Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

Arquivos Diários: 15 outubro, 2009

EM SOLIDARIEDADE AO JORNALISTA LUIS NASSIF, JÁ ESTÁ NA HORA DE UMA CPI DA REVISTA VEJA E DE UMA CAMPANHA CONTRA A BAIXARIA DA IMPRENSA

Está mais do que madura a necessidade de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) sobre a Revista Veja, que move quatro processos contra Luís Nassif, e também de uma campanha contra a baixaria na imprensa. Quem financia a baixaria é contra a cidadania. Está mais do que provado que não é só na TV que se tem baixaria. Basta ler a Veja.

O dossiê Veja, a publicação de dossiês falsos, o grampo sem áudio, contrato com governos para compra de revista como material didático, invenções de matéria e tantos outros momentos obscuros do jornalismo demonstram que se faz necessário estabelecer uma investigação dentro do Congresso Nacional.

Isso poderia esclarecer e dar a chance de a revista se manifestar e explicar melhor como é o jornalismo praticado lá dentro.

Aliás, poderia até ter assinaturas da oposição. Por que o governo Lula continua gastando em publicidade com uma revista que, na melhor das hipóteses, dogmatiza e imbeciliza parte da classe média?

Os consumidores devem recusar produtos de quem anuncia na revista Veja. Não se pode comprar o produto de uma empresa que anuncia numa revista tão rasteira. Não podemos ficar limitados ao movimento Ética na TV, é preciso de Ética na imprensa. As empresas que anunciam na Veja compactuam com a linha editorial de baixo nível.

Leia mais em educação Política:
IMPRESSIONANTE: CREDIBILIDADE DA MÍDIA CAI QUASE 20 PONTOS PERCENTUAIS EM APENAS UM ANO, MOSTRA PESQUISA VOX POPULI/CRIP-UFMG
DEPUTADO ROBERTO MASSAFERA, DO PSDB DE ARARAQUARA, RESPONDE A INTERNAUTAS E TENTA INTIMIDAR BLOG EDUCAÇÃO POLÍTICA
NASSIF: TODAS AS REPORTAGENS DA REVISTA VEJA QUE FORAM CONFRONTADAS COM PROVAS ERAM MANIPULAÇÃO
REVISTA VEJA NÃO APURA DIREITO A REPORTAGEM E ASSOCIAÇÃO DE JUÍZES TEM DE CORRIGIR A PRECARIEDADE JORNALÍSTICA
NASSIF: GILMAR MENDES É SUSPEITO DE CÚMPLICE COM REVISTA VEJA EM PROVÁVEL FARSA DO GRAMPO
FERNANDO MEIRELLES QUE SE CUIDE, A REVISTA VEJA NÃO DEVE PERDOÁ-LO POR ENTREGAR SEU PRÊMIO AO JUIZ FAUSTO DE SANCTIS

O BRASIL VAI MAL NO ÍNDICE DA CORRUPÇÃO E O PROBLEMA É DO PODER JUDICIÁRIO

A corrupção está disseminada no Brasil como em qualquer parte do mundo, mas aqui é muito pior porque não há punição dos corruptos. Até hoje o Supremo Tribunal Federal (STF), do Gilmar Mendes, não condenou nenhum político por corrupção. Se todos são inocentes, quem é o culpado então?

Veja texto abaixo:

Índice da corrupção coloca o Brasil no 70° colocação de 163 países

Por Norma Gisele de Freitas Martins

A corrupção no Brasil está classificada junto a 163 países na base na percepção de corrupção entre autoridades públicas e políticos , no chamado INDICE DE PERCEPÇÃO DE CORRUPÇÃO. O Brasil caiu oito posições esse ano, comparado ao ano passado e está em 70° lugar no ranking total. E em 14° entre os países da América. Mas por que desse resultado? O Brasil é tão grande e tão rico, porque está tão alto seu índice de corrupção? Será que faltam leis ao combate da corrupção?

É duro que não, as leis penais brasileiras são o suficiente para combater a corrupção. O problema é o jeito que se aplica às leis nesses atos corruptos por parte da policia, o que é muito mal feito aqui no Brasil infelizmente.

A corrupção existe sim e ela está por toda parte, no governo, nas escolas como é o caso aqui denunciado da diretoria de ensino de Araraquara, nos bancos nas lojas nos dinheiros , ela é inestimável, o que está acontecendo hoje em dia e que a mídia está cada vez mais e mais denunciando atos corruptos de deputados,dirigentes de ensino, supervisores de ensino, diretores de escola estaduais de São Paulo – Araraquara, prefeitos,senadores,policiais e etc , mas o problema é muito mais do que falta de aplicações de leis penais na criminalidade, mas sim como devemos lidar com ela.

No nosso país não existe uma justiça séria, é claro que no Brasil existe sim pessoas honestas, mas há também um numero muito maior de pessoas sem ética e
sem respeito pelo próximo, que pensam só em si mesmas.

Existe um sistema de corrupção tão forte aqui que, as faltas de cumprimentos de leis, e a falta de valores humanos estão exterminando os valores éticos brasileiros, fazendo com que muitas pessoas não pensem no futuro do Brasil , fazendo que o Brasil se torne cada vez mais um país mal visto por todos, em outras palavras, o Brasil ficará cada vez mais infernal para viver, o que já está acontecendo em alguns lugares do Brasil.

A honestidade hoje em dia aqui está cada vez mais extinta pelos corruptos desse país cruel, mas não podemos desistir temos que alcançar nossos valores humanos temos que ter ética sobre o próximo, pois agora está vindo uma nova geração, os mais velhos têm a missão de fazer em que seus filhos e netos virem críticos e revolucionários para melhoria da vida desse país.

Vamos ao combate a corrupção , vamos denunciar, vamos a evitar, vamos preparar nossos filhos para que um dia saibam estar sozinhos na vida nesse país, vamos brigar pelos nossos direitos,vamos dizer NÃO A CORRUPÇÃO.

Leia mais em Educação Política
SEMANA NACIONAL DE CONCILIAÇÃO OU MUTIRÃO DA JUSTIÇA É ÓTIMO PARA O INFRATOR E PARA PROVAR A INCOMPETÊNCIA DO PODER JUDICIÁRIO
PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, MINISTRO GILMAR MENDES FALA DE TUDO, MENOS DO MONSTRUOSO E INJUSTO SISTEMA JUDICIÁRIO BRASILEIRO
PODER JUDICIÁRIO DE GILMAR MENDES ESTÁ SENTADO EM CIMA DE 70 MILHÕES DE PROCESSOS E ELE QUER MAIS R$ 1,2 BI POR ANO COMO PRÊMIO PELA INEFICIÊNCIA
CRISE DO SENADO FEDERAL: TOTAL PRESUNÇÃO DE INOCÊNCIA NA POLÍTICA E NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA É COMBUSTÍVEL PARA CORRUPÇÃO
FOTÓGRAFO DA AGÊNCIA BRASIL, MARCELLO CASAL JR, PRODUZ FOTOJORNALISMO E ARTE EM PROTESTO CONTRA GILMAR MENDES

PROFESSORES DA REDE PÚBLICA DE ENSINO PROGRAMARAM UM “NU PEDAGÓGICO” NO DIA DO PROFESSOR

Diretores de escola prometem protesto com “nu pedagógico” no Dia do Professor

Por Simone Harnik

Cartum de JV Damasceno

Cartum de JV Damasceno

Em São Paulo
Diretores de escola, supervisores, vice-diretores e coordenadores da rede estadual de São Paulo planejam celebrar o Dia do Professor, nesta quinta-feira (15), com um protesto. A Udemo (Sindicato de Especialistas de Educação do Magistério Oficial do Estado de S. Paulo) convocou seus cerca de 11 mil filiados a realizarem um “nu pedagógico”.

O que seria exatamente esse “conceito de manifestação”? Segundo o presidente do sindicato, Luiz Gonzaga de Oliveira Pinto, o ato será um “segredo de Estado” até sua realização, na tarde desta quinta, em frente a Secretaria da Educação de São Paulo, cujo prédio se localiza na praça da República, região central da cidade.

Se o presidente da entidade não revela a forma do protesto, o site dá orientações aos internautas: “Atenção: pedimos aos colegas que não se bronzeiem nem tentem melhorar o visual. Vamos mostrar a nossa realidade: nua e crua!”, diz a página.

O objetivo do ato, no entanto, não tem nada de obscuro. “O nu pedagógico é uma maneira de colocar nu o ensino da rede paulista”, afirma Oliveira Pinto. “O governo Serra [José Serra (PSDB)] está destruindo a educação pública em São Paulo.”
Abraços fraternos.

Leia mais em Educação Política:
PROFESSORA: CORRUPÇÃO É A TORTURA DA SOCIEDADE BRASILEIRA
INTERNAUTAS MOSTRAM A PAULO RENATO DE SOUZA, SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO DO GOVERNO SERRA, A SITUAÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA EM SÃO PAULO
ESTUDANTES SE MOBILIZAM PARA QUE PARLAMENTARES NÃO TIREM O DINHEIRO DO PRÉ-SAL DA EDUCAÇÃO
QUE PAÍS É ESSE? NA COMPRA DE COMPUTADOR, EMPRESÁRIO PAGA TAXA DE JURO DE 4,5% AO ANO ENQUANTO PROFESSOR PAGA 26,4%
%d blogueiros gostam disto: