Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

Arquivos Mensais: julho 2009

A COMUNICAÇÃO DIGITAL VERDE: UM ESTUDO DE SITES AMBIENTALISTAS A PARTIR DO CONCEITO DE ESPAÇO MEDIADOR CULTURAL É PUBLICADO EM REVISTA CIENTÍFICA

Revista Comunicação e Espaço Público

Revista Comunicação e Espaço Público

Um novo artigo científico, intitulado A comunicação digital verde: um estudo de sites ambientalistas a partir do conceito de espaço mediador cultural,  foi publicado na Revista Comunicação e Espaço Público, do Programa de Pós-Graduação da Universidade de Brasília (UnB).

Para ter acesso ao linque do artigo, em arquivo pdf, basta ir à página Artigos Científicos deste Blog.


DEM, PARCEIRO DOS TUCANOS, ENTRA ATÉ NA JUSTIÇA CONTRA AS COTAS EM UNIVERSIDADE AFIM DE CONCENTRAR MAIS A RENDA NO BRASIL

O Dem não quer negros na UnB

O DEM não quer negros na UnB

O DEM, partido do prefeito Gilberto Kassab, que tenta concentrar mais renda em São Paulo, impedindo que pequenas e médias empresas de ônibus fretados circulem pelo centro da cidade, também quer concentrar renda em todo o Brasil.

Inconformado com a política de cotas da UnB (Universidade de Brasília), que reserva 20% de vagas para negros, o partido entrou na justiça para impedir essa política afirmativa.

A atitude do DEM é a forma mais fácil de se entender política no Brasil. Não adianta sentar na frente da televisão nas campanhas eleitorais. São os atos praticados no período entre uma eleição e outra que mostram a cara de uma agremiação política. Durante as eleições, todos os políticos são santinhos, honestos e querem o melhor para o Brasil.

Por sorte, o novo  Procurador-geral da República, Roberto Gurgel, desmontou a argumentação do DEM  e ainda mostrou a incompetência da peça jurídica com alguns SICs (assim mesmo). Ou seja, ressaltando que a peça jurídica do DEM foi escrita daquele jeito mesmo.

Em um dos SICs, o procurador destaca que os advogados do DEM usaram o termo, vejam só, “racialistas”.  Vai saber o que é isso. Em outro quando o DEM e seus representantes afirmam que a UnB teria criado um “Tribunal Racista, ressuscitando ideais nazistas”.  É realmente uma pérola.

Veja no site Conversa Afiada, de Paulo Henrique Amorim, a boa estréia de Roberto Gurgel

Veja o parecer no site da Procuradoria com os SICs

Leia mais em Educação Política:
TRABALHADORES INFORMAIS PODERÃO SE TORNAR FORMAIS QUASE SEM PAGAR IMPOSTO E, COM ISSO, VENDER PARA EMPRESAS E PREFEITURAS
BRASIL ENFRENTA DIFICULDADE PARA ERRADICAR O ANALFABETISMO E CUMPRIR META DA UNESCO
DIPLOMA DE JORNALISTA: O BRASIL GOSTA DE DISTRIBUIR A MISÉRIA E CONCENTRAR RENDA
EDUCAÇÃO RUIM E DESIGUALDADE SOCIAL SÃO FACILITADORES DA PEDOFILIA; SEM COMBATER A POBREZA NÃO HÁ COMO REDUZIR A PEDOFILIA

GILBERTO KASSAB DÁ AULA DE COMO CONCENTRAR RENDA AO RESTRINGIR O ACESSO DE ÔNIBUS FRETADOS AO CENTRO DE SÃO PAULO

Kassab e Serra: 500 anos de concentração de renda

Kassab e Serra: 500 anos de concentração de renda

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab,  do DEM (antigo PFL) dá mais um exemplo de como concentrar renda com políticas públicas.  Ao restringir o acesso dos ônibus fretados ao Centro de São Paulo, ele retira trabalho e recursos de 130 empresas de médio e pequeno porte e repassa para uma ou duas das grandes empresas que já recebem milhões com a concessão do transporte público em São Paulo.

A desculpa é amelhora no trânsito, mas isso não vai acontecer porque a prefeitura criou novas 11 linhas para substituir os fretados. Ou seja, trocou seis por meia dúzia. Ou melhor: tirou de pequenas empresas e passou para grandes.

O trânsito não terá solução enquanto o país incentivar a indústria automobilística e não estabelecer políticas realmente transformadoras no transporte.

Essa tem sido a especialidade dos partidos políticos, principalmente DEM, PSDB e parcela do PMDB, que mantém um perfil político presente há 500 anos no país. Concentrar renda e produzir exclusão.

O Brasil é um dos países mais desiguais do mundo graças a políticas públicas como essas do DEM e de Gilberto Kassab, que foi eleito com o apoio de José Serra.  Parabéns São Paulo.

Leia mais em Educação Política:
NEGRO TRABALHA MAIS E GANHA MENOS, DIZ PESQUISA DE ECONOMISTA DO DIEESE
GOVERNO LULA NÃO TEM SAÍDA, É PRECISO NEGOCIAR O TEMPO TODO COM 300 PICARETAS QUE CHANTAGEIAM O GOVERNO
GOVERNO INVESTE EM NOTEBOOK, MAS A PRIORIDADE DEVERIA SER A INTERNET BANDA LARGA
ENTIDADES SOCIAIS QUEREM O FIM DE POLÍTICOS DOMINANDO OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO DO BRASIL
BRASIL TAMBÉM É LIDER EM DESIGUALDADE NO ACESSO À INTERNET
INTERNAUTAS: PAULO RENATO DE SOUZA, SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO, FINGE QUE NÃO VÊ A LAMA QUE O PSDB FAZ EM ARARAQUARA

PARATY: 500 ANOS DE HISTÓRIA E NADA MUDOU; CAIÇARAS DA PRAIA DO SONO E VILA ORATÓRIA SÃO OPRIMIDOS PELA GANÂNCIA DA ELITE BRASILEIRA

Paraty: na terra da Flip quem tem grana manda

Paraty: na terra da Flip quem tem grana manda

A história parece que não muda, nem a ganância humana. Depois de 500 anos de história, os moradores da praia do Sono e Vila Oratória em Paraty, litoral do Rio de Janeiro, divisa com São Paulo, sofrem com a intolerância e com a face mais tosca da elite brasileira.

Moradores da praia do sono e da Vila Oratória se dizem oprimidos pelo condomínio e impedidos de ter acesso ao mar. A terra da feira de livros Flip esquece seus habitantes.

Em visita que fiz ao local há uma semana, moradores relataram que há poucos dias houve brigas entre seguranças do condomínio Laranjeiras e moradores que tentavam ter acesso ao mar. Moradores feridos foram parar no hospital.

A praia do Sono é uma das coisas mais belas que a natureza já esculpiu e o homem ainda não destruiu. No local, que é uma área de proteção ambiental,  apenas moradores nativos e caiçaras que oferecem comida e pouso para trilheiros.  A beleza da natureza atiça a cobiça humana para empreendimentos imobiliários, desde que se expulse os moradores tradicionais e mude a legislação do local.

Para chegar à praia do Sono e a vila Oratória, o visitante tem de passar por uma guarita do Condomínio Laranjeiras, instalada no meio da estrada. Os seguranças exigem que se pare o carro e  interrogam os turistas. Não há lei em Paraty. O coronelismo do Sudeste continua vivo.

Ora, como pode seguranças privados podem questionar o destino das pessoas? Em países mais sérios, isso não aconteceria. No Rio de Janeiro (e diga-se também parte do Brasil) não tem saída; as classes baixas são oprimidas por traficantes ou pela elite.

Veja as boas matérias feitas pela Agência Brasil. As grandes empresas de comunicação não deram nada.

Caiçaras da Praia do Sono reivindicam escolas e saneamento básico Caiçaras da Praia do Sono reivindicam escolas e saneamento básico

Vizinhos de condomínio de luxo em Paraty se sentem ameaçados

Caiçaras denunciam condomínio de luxo por impedir acesso à praia no litoral fluminense

Leia mais em Educação Política:
MINISTRO DO SUPREMO JOAQUIM BARBOSA REAGE AO CORONELISMO JUDICIAL DE GILMAR MENDES DIANTE DE POLÍTICOS E DA GRANDE MÍDIA ACOVARDADOS
NOVA LEI NO BRASIL, ARTIGO 1: RICOS E COM BONS ADVOGADOS NÃO PODEM SER PRESOS EM HIPÓTESE ALGUMA

BLOG DO MELLO: GILMAR MENDES DETERMINA QUE CORRUPTOS VOLTEM AOS CARGOS COM URGÊNCIA

Gilmar Mendes determina que corruptos voltem ao cargo ‘com urgência’

Do blog do Mello

O presidente do STF, ministro Gilmar Mendes, o Simão Bacamarte do Judiciário, determinou que oito deputados de Alagoas voltassem a ocupar seus cargos, de onde foram afastados por corrupção.

Não uma corrupçãozinha qualquer, com provas fajutas, mas uma corrupção com provas abundantes, acoxantes, apeitantes; em suma, aviltantes.

A coisa chegou ao ponto de um dos envolvidos no esquema à época (e que não está entre os oito do Gilmar) ter reclamado porque haviam descontado o INSS do valor relativo a ele, “dinheiro de roubo, de corrupção” – como afirma em gravação interceptada pela PF, e que reproduzo a seguir.

O Albuquerque a que ele se refere era presidente da Assembleia Legislativa de Alagoas, Antônio Albuquerque (na época, do DEM), e é um dos oito que Gilmar Mendes quer de volta à Assembleia Legislativa de Alagoas.

Blog do Mello

Leia mais em Educação Política:
NASSIF: GILMAR MENDES ESTÁ ACIMA DA LEI OU SERÁ QUE O BRASIL TEM JUSTIÇA?
FOTÓGRAFO DA AGÊNCIA BRASIL, MARCELLO CASAL JR, PRODUZ FOTOJORNALISMO E ARTE EM PROTESTO CONTRA GILMAR MENDES
PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL É VAIADO DUAS VEZES NO MESMO DIA AO PISAR NA RUA
ESTÁ NA HORA DA CPI DO GILMAR MENDES; PROCURADORES DO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL ASSINAM MANIFESTO CONTRA NOTIFICAÇÃO DE JUÍZES QUE APOIARAM FAUSTO DE SANCTIS

GRIPE SUÍNA: OBSERVATÓRIO DA IMPRENSA FAZ ÓTIMA ENTREVISTA COM O MINISTRO DA SAÚDE JOSÉ GOMES TEMPORÃO; O PROBLEMA É A DEPENDÊNCIA TECNOLÓGICA DO BRASIL EM PESQUISA MÉDICA

Ministro da Saúde, José Gomes Temporão

Ministro da Saúde, José Gomes Temporão

Alberto Dines articulou um ótimo programa Observatório da Imprensa (TV Brasil) na última semana com o ministro da Saúde, José Gomes Temporão. A função de um ministro é tranquilizar a população. Ele parecia bastante convincente nos argumentos sobre a questão da nova gripe.

Em linhas gerais, o ministro colocou algumas informações importantes.

1. Os sintomas da gripe são semelhantes ao da gripe comum e deve ser nesse sentido o procedimento médico.

2. Os cuidados especiais devem ser dados para as mesmas pessoas que recebem quando estão com a gripe comum: crianças, idosos, pacientes com problemas de saúde crônicos, imunodeficiência, grávidas, obesos, etc.

3. A gripe comum matou no ano passado 4,5 mil pessoas no mês de julho no Brasil. Portanto, não haveria necessidade de alarde com relação ao novo vírus.

4. Para o ministro, 70% dos óbitos da nova gripe foram de pessoas com problemas de saúde, o que demonstra uma semelhança com a gripe comum.

Apesar da fala do ministro, há problemas graves, a começar com a dependência tecnológica na área médica. Na Inglaterra, o índice de mortalidade da gripe é de 0,14%. É preciso de um diagnóstico rápido e testes também ágeis, além da produção de medicamentos.

É certo que temos o Instituto Butantã, mas falta investimento em pesquisa para que o Butantã e outros centros fiquem na linha de frente de vacinas e pesquisas médicas.

Enquanto o Brasil não investir pesado em pesquisa e tecnologia, vai ficar na mão de laboratórios internacionais e com dificuldades na balança comercial.

Além disso, temos alguns problemas que precisam ser enfrentados na saúde pública:

1. Qualidade ruim do atendimento médico.

2. Falta de leitos e sistema já normalmente congestionado.

3. Falta de médicos e demora no atendimento

Leia mais em Educação Política:
ÔNIBUS MOVIDO A HIDROGÊNIO VAI RODAR EM LINHA CONVENCIONAL NA CIDADE DE SÃO PAULO
UNIVERSDIDA DE SÃO CARLOS PESQUISA SISAL PARA PRODUÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEL
JUSTIÇA FAZ APREENSÃO NA MONSANTO; ACUSADA DE PIRATARIA, EMPRESA CAUSA PREJUÍZO PARA A UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA
SCIENCEBLOGS: PORTAL DE BLOGS DE CIÊNCIA É CRIADO NO BRASIL E REÚNE CIENTISTAS BLOGUEIROS

HUMOR: LOCUTOR PORTUGUÊS SE DIVERTE COM DIFICULDADE DA OUVINTE ANABELA EM PROGRAMA DE RÁDIO

4,5 MILHÕES DE ALUNOS VÃO PRESTAR A PROVA DO ENEM


Enem inscreve mais de 4,5 milhões de alunos

Paula Laboissière
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O Ministério da Educação informou hoje (20) que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) registrou 4.576.126 alunos inscritos até as 23h59 de ontem (19).

A prova permite o ingresso em cerca de 40 universidades federais, além de ser obrigatória para quem quer concorrer a uma bolsa de estudos do Programa Universidade para Todos (ProUni) em cursos privados de ensino superior.

O sistema para inscrição esteve disponível nos últimos 35 dias pela internet, com um total de 6.761.646 acessos. De acordo com o Ministério da Educação, candidatos de 99 países também tiveram acesso ao sistema, que continua aberto para o acompanhamento das inscrições.

Até a próxima quarta-feira (22), os candidatos devem imprimir o boleto bancário e efetuar o pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 35. Estão isentos alunos de escolas públicas matriculados no último ano do ensino médio.

Segundo o ministério, os candidatos que pediram isenção da taxa devem confirmar no próprio sistema se foram atendidos. Caso contrário, precisam fazer o pagamento dentro do prazo determinado para os demais inscritos.

O prazo para inscrições seria encerrado na última sexta-feira (17) mas o MEC decidiu pela prorrogação por conta do volume de acessos simultâneos ao sistema, que chegou a contabilizar quase 200 mil entradas, o que dificultou novos acessos.

Leia mais em Educação Política:
BRASIL PRECISA INVESTIR PESADO EM PESQUISA SOBRE A BIODIVERSIDADE PARA SE TRANSFORMAR EM POTENCIAL AMBIENTAL
VIOLÊNCIA ESTÁ DIRETAMENTE LIGADA À EDUCAÇÃO RUIM EM SÃO JOSÉ DO RIO PRETO, NO INTERIOR DE SÃO PAULO
FERNANDO HADDAD SERIA O MELHOR NOME PARA A EDUCAÇÃO DE SÃO PAULO, ACREDITO

BRASIL PRECISA INVESTIR PESADO EM PESQUISA SOBRE A BIODIVERSIDADE PARA SE TRANSFORMAR EM POTENCIAL AMBIENTAL

Brasil pode ser a primeira potência ambiental

Por Juarez Tosi/SBPC Ecoagência

O Brasil tem condições de se tornar a primeira e, por um longo tempo, a única potência ambiental do mundo, devido a sua grande biodiversidade e por já possuir um sistema de ciência e tecnologia maduro. Para tanto, é preciso aplicar esse conhecimento científico adquirido para utilizar os recursos naturais do País com vistas à geração de trabalho e riqueza, na intensidade correta e sem permitir que eles se esgotem. A avaliação foi feita pelo presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Marco Antônio Raupp, na abertura da 61ª Reunião Anual da Sociedade, ontem (12/07), em Manaus (AM).

“Com essa condição de potência ambiental, resolveríamos, ao mesmo tempo, duas importantes questões. A primeira diz respeito às populações da Amazônia, que é sua independência econômica. E também poderíamos responder ao mundo que conhecemos, convivemos e cuidamos da Amazônia”, indicou Raupp.

Raupp afirmou que a SBPC propõe a conservação da Amazônia, possibilitando uma interação dinâmica e sustentada com os diversos biomas da floresta. “No nosso entendimento e da comunidade científica brasileira, o modelo de desenvolvimento para a Amazônia terá de ser construído com base no conhecimento científico e tecnológico, de preferência, produzido na região”, ressaltou.
Há três semanas, Raupp entregou ao ministro da Ciência e Tecnologia, Sergio Rezende, um documento elaborado com a participação de 25 sociedades científicas associadas à SBPC, com sugestões para desatravancar a ciência no Brasil. Uma delas é permitir o acesso à pesquisa e ao uso da biodiversidade brasileira.

Presente na sessão de abertura do evento, o ministro da Ciência e Tecnologia afirmou que o documento já foi apresentado ao presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, que determinou que as ações propostas sejam executadas. “Estamos fazendo avanços e vamos mostrar alguns deles nas próximas semanas. Alguns são mais complicados e envolvem até mudanças na Constituição. Mas vamos resolver essa questão do acesso à biodiversidade, que é fundamental para o País como um todo e muito importante para a Amazônia”, antecipou Rezende. (Texto integral na Ecoagência)

Leia mais em Educação Política:

ÔNIBUS MOVIDO A HIDROGÊNIO VAI RODAR EM LINHA CONVENCIONAL NA CIDADE DE SÃO PAULO
BANCADA RURALISTA DA DESTRUIÇÃO QUER ACABAR COM CÓDIGO FLORESTAL PARA CRIAR O PAÍS DO DESMATAMENTO
EUA E CHINA INVESTEM PESADO EM ENERGIA EÓLICA; BRASIL PRECISA TER ENERGIA LIMPA E BARATA
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CRIA PAPEL PLÁSTICO COM EMBALAGEM DE MATERIAL DE LIMPEZA


CONSELHO DA ANEEL COMEÇA A ANALISAR REGULAMENTO PARA BANDA LARGA VIA ENERGIA ELÉTRICA (PLC)

Banda Larga via rede elétrica: fechadas as regras para a oferta do serviço
Luís Osvaldo Grossmann
Convergência Digital

Na próxima semana, o Conselho Diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) começa a analisar o relatório sobre o uso da rede elétrica para a transmissão de dados, ou seja, a possibilidade dos consumidores utilizarem serviços de banda larga de internet pelo sistema elétrico. O regulamento do PLC (Power Line Communications), sigla em inglês para comunicação por linha de energia, está pronto e, a julgar por projetos já em andamento, promete uma mexida no mercado atualmente dominado pelas operadoras de telecom.

As distribuidoras de energia não poderão tocar o serviço diretamente. Pela regra proposta devem oferecer a infraestrutura de rede para quem quiser operar a banda larga pela tomada. A Aneel manterá a proibição de que as empresas do setor ofereçam o serviço diretamente, contrariando a posição das distribuidoras, mas há uma flexibildidade. Isso porque essas empresas poderão entrar no mercado de internet através de uma pessoa jurídica criada especificamente para isso.

Nesse ponto, por sinal, está o ajuste pedido pelo presidente da Aneel, Nelson Hubner, à área técnica da agência: a exigência de ampla publicidade, por parte das distribuidoras, de que há oferta de infraestrutura para a transmissão de dados. Mas pelo ânimo já demonstrado por parte dessas empresas, o ‘aluguel’ da rede não deve ser o foco do negócio e sim, como mencionado, a oferta de banda larga pelo setor elétrico, numa concorrência para as operadoras de telecomunicações.

Daí uma regra que não estará expressa no novo regulamento, mas que segue o padrão já adotado no setor – a receita extra da concessão do serviço de energia elétrica deverá ser majoritariamente destinada à modicidade tarifária. Assim, de cada R$ 10 arrecadados com a prestação de serviços de internet, R$ 9 entrarão como ganho de produtividade na fórmula que define a tarifa de energia. O R$ 1 restante é que será a receita com a banda larga.

Ainda que sejam necessários investimentos para a prestação do serviço de internet, a leitura da Aneel é de que os equipamentos que permitem o PLC estão cada vez mais baratos e eficientes, além do fato das redes de energia em si estarem amortizadas. Daí a visão de que mesmo com o privilégio à modicidade tarifária, a partilha da receita ainda deixará o negócio Internet interessante para as empresas.

A proibição de oferecer internet diretamente criará, porém, um entrave legal para as distribuidoras – os contratos dessas empresas, donas da rede elétrica, com a prestadora de banda larga deverão, obrigatoriamente, passar pelo crivo da Aneel quando se der entre firmas do mesmo grupo. Ou seja segue a regra de contratos entre partes relacionadas, que precisam de autorização do órgão regulador do setor, como previsto na resolução 334/08 da agência. (texto integral no FNDC)

Leia mais em Educação Política:

AUDIÊNCIA DAS TVS ABERTAS CAI 5% NO PRIMEIRO SEMESTRE E BLOGOSFERA TENDE A GANHAR MAIS ESPAÇO MIDIÁTICO
CRISE DO SENADO FEDERAL: TOTAL PRESUNÇÃO DE INOCÊNCIA NA POLÍTICA E NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA É COMBUSTÍVEL PARA CORRUÇÃO
GOVERNO INVESTE EM NOTEBOOK, MAS A PRIORIDADE DEVERIA SER A INTERNET BANDA LARGA
BRASIL TAMBÉM É LIDER EM DESIGUALDADE NO ACESSO À INTERNET
PORTO ALEGRE (RS) INVESTE EM INTERNET BANDA LARGA E PREFEITURA ECONOMIZA R$ 8 MILHÕES EM 2008 COM TELEFONIA

CAMINHONEIRO FILÓSOFO: “TUDO O QUE SEI É QUE NADA SEI”

O caminhoneiro filósofo

Fisolosia de estrada (foto: Andre Kenji/cc)

A estrada também nada sabe (foto: Andre Kenji/cc)

Estava em uma estrada longa e sonolenta, quando avistou aquela frase a despertar a razão. A rodovia se estendia em uma reta e se podia mirar ao longe o sobe e desce da pista ou o tempo sendo consumido pela distância.

Parece que não havia fim e já não se podia, pelo retrovisor, enxergar o início.

Na verdade, sempre se começa pelo meio, como a nossa vida. Entramos, percorremos um trajeto, e depois abandonamos.

Naquela estrada, uma das poucas distrações eram as frases de caminhão, hoje já raras e sem graça.

Mas uma frase espantou-me porque me colocou diante de um caminhoneiro filósofo. No meio do sol forte do meio dia, o caminhão lentamente seguia e dizia: “tudo o que sei é que nada sei”.

O caminhoneiro seguia assim como a estrada, que também nada sabe, e precisa de placa para  se encontrar.

REPÓRTER BRASIL: DONO DE SHOPPING DO INTERIOR DE SÃO PAULO MANTINHA TRABALHO ESCRAVO NO MATO GROSSO

Seringueiros são libertados de fazenda de dono de shopping

Maioria dos empregados estava na área há 4 anos. Eles não tinham carteira assinada e eram submetidos à servidão por dívida. Dono da fazenda encabeça grupo empresarial que mantém o Oeste Plaza Shopping, de Andradina (SP)

Por Bianca Pyl/Do Repórter Brasil

Operação do grupo móvel de fiscalização e combate ao trabalho escravo do governo federal libertou 23 seringueiros que eram mantidos em condição análoga à escravidão na Fazenda Santa Isabel, em Pontal do Araguaia (MT), na divisa com o estado de Goiás. A propriedade pertence a Mário Celso Lopes, dono da MCL Empreendimentos, conglomerado empresarial que mantém, entre outros negócios, um shopping center em Andradina (SP). A maioria dos trabalhadores vinha sendo explorada desde 2005.

Os trabalhadores, que extraíam látex para a produção de borracha, não tinham carteira assinada, não recebiam regularmente e ainda eram submetidos à servidão por dívida. Os salários eram pagos com cheques e os trabalhadores acabavam descontando os cheques no mercado do primo do gerente da fazenda. “Como eles não recebiam em dinheiro, não tinham a opção de ir a outros estabelecimentos, já que o cheque era de São Paulo e muitos comerciantes não aceitam trocá-lo”, explica Fernando Lima Júnior, auditor fiscal do trabalho que coordenou a ação, iniciada em 16 de junho.

Além disso, eles recebiam apenas 25% da produção de borracha. Em muitos meses do ano, principalmente de julho a outubro, o salário não chegava nem a um salário mínimo por causa da baixa produção. “Durante esses meses, os empregados acumulavam mais dívidas com o dono do mercado. Era um ciclo sem saída”, complementa o coordenador Fernando.

Os seringueiros moravam com suas famílias em casas que tinham a estrutura comprometida e instalações elétricas precárias, com fiação exposta. De acordo com o coordenador da operação, uma das casas não tinha uma das paredes. Para se proteger, os empregados colocaram lona e papelão. A fiscalização notou ainda que muitos ratos circulavam pelo local.

Os seringueiros aplicavam agrotóxico classe 1 (altamente tóxico) sem qualquer equipamento de proteção individual (EPI). “Havia um risco de contaminação muito alto porque os trabalhadores utilizavam roupas comuns, que depois eram lavadas junto com a de toda a família”, relata Fernando. Os agrotóxicos eram armazenados dentro das casas dos trabalhadores, sem nenhuma separação. Nas frentes de trabalho, não havia instalações sanitárias.

Após a fiscalização, o empregador assinou a Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) dos seringueiros com data retroativa e depositou os valores referentes ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). O grupo móvel promoveu a rescisão indireta dos contratos de trabalho e os empregados receberam as verbas da rescisão, no valor total de R$ 292 mil.

“O empregador não quis assinar um Termo de Ajuste de Conduta (TAC). Mas conseguimos por via judicial que ele pagasse as verbas referentes ao dano moral individual”, explica Paulo Douglas Almeida de Moraes, procurador do Trabalho no Mato Grosso que participou da operação do grupo móvel. (Texto completo no Repórter Brasil)

Leia mais em Educação Política:

GILMAR MENDES SE INDIGNOU COM A MORTE DE 4 CAPANGAS DE FAZENDEIRO, MAS NÃO COM MAIS DE MIL ASSASSINATOS DE TRABALHADORES SEM-TERRA
TRABALHADORES DORMIAM NO CURRAL DA FAZENDA DE DEPUTADO DO MARANHÃO E AINDA ESTAVAM EM DÉBITO COM O PROPRIETÁRIO
ATO FALHO DO GILMAR: MINISTRO DIZ QUE SUPREMO TERÁ DECISÃO JUSTA DESTA VEZ; ALGUMAS ENTÃO FORAM INJUSTAS MESMO! QUE COISA!
PASTORAL DA TERRA MOSTRA QUE USINAS DE AÇÚCAR E ÁLCOOL SÃO CAMPEÃES NO USO DE TRABALHO ESCRAVO NO BRASIL

VIOLÊNCIA ESTÁ DIRETAMENTE LIGADA À EDUCAÇÃO RUIM EM SÃO JOSÉ DO RIO PRETO, NO INTERIOR DE SÃO PAULO

Jornal Bom Dia, de São José do Rio Preto, faz levantamento que mostra a relação direta entre violência e dificuldade de aprendizagem dos alunos. Em Araraquara, internauta relata a situação da violência nas escolas.

Bairros com maior número de ocorrências envolvendo alunos são os mesmos onde há maior dificuldade para aprender

Polícia foi chamada 28 vezes só em escolas da zona norte

Nany Fadil
Agência BOM DIA

Bairros de Rio Preto  que figuram na lista com maior número de atos de violência em escolas são os mesmos em que os alunos, sem exceção, não ultrapassaram a média no último Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

As dificuldades de aprendizado e os conflitos caminham juntos nas escolas estaduais de Rio Preto.

Neste primeiro semestre, a ronda escolar registrou 31 ocorrências em escolas. A maioria esmagadora – 28 – na zona norte.
No Eldorado, onde se registra situações que envolvem desde desordem até lesão corporal dolosa, estão as escolas Adahir Fogaça e Yvete Gabriel Atique.

A primeira obteve a terceira pior média no Enem entre as escolas estaduais de Rio Preto: 44,44. Em maio, a professora Elaine Maria de Rezende Martins, 51 anos, foi agredida com um ovo no rosto enquanto dava aula. A Atique, com 46,1, está na sétima pior colocação.

O estudante T.B., 17 anos, diz que a violência é menor hoje na Atique do que foi anos atrás, mas que a bagunça ainda prevalece. Ele mesmo já fez parte da “turma dos desvirtuados”.

“Me envolvi com uma galera e a gente só queria farra e drogas. Todas as minhas médias são vermelhas, mas esse pessoal saiu da escola e agora vou retomar os estudos.”

Para G.R.S., 17, também da Atique a “zoeira” atrapalha o aprendizado. Ele, que está com três médias vermelhas mas não lembra em quais matérias, diz que não se envolve nos atos de violência. “Quando tem  briga aqui é coisa feia. Eu sou de boa, só bagunço mesmo.”

E.I.A., 68, avó de uma das estudantes da escola, diz que a “bagunça” na Atique prejudica o aprendizado. “Minha neta diz que tem bons professores, mas que não dá para entender tudo o que eles ensinam por causa dos bagunceiros. E todo mundo tem medo deles.” (Texto integral no site do jornal)

Violência em Araraquara
Por Cláudia Pacheco

Glauco, esta situação é grave e a realidade não muda porque há sempre interesse de abafar tudo o que negativo na Educação de Araraquara:
Veja a noticia do jornal tribuna impressa
Uma escola é citada na polícia a cada dois dias em Araraquara A violência escolar está atravessando o muro das unidades e acabando dentro das delegacias. Isto é o que mostra um levantamento feito pela Tribuna com base nos Boletins de Ocorrência (BOs) do Serviço Especializado da Infância e Juventude (Seij), da Polícia Civil. Foram analisados todos os registros de janeiro até o final da tarde de ontem, somando exatos 68 problemas nas escolas públicas municipais e estaduais em Araraquara. Os dados do ano passado não foram tabulados. Em relação a 2005 houve queda. Um ato de vandalismo registrado dentro de uma escola na segunda-feira chamou a atenção sobre o tema. Hoje, a cada dois dias, em média, uma unidade é citada na polícia por problemas de indisciplina ou ato infracional.

Cláudio Dias/Tribuna
Os incidentes policiais como brigas, desacatos e furtos são considerados graves para os profissionais de ensino. O levantamento mostra que a violência escolar está em várias regiões da cidade. As escolas estaduais foram alvo de 53 BOs. Já nas municipais foram efetuados 12 registros. De acordo com os documentos oficiais, brigas entre estudantes, ofensas aos professores, desobediência ao perímetro escolar e vandalismo são as principais causas para a intervenção policial. Saiba mais

O PRESIDENTE DOS ESTADOS UNIDOS, BARACK OBAMA, GOSTOU MESMO DO JEITO DO PRESIDENTE LULA

NASSIF: GILMAR MENDES ESTÁ ACIMA DA LEI OU SERÁ QUE O BRASIL TEM JUSTIÇA?

Gilmar tem que ser processado

Do blog do Nassif

O sistema jurídico do país está suficientemente maduro e civilizado para que não haja intocáveis? O Brasil pode se perfilar ao lado das maiores democracias do mundo e se considerar um país em que a Justiça não seleciona os alvos de processos?

Então não tem como poupar o presidente do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, do crime de denunciação caluniosa, no caso dos falsos grampos, trama da qual participou acusando a ABIN.

Sem provas sequer de que o crime havia sido cometido, sem nenhuma evidência sobre a autoria dos grampos, Gilmar acusou expressamente funcionários públicos de autoria, comprometeu investigações contra acusados de crimes maiores. Agora, que não se apurou um indício sequer da exstência do grampo, pergunto: a Justiça vai fingir que nada ocorreu?

O fato de ser presidente do STF agrava o provável crime cometido. Não poderá alegar ignorância sobre pressupostos jurídicos básicos, como a presunção da inocência, o ônus da prova para quem acusa.

Gilmar atropelou princípios básicos de direito. A Justiça brasileira vai aturar imperadores intocáveis? Seus colegas de Supremo vão permitir essa mancha na história da instituição? Ou chegou a hora de mostrar que a Justiça brasileira é suficientemente madura, inclusive para cortar na própria carne.

Leia mais em Educação Política:

FOTÓGRAFO DA AGÊNCIA BRASIL, MARCELLO CASAL JR, PRODUZ FOTOJORNALISMO E ARTE EM PROTESTO CONTRA GILMAR MENDES
PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL É VAIADO DUAS VEZES NO MESMO DIA AO PISAR NA RUA
ESTÁ NA HORA DA CPI DO GILMAR MENDES; PROCURADORES DO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL ASSINAM MANIFESTO CONTRA NOTIFICAÇÃO DE JUÍZES QUE APOIARAM FAUSTO DE SANCTIS
ASSOCIAÇÃO DOS JUÍZES FEDERAIS CRITICA GILMAR MENDES POR SER UM “VEÍCULO DE MALEDICÊNCIAS”
FOLHA DE S.PAULO ESTÁ CERTA, PERTO DE GILMAR MENDES DITADURA É DITABRANDA; MILITARES SÃO AMADORES FRENTE À MONARCOJURISPRUDÊNCIA

DIREÇÃO DE JEAN CHARLES E ATUAÇÃO DE SELTON MELLO FAZEM UM GRANDE FILME

Selton Mello e elenco de Jean Charles

Selton Mello e elenco de Jean Charles

O filme Jean Charles tinha tudo para ser exclusivamente comercial se não tivesse caído em boas mãos. O filme se propôs a contar a história do emigrante brasileiro que em 2005 foi morto pela polícia britânica, uma história abusivamente explorada pela grande mídia.

Há no filme as atuações monstruosas de Selton Mello e Luís Miranda. Selton Mello carrega o filme, por ser o protagonista, mas também pelo retorno nos excessos dramáticos de Miranda.

Mas o segredo do filme, que não deixa de ser uma história para ter grande público, é a direção. Henrique Goldman parece estabelecer uma alternância de modulação nas interpretações.

A narrativa que muitas vezes parece filme caseiro, com interpretações quase que naturais, como se fosse um documentário, cresce de repente em uma sequência de dramaticidade. O melhor é que pega o público de surpresa, mesmo se tratando de uma história tantas vezes já contata pelo jornalismo.

Leia mais em Educação Política:

ÁRIDO MOVIE: O SERTÃO VAI VIRAR HOLLYWOOD OU HOLLYWOOD VAI VIRAR SERTÃO
CRIANÇAS INVISÍVEIS (ALL THE INVISIBLE CHILDREN) É UMA POEMA DRAMÁTICO DA SITUAÇÃO DA INFÂNCIA NO MUNDO MODERNO
NA NATUREZA SELVAGEM VALORIZA RAZÃO INSTRUMENTAL
ANJOS DO SOL TRAZ A TRISTEZA DE UM BRASIL PROFUNDO E CORONELISTA

INTERNAUTA: EM TERRA DE CEGO PARA EDUCAÇÃO, SÓ CERVEJA E FUTEBOL APARECEM NA NOSSA VISÃO

Em terra de cego quem tem olhos é perseguido e eliminado

Por Dorival Silva

Nos dias de clamor contra o ato Secreto do Senado Brasileiro e refletindo sobre nossa terra (país), onde tudo é motivo para rir, pular, agredir, matar, roubar, enganar, ser enganado, etc.etc.etc.; pensei no artigo de Stephen Kanitz, administrador, brasileiro apesar do nome, que também não se conforma com a nossa cegueira.

No artigo de Kanitz, ele cita algumas verdades abaixo: “Se seu chefe tem um olho só, mude de emprego e procure companhias que valorizem o talento, que tenham critérios de avaliação claros e baseados em meritocracia. São poucas, mas elas existem e precisam ser prestigiadas.” “Ou, então, procure um chefe que tenha dois olhos e grude nele. Ele é o único que irá entendê-lo. Ajude-o a formar uma grande equipe. Se ele mudar de empresa, mude com ele. Seja diferente, procure os melhores chefes para trabalhar, não as melhores companhias.

Saiba mais

%d blogueiros gostam disto: