Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

Arquivos Diários: 3 novembro, 2009

ESTUDO FEITO PELA BANCADA DO PT NA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA MOSTRA QUE PSDB DE SÃO PAULO CONTINUA COM A MESMA POLÍTICA DE FHC

TRIO DESESPERO

Estudo mostra que Serra fez governo ainda pior que o de Alckmin

Por Caio Marcos do Nascimento Pereira

O governo de Geraldo Alckmin (PSDB) em São Paulo não deixou nenhuma saudade. Tímida, burocrática e marcada pelo abandono das questões sociais, sua gestão apenas empurrou com a barriga os problemas mais graves do Estado. Mas a atual gestão de seu sucessor, José Serra, consegue ser ainda pior. É o que mostra um estudo feito pela liderança do PT na Assembleia Legislativa de São Paulo.
A administração do governador de São Paulo e pré-candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra (PSDB), revela a marca de um programa próprio de aceleração do “crescimento”. Iniciado em janeiro de 2007, o Governo Serra acelerou o crescimento da carga tributária cobrada dos contribuintes; das vendas de bens públicos ao setor privado; da terceirização de serviços públicos; da tolerância com os grandes devedores e do calote aos credores de precatórios. Ao mesmo tempo, reduziu a participação dos gastos com Educação, Saúde e Segurança no orçamento estadual. Saiba mais

OS ESQUECIMENTOS DE FHC (FERNANDO HENRIQUE CARDOSO) E O QUE FAZER COM O SEU GOVERNO: ESQUECER OU DEFENDER?

O INVEJOSO, SURTOU!

Por Jussara Seixas

Dilema do PSDB: esquecer ou defender?

Dilema do PSDB: esquecer ou defender?

O ex-presidente FHC (ex- é ótimo) surtou. Ele não está mais suportando o imenso sucesso do governo do presidente Lula. Ainda mais agora, depois de saber que o presidente Lula vai receber em Londres o prêmio Estadista do Ano (Chatham House 2009), concedido pelo Instituto Real de Relações Internacionais do Reino Unido.
Escreveu um artigo que está sendo publicado nos jornais com o titulo “Para onde vamos?”. Ele ataca no atacado. As declarações do presidente Lula, as frases ditas pelo presidente Lula, todas as decisões do governo Lula.
Está furioso com o pré-sal, com o imenso sucesso da Petrobras, que ele, Serra e o PSDB queriam e querem privatizar. FHC não reconhece sua incompetência, sua negligência: por não investir na Petrobras, provocou o afundamento da maior plataforma de extração de petróleo do mundo na época, a P36. Não se conforma com o fato de que o presidente Lula transformou o Brasil em um imenso canteiro de obras com as obras do PAC, que geram empregos e renda e vão beneficiar milhões de brasileiros.

Cita a Transnordestina, a Norte-Sul, a Transposição do São Francisco, o Trem-bala. Fala do programa Minha Casa Minha Vida como se tudo fosse apenas publicidade, fala como se nada existisse, se tudo fosse miragem. Insano, compara o governo Lula ao regime militar.

Diz que o presidente Lula fala impropérios quando empresários e jornalistas ousam descordar do “Brasil potência”. Antes falasse. Mesmo sendo atacado diariamente pela mídia, mesmo tendo sido chamado de assassino por um psicanalista charlatão, colunista da Folha, um tal F. Daudt, quando ocorreu o acidente com o avião da TAM, o presidente Lula nada fez contra o psicanalista louco ou contra o jornal.
Não abriu nenhum processo. Diferente da coleguinha de partido de FHC, Yeda Crusius, do PSDB, amiguinha do Serra, que mandou invadir a sede de Federação Anarquista para censurar material que a criticava, com toda a truculência digna da ditadura militar.

O estadista Lula também agiu com paciência e tolerância quando A. Virgilio e Aceminho disseram que dariam uma surra no presidente. A que ponto chega o ódio dessa gentinha contra o melhor presidente que o Brasil já teve, que ostenta mais de 80% de apoio popular, é elogiado e reconhecido mundialmente.

FHC não se lembrou de comentar a queda na desigualdade social do país graças ao governo Lula, não se lembrou de falar do PROUNI, não se lembrou de falar que no governo Lula as classes D e E passaram a ser classe média. Não se lembrou de falar que no governo Lula não teve apagão: muito ao contrário, o governo Lula levou energia elétrica a milhões de pessoas que viviam isoladas nos rincões de nosso imenso país.

FHC não se lembrou de falar do sucesso do presidente Lula ao lidar com crise econômica mundial: o Brasil não quebrou, diferentemente de quando FHC foi presidente (quebrou o Brasil três vezes!). O Brasil ainda saiu bastante fortalecido da crise, fato reconhecido e invejado mundialmente.

FHC não soube lidar com as crises, foi incompetente, quebrou o país, fez imensa divida com o FMI, foi responsável pelo maior desemprego que o país já viveu, por juros estratosféricos, e deixou um saldo de 54 milhões de pessoas vivendo abaixo da linha da pobreza. FHC está desesperado, como estão o PSDB, o Serra e seus rabos, o DEM e o PPS — aliás, a patética figura do boçal-mór Roberto Freire, do PPS, pediu publicamente que o PSDB do Serra esconda FHC, o desastrado governo de FHC.
Jussara Seixas

Leia mais em Educação Política:
O GASTO COM CAÇAS E SUBMARINO NUCLEAR SERÁ INÚTIL SE PSDB CHEGAR AO PODER EM 2010
QUE PAÍS É ESSE? NA COMPRA DE COMPUTADOR, EMPRESÁRIO PAGA TAXA DE JURO DE 4,5% AO ANO ENQUANTO PROFESSOR PAGA 26,4%
UNASUL É MAIS UM INCONTESTÁVEL AVANÇO QUE A DIPLOMACIA BRASILEIRA AJUDOU A CONSTRUIR NA AMÉRICA DO SUL
PMDB, RURALISTAS E ELITE ECONÔMICA IMPEDEM O DESENVOLVIMENTO DO PAÍS, A REDUÇÃO DA DESIGUALDADE E NOS DEIXAM NO TERCEIRO MUNDO
BANCO DO BRASIL DÁ UMA LAVADA NOS BANCOS PRIVADOS, EMPRESTA DINHEIRO MAIS BARATO E AJUDA O BRASIL A SAIR DA CRISE
%d blogueiros gostam disto: