, criando jovens sem estrutura e o pior de tudo é que em campanha eleitoral somos impedidos de criticar ou expor irregularidades na midia!
    Salve a internet!!!

    Curtir

  10. Alexandre 18 fevereiro, 2009 às 12:16 am

    Não sou professor, mas acompanho meus amigos professores na dificuldade existente da indisciplina e desinteresse dos alunos, colaborado pela falta da reprovação e resultando numa má EDUCAÇÃO. E podemos observar que no decorrer dos anos criaram tantos projetos de mudança na educação escolar que tiraram a cartilha “Caminho Soave” e a mudança da educação de 40 anos atrás para hoje é pessíma, alunos que não sabem escrever, fazer as 4 equações, indo de mau a pior. E com toda certeza a Sra Secretária da Educação Maria Helena Guimarães como do Governador e demais políticos não colocam seus filho para estudarem nas escolas públicas, mas sim em colégio particulares, o que evidencia que a Sra. Secretária da Educação e Governante não dão a devida atenção a educação pública e entrega de materias didáticos aos alunos não solucionam os reais problemas existintes nas escolas e alunos. A Sra Secretária da Educação Maria Helena Guimarães deveria sair de trás da sua mesa que é confortável e realmente sentir o drama de dar 33 aulas em sala, preparar matéria, aplicar provas, e receber o salário do professor, quem sabe aí passaria a viver e reconhecer os dramas vividos pelos professores e poderia mudar os seus conceitos na verdadeira defesa da Educação e na real solução dos problemas existente no sistema educacional. Atenciosamente.

    Curtir

  11. lilia 24 março, 2009 às 8:55 am

    prescisso de vaga para uma criança mas ninguem arruma essa vaga , qual e o procedimento que devo tomar tenha um bom dia espero a respota

    Curtir

  12. arquimedes da silva 29 março, 2009 às 1:04 pm

    SEMANA PASSADA,UMA PROFESSORA DA OITAVA SÉRIE DISSE EM SALA DE AULA,QUE O COLÉGIO ONDE ESTUDO(EEPG SOPHIA MARIA JANUÁRIA DO AMARAL)EM ITAPECERICA DA SERRA,TIROU NOTA ZERO DA AVALIAÇÃO DO ESTADO.A INDIGNAÇÃO DA PROFESSORA,NÃO ERA PELA NOTA RECEBIDA MAS SIM PELO DESCASO DO ESTADO,QUE AVALIOU MAS NÃO INFORMOU QUAIS FORAM OS QUESITOS AVALIADOS.EU PARTICULARMENTE CONCORDO COM A PROFESSORA,COM MELHORAR SE NÃO SEI ONDE ERRO? ESTA É MAIS UMA DAS “MANCADAS?”DO QUE NÃO DÁ A MÍNIMA PARA O ENSINO EM SÃO PAULO.CUIDADO!ESTA PESTE PODE SE ALASTRAR NOVAMENTE PELO PAÍS,E AÍ,TODO O ENSINO NACIONAL VAI ESTAR COMPROMETIDO.CHEGA!NÃO QUEREMOS PÃO E CIRCO,QUEREMOS ENSINO E TRABALHO.TEATRO SÓ COM ATORES REAIS EXERCITANTO CULTURA.

    Curtir

  13. Alcina Severino da Silva pedro 1 abril, 2009 às 6:48 pm

    Em 01 de Abril de 2009

    Sou agente de serviços escolar readaptada a mais ou menos 4 anos, trabalho em uma escola do interior , estou escrevendo para falar sobre o bônus que os funcionários e os prefessores da minha escola não tiveram a honra de receber, trabalhando se esforçando muito para ensinar , para educar adolescentes que não estão nem ai com os estudos , só pensam em desafiar professor diretor ,enfim todos que trabalham na escola. Assim como eu e outros colegas, íamos até as residencias dos alunos faltosos procurar saber o porque o aluno estava faltando da escola , dependendo do motivo seria encaminhado para o conselho tutelar. Em minha escola tinha uma professora que dava aulas de recupração para os alunos à noite sem se preocupar com pagamento era uma voluntária da escola .Gostaria que o senhor excelentissímo secretário revisse a nossa situação ,pois contávamos muito com esta gratificação ,porque o salário do funcionário é pouco, então ao recebermos nos ajudariamos muito.Ficamos muito desapontados com esta situação até parece que não damos importâcia a nossa escola. Eu sou readaptada mas atendo as crianças na biblioteca, na sala de informática e também no atendimento aos professores e ao público na secretária da escola.,Eu acho que pelo menos um pouco todos deveriam receber ,porque um ganha demais e outros nada . eu moro em Avaré interior de São Paulo,confesso que fiquei muito envergonhada junto aos colegas das outras escolas. Se no ano de 2007 nossa escola esteve em segundo lugar , e por causa de evasão de alunos não recebemos esta gratificação , agora pergunto: temos culpa das crianças não terem interesse em estudar? E se os pais tambem não ligam para isto, o filho fala que não vai à escola e ele os apoiam.Gostaria que o senhor se passasse por um professor substituto e ficasse em uma sala de aula para se certificar que estoufalando a verdade da falta de interesse do aluno na sala de aula; são raros os que se propoem a estudar mesmo, proponho uma visita às escolas da minha cidade que é Avaré. Gostaria que enviassem por favor ao senhor secretário da educação o meu comentário.
    Atencosamente meu muito obrigado.
    Gostaria de receber uma resposta positiva pelo meu email.

    Curtir

  14. ARQUIMEDES DA SILVA 18 setembro, 2010 às 12:18 pm

    Estamos em plena campanha eleitoral, e pelos jornais vemos que há bons e maus em todos os partidos,mas, não devemos nos esquecer e se deixar enganar pelos desesperados do PSDB,TIME QUE ESTÁ GANHANDO FICA! TIME QUE ESTÁ PERDENDO FICA DE FORA! A OPOSIÇÃO DEVE SIM FAZER DENÚNCIAS E ESTAS COMO VEMOS,DEVEM SER LEVADAS A CABO, RESULTANDO EM DEMISSÕES. O IMPORTANTE É QUE ESTAS SEJAM LEVADAS A SÉRIO E NÃO ACOBERTADAS COMO SEMPRE FOI AQUI NA CAMARA LEGISLATIVA DO ‘PSDB'(DIGO SÃO PAULO)

    Curtir

  15. leticia 15 janeiro, 2011 às 11:22 am

    meu filho ate agora nao recebeu a declaracao da escola e pode perde 1 ano na faculdade,pois a secretaria de educacao nao enviou a declaracao com a desculpa de q tem poucos alunos.
    ESPERO PROVIDENCIAS!

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: