Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

Arquivos Diários: 30 agosto, 2008

GRANDE FURO DA VEJA: PELA PRIMEIRA VEZ GRAMPO REVELA INTERESSE DO GRAMPEADO

grampeado se beneficia do grampo

Furo de reportagem: grampeado se beneficia do grampo

A Veja, revista que já publicou um dossiê falso produzido por Daniel Dantas, publica uma matéria em que a fonte, não identificada, afirma que a Abin (Agência Brasileira de Inteligência) teria grampeado o Ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes.

Essa não é a primeira vez que a revista tenta encontrar grampos no gabinete do presidente do Supremo, Gilmar Mendes. Das outras vezes, as reportagens foram tão pífias que viraram água.

Dessa vez, além de não ter uma fonte identificada, mostra (como bem alertou Nassif) uma fala em que o grampeado não se compromete. Pelo contrário, o grampo mostra o interesse do grampeado. Isso é que é furo de reportagem.

Sem perder tempo, Gilmar Mendes, o ministro que soltou Daniel Dantas duas vezem em menos de 48 horas, já disse que Lula tem que se explicar. Parece jogada ensaiada, a Veja levanta, e o presidente do Supremo bate.

Paulo Henrique Amorim que está certo. Lula é o presidente que tem medo e Gilmar Mendes vai enfraquecê-lo, se não derrubá-lo.

Só resta uma alternativa, mandar de volta o digno delegado Protógenes Queirós fazer o seu trabalho.

QUENTÍSSIMO: MAIS UM CAPÍTULO DO JORNALISMO EXCÊNTRICO DA VEJA

Capa da revista que coloca o delegado Paulo Lacerda como intocável

Capa da revista que coloca o delegado Paulo Lacerda como intocável

Luís Nassif traz mais capítulo do jornalismo no fundo do poço.

Em O Assassinato do Intocável, Nassif mostra a completa mudança de atitude da revista com relação ao delegado Paulo Lacerda. O delegado continua o mesmo, mas a revista…quanta diferença.

%d blogueiros gostam disto: