Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

Arquivos Diários: 2 abril, 2009

LEITORA: UM PEDIDO PARA O NOVO SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO DE SÃO PAULO, PAULO RENATO DE SOUZA

Por Alcina Severino da Silva, professora em Avaré (SP)

Em 01 de Abril de 2009
Sou agente de serviços escolar readaptada a mais ou menos 4 anos, trabalho em uma escola do interior , estou escrevendo para falar sobre o bônus que os funcionários e os prefessores da minha escola não tiveram a honra de receber, trabalhando se esforçando muito para ensinar , para educar adolescentes que não estão nem ai com os estudos , só pensam em desafiar professor diretor ,enfim todos que trabalham na escola. Assim como eu e outros colegas, íamos até as residencias dos alunos faltosos procurar saber o porque o aluno estava faltando da escola , dependendo do motivo seria encaminhado para o conselho tutelar. Em minha escola tinha uma professora que dava aulas de recupração para os alunos à noite sem se preocupar com pagamento era uma voluntária da escola .Gostaria que o senhor excelentissímo secretário revisse a nossa situação ,pois contávamos muito com esta gratificação ,porque o salário do funcionário é pouco, então ao recebermos nos ajudariamos muito.Ficamos muito desapontados com esta situação até parece que não damos importâcia a nossa escola. Eu sou readaptada mas atendo as crianças na biblioteca, na sala de informática e também no atendimento aos professores e ao público na secretária da escola.,Eu acho que pelo menos um pouco todos deveriam receber ,porque um ganha demais e outros nada . eu moro em Avaré interior de São Paulo,confesso que fiquei muito envergonhada junto aos  colegas das outras escolas. Se no ano de 2007 nossa escola esteve em segundo lugar , e por causa de evasão de alunos não recebemos esta gratificação , agora pergunto: temos culpa das crianças não terem interesse em estudar? E se os pais tambem não ligam para isto, o filho fala que não vai à escola e ele os apoiam.Gostaria que o senhor se passasse por um professor substituto e ficasse em uma sala de aula para se certificar que estoufalando a verdade da falta de interesse do aluno na sala de aula; são raros os que se propoem a estudar mesmo, proponho uma visita às escolas da minha cidade que é Avaré. Gostaria que enviassem  por favor ao senhor secretário da educação o meu comentário.
Atencosamente meu muito obrigado.
Gostaria de receber uma resposta positiva pelo meu email.

Leia mais em Educação Política:

EDUCAÇÃO RUIM E DESIGUALDADE SOCIAL SÃO FACILITADORES DA PEDOFILIA; SEM COMBATER A POBREZA NÃO HÁ COMO REDUZIR A PEDOFILIA

DESVIAR VERBA DA EDUCAÇÃO É PIOR DO QUE FURTAR MANTIMENTOS DE DESABRIGADOS DE SANTA CATARINA

LEITOR FAZ APELO AO GOVERNADOR JOSÉ SERRA E A SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO, MARIA HELENA DE CASTRO, QUE IGNORAM SITUAÇÃO DE ARARAQUARA, INTERIOR DE SÃO PAULO


PROFESSOR RELATA SITUAÇÃO DA EDUCAÇÃO EM ARARAQUARA, ESTADO DE SÃO PAULO

INTERNAUTA: NA DEMOCRACIA NORTE-AMERICANA LIBERDADE SERVE PARA JUSTIFICAR INVASÕES A PAÍSES SOBERANOS

Do internauta Rossi

01 – A democracia como valor universal não existe e nem pode existir, pois temos que chegar em sua essência e ver a quem beneficia. Para a aristocracia grega da antiguidade existia a mais ampla “democracia”, porém, para os escravos (que eram a absoluta maioria), a democracia era somente uma palavra vazia. Na realidade a verdadeira e legitima Democracia ainda é uma utopia. As eleições em si não fazem uma democracia. A Democracia não é feita apenas de eleições mas também da possibilidade real da absoluta maioria da população participar da direção e gestão dos assuntos públicos e sociais.
As democracias são diversificadas, refletindo a vida política, social e cultural de cada país. As democracias baseiam-se em princípios fundamentais e não em práticas uniformes. Não existe um modelo autêntico ou forma perfeita e exemplar de Democracia no mundo e nem existe um modelo único que sirva para todas as regiões e todos os países.
02 – Cada povo tenciona se tornar livre, soberano e independente, projetando construir sempre a democracia de acordo com as realidades sociais, politicas e econômicas, e desta forma na pretenção sempre de assegurar a soberania e a independência nacional. É preciso pensar bem no que seja realmente uma verdadeira Democracia. Assim sendo a vontade da absoluta maioria de um povo em mudar e defender um ideal que atenda os anseios da maior parte da população também pode constituir-se como um processo em forma de Democracia no momento em que acontece quando dezenas de milhões de pessoas chegam a conclusão de que não se pode continuar a viver assim e dessa maneira escolhem o caminho da Revolução Social de Libertação Nacional.
03 – Os Estados Unidos da América que se julgam os campeões de “Democracia” por exemplo, não passam de uma Tirania da Burguesia e do Capital Monopolista; ditadura essa que não permite nenhuma ameaça ao seu domínio que não pode ser contrariada e nem ter oposição, pois o capital e os interesses da burguesia em primeiro lugar e tem que ser defendida a qualquer custo.
04 – A dita “Democracia” dos Estados Unidos da América não passa de um circo, uma grande fraude um engodo, uma farsa, um faz-de-conta apenas para dizer e iludir de que se trata da vontade da “maioria”. Toda ruidosa propaganda de “Democracia” nos Estados Unidos da América não é senão uma capa fina por traz do qual fica cada vez mais difícil de não esconder a Grande Ditadura da Burguesia do Império do Capital Monopolista.
Existe nos Estados Unidos apenas dois partidos grandes que se alternam no poder a decadas, representam e defendem os interesses do grande capital; e isso não significa dizer que o povo deseja unicamente e tão somente a existência desses dois partidos. O Partido “Democrata” e o “Republicano” que são dois partidos que enganam os eleitores a delegar sempre a representantes da burguesia e do Grande Capital Monopolista o poder de decidir as leis a seu favor. Nestas condições, as posições-chave nos órgãos do poder no mundo do capital, são ocupadas sempre por representantes da burguesia.
O Partido “Democrata” e o “Republicano” são partidos da burguesia e um pelo outro é a mesma coisa, não acrescentam em nada, os dois ainda simulam que fazem oposição um ao outro e são farinha do mesmo saco, é como trocar seis por meia dúzia, os dois contribuem sobremaneira para reduzir a influência de outros partidos e portanto ajudam a manter o povo prisioneiros da Ideologia Burguesa. Os dois partidos representantes das classes dominantes e cuja diferença não vai muito além do nome, os dois tem grande espaço nos meios de Comunicação Social e nas Agências de Publicidade e é exatamente essas que se encontram sob o domínio da classe dominante, que embora sendo menor é no entanto toda poderosa.
05 – Os eleitores são induzidos ao erro de forma eficaz ao pensarem que votando em um ou outro desses dois partidos haverá mudanças, mas nada torna diferente o caráter opressor, agressivo e imperialista dos EUA, e basta que se observe na politica estadunidense quando ficam fazendo provocações criando pretextos para ingerir-se pelo mundo através da força bruta belicista, agressiva e terrorista.
06 – É bem verdade que nos EUA existem outros partidos mas que não tem a mínima chance de concorrer com esses dois, isso porque a Legislação dos EUA dificulta no máximo a participação de outros partidos nas eleições inventando inúmeros subterfúgios e obstáculos jurídicos, entre eles por exemplo, a necessidade de recolherem muito milhares de assinaturas num prazo curto realizada em presença de testemunhas e registradas notoriamente a obtenção de Licenças para os coletores de Assinaturas,etc. E mesmo se os outros partidos conseguirem vencer todas as barreiras, as comissões eleitorais privam-nos frequentemente da possibilidade de participarem nas eleições sob o pretexto de as “assinaturas serem ilegíveis” ou outro qualquer pretexto inventado.
07 – A Manipulação da consciência da população aplica-se em larga escala nos EUA, com objetivo de que o povo sempre eleja politicos para representar os interesses do capital e em todo o tempo decidir as Leis a favor da burguesia.
A pretexto de fazer reformas, para lograr a defesa dos interesses do capital, esses politicos representantes da burguesia quando eleitos tiram as conquistas já alcançadas que estejam beneficiando a absoluta maioria da população, e nesse esquema a “democracia” é apenas um slogan usado pela burguesia para atingir seus objetivos enganando a maioria da população sustentando que se trata de uma sociedade cuja a “democracia” traduz a vontade da “ maioria”, do qual todos tem “oportunidades” sem preconceitos ou discriminações.
08 – Democracia é um conjunto de princípios e práticas que protegem a liberdade humana; é a institucionalização da liberdade.Nos EUA a “liberdade de expressão e manifestação” e o exercício dos direitos de associação e reunião, incluindo a participação em organizações não-governamentais e sindicatos permanecem até o momento em que não fiquem afetando os interesses da burguesia e do capital monopolista, mas em qualquer momento, quando as autoridades acharem que a burguesia e o capital estejam sendo prejudicados, essas manifestações podem ser impedidas, perseguidas , dispersadas ou reprimidas pela polícia.
09 – A “Democracia” é para os estadunidenses quando os EUA mandam e ditam as regras, subjugam e submetem os povos a condição e posição de dependência e subserviência, mas quando os povos se levantam e tentam impor-se contra a Tirania e a vontade dos EUA então isso é Ditadura para o Império.
10 – Todas as nações devem encontrar sua própria forma de expressão, a conquistar sua própria liberdade e a desbravar seu próprio caminho. O povo é soberano para decidir seu próprio destino e construir s Democracia de acordo com as suas coveniências, o povo de cada país tem todo o direito de lutar pela sua Libertação Social e Nacional e a escolherem o melhor caminho para o seu desenvolvimento.
11 – Os povos que realmente almejam tornarem-se livres, soberanos e independentes e que para isso aderem um caminho adequado na construção do desenvolvimento democrático conforme as suas realidades sociais, politicas e econômicas, e que para isso procedem recusando-se a ficar nas “mãos” e de “joelhos” submisso aos interesses do Império e que desta forma deixam de rezar na cartilha dos EUA esses povos são perseguidos e o governo é rotulado pelos estadunidenses de totalitario, tirânico, ditadura e seus inimigos.
12 – Os Imperialistas dos EUA com a sua política de expansão e domínio territorial ou econômico do mundo usam descaradamente de estratégia as duas palavras consideradas chave que são a “Liberdade” e “Democracia” que usadas são apenas fachada para enganar quando afirmam que as causas que “defendem” são tudo por esses dois ideais.
13 – Os estadunidenses com seu sistema de governo fundado no poder de dominação sem freios, e tentam de todas as formas iludir a natureza humana ao se passarem como os Paladinos da “Liberdade” e “Democracia”, e até usam isso como argumento quando tentam justificar as invasões em países soberanos que se negam a ficar de “joelhos” submisso e sob seu controle e domínio absoluto. Os Imperialistas dos EUA para manter sua influencia sobre o mundo invadem países soberanos objetivando dominar o mundo e explorar os povos e suas riquezas naturais,, comandam genocídios por todo o mundo para extrair matérias-primas e demais riquezas. Para isso, endividam essas nações, compram seus políticos e seus governos fantoches.
14 – As democracias entendem que uma das suas principais funções é proteger direitos humanos fundamentais como a liberdade de expressão; o direito a proteção legal igual; e a oportunidade de organizar e participar plenamente na vida política, econômica e cultural da sociedade.
Os Imperialistas dos EUA que se julgam os “guardiões” dos direitos humanos, legalizam a tortura, invadem e destroem países e financiam ataques e utilizam armas químicas e as mais avançadas tecnologias bélicas, assassinam milhares de pessoas, arrasam países inteiro e jogam sua população na miséria promovem sangrenta ocupação e destruição de países, estabelecem ditaduras títere e assassinam centenas de milhares de homens, mulheres e crianças inocentes, além da destruição econômica e social simplesmente para atender aos interesses dos monopólios do capital, e ainda usam por estratégia as duas palavras chave que são a “Liberdade” e “Democracia” na tentativa de justificar seus atos de agressão e dominação, mas quando os povos realmente aspiram ser livres, independentes e soberanos organizando o seu desenvolvimento conforme as suas realidades sociais, politicas e econômicas, e que com isso venham a contrariar os interesses do Império, a tão propalada “liberdade” e “Democracia” que os imperialistas estadunidenses dizem tanto “defender” logo deixa de existir e vem desrespeito e violação dos direitos humanos, perseguições, golpes, torturas, massacres, repressões e guerras.

Leia também em Educação Política:

BRASIL VIVE DEMOCRACIA JUDICIAL-POLICIAL QUE INVERTE O ÔNUS DA PROVA E DO CRIME

OAB, SUPREMO, VEJA: SETORES DA SOCIEDADE BRASILEIRA ESTÃO HISTÉRICOS COM A DEMOCRACIA

O VOTO É O MOMENTO MAIS EMBLEMÁTICO E MAIS ENGANOSO DA DEMOCRACIA

NÃO EXISTE DEMOCRACIA, MAS PROCESSO DEMOCRÁTICO

%d blogueiros gostam disto: