Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

Arquivos Diários: 20 outubro, 2009

PESQUISA CNA/IBOPE SOBRE AGRICULTURA FAMILIAR PROVA QUE GOVERNO PRECISA INVESTIR MAIS EM REFORMA AGRÁRIA

A pesquisa CNA (Confederação Nacional da Agricultura)/Ibope sobre agricultura familiar  mostra o sucesso da perversa política empreendida pela entidade e pela bancada ruralista.

O levantamento CNA/Ibope mostra um efeito inverso ao que os realizadores tentaram mostrar. O problema não é a falta de capacidade de produção dos assentados, mas a falta de assistência governamental para os assentados graças às dificuldades que a própria CNA e a bancada ruralista impõem para dificultar o desenvolvimento da pequena propriedade.

A miséria dos assentamentos agrícolas é a cara da política desenvolvida pela CNA e pela bancada ruralista, isto é, inviabilizar as políticas de assistência ao pequeno agricultor.

É preciso  investir na reforma agrária para tirar essa população, que segundo a pesquisa, não está conseguindo renda suficiente.

É graças aos investimentos em agricultura familiar que a inflação dos alimentos está razoavelmente controlada. São os agricultores familiares, mesmo sendo 80% semianalfabetos,  que produzem a maior parte da comida presente na mesa dos brasileiros.

Se investir mais em agricultura familiar e reforma agrária, o governo resolve três problemas: melhora as condições de vida dos assentados, combate a inflação e diminui a violência nas áreas urbanas ao impedir que migrem para locais violentos das cidades.

Leia mais em Educação Política:
AGRICULTURA FAMILIAR ESTÁ AJUDANDO A SEGURAR A INFLAÇÃO E REDUZIR A FOME, DIFERENTE DAS GRANDES PROPRIEDADES RURAIS
ESTADÃO: BOLSA-FAMÍLIA DÁ LUCRO E GOVERNO LULA RECEBE EM DOBRO; VALE A PENA INVESTIR CONTRA A DESIGUALDADE SOCIAL
BANDA LARGA QUE GOVERNO LULA PRETENDE IMPLANTAR DEVE SER UMA REDE NEUTRA, APENAS A ESTRUTURA FÍSICA
IMPRESSIONANTE: CREDIBILIDADE DA MÍDIA CAI QUASE 20 PONTOS PERCENTUAIS EM APENAS UM ANO, MOSTRA PESQUISA VOX POPULI/CRIP-UFMG
PODER JUDICIÁRIO DE GILMAR MENDES ESTÁ SENTADO EM CIMA DE 70 MILHÕES DE PROCESSOS E ELE QUER MAIS R$ 1,2 BI POR ANO COMO PRÊMIO PELA INEFICIÊNCIA

INTERNAUTA: A EDUCAÇÃO BRASILEIRA ATRAVESSA UMA CRISE E VÁRIAS SÃO AS SUPOSTAS CAUSAS QUE PROVOCAM A CRISE

justiça – contra a impunidade na educação pública estadual de Araraquara – SP

Anisio Teixeira de Barros

A educação brasileira atravessa uma crise, várias são as supostas causas que provocam essa crise, muitos acreditam que a baixa qualidade do ensino está ligada à deficiência do professor.

Frequentemente são divulgadas pesquisas de diferentes órgãos que emitem informações acerca da atuação do professor brasileiro, além disso, inúmeros informes, artigos, reportagens afirmam que a maioria dos professores não desempenha de forma eficiente o seu trabalho. No entanto, essas pesquisas não verificam os fatores que afetam a qualidade do trabalho do professor. Esse profissional, em geral, vive cansado diante de tantas atividades que a função requer; o excesso de tarefas ligadas à função de professor causa um esgotamento físico e intelectual. Comportamento resultante do sistema de ensino extremamente burocrático adotado no país. O importante é verificar o que causou essa transformação. Saiba mais

%d blogueiros gostam disto: