Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

JORNALISMO CHAPA ROSA NÃO FALA DA MANIPULAÇÃO DAS TELES PARA DESTRUIR O PLANO NACIONAL DE BANDA LARGA

Teles jogam pesado contra governo para manter monopólios regionais

Todo mundo conhece o jornalismo chapa branca. Aquele que é acrítico com o Estado, seja qual for o ente do Estado. Mas existe também o jornalismo chapa rosa.

O chapa rosa é totalmente acrítico com a usurpação promovida por empresas privadas. É o caso hoje do jornalismo da grande mídia em relação às empresas de telecomunicação, que por sinal são grandes anunciantes.

O jornalismo chapa rosa não vê que há seis meses as grandes empresas de telefonia, que monopolizam a internet banda larga no Brasil com preços abusivos e péssimo serviço, estão jogando sujo com o Plano Nacional de Banda Larga, que pretende colocar um pouco de competição e capitalismo no setor. Essas empresas têm ojeriza ao capitalismo concorrencial, mas amam o monopólio regional criado pelo governo do PSDB/FHC.

Há seis meses essas empresas vêm fazendo pressão e tentando desqualificar e destruir o Plano Nacional de Banda Larga. Primeiro falaram que seria um atraso, mas não deu certo. Depois falaram que o plano era ruim e que o governo teria de gastar dezenas de bilhões logo de início, o que não deu certo. Depois apresentaram um plano via Ministério das Comunicações, em que pediam para o governo reduzir os impostos para elas continuarem com o monopólio. O governo tem resistido.

Essas grandes empresas de telefonia, que monopolizam o acesso à Internet Banda Larga, estão empacando o desenvolvimento do Brasil para manter seus benefícios. Agora estão dizendo que vão perder uma mamata de R$ 20 bilhões com contratos do governos federal, estadual e municipal, segundo matéria de Elvira Lobato, da Folha. Eunice Guerra, ministra da Casa Civil, já afirmou que esses números são absurdos.

Para Erenice, a reclamação das teles é estranha. Ela diz que, no início as teles teriam afirmado à imprensa que a entrada da Telebrás na prestação de serviços para órgãos públicos não seria um problema, mas sim a competição no fornecimento de internet rápida (banda larga) ao consumidor. “Depois, quando ficou claro que a Telebrás não iria competir com as teles na última milha, mas sim fazer parcerias com elas, o problema mudou, passou a ser a perda de renda com contratos públicos.” Segundo Erenice, o valor de R$ 20 bilhões é “cabalístico porque ele nunca tinha aparecido antes e não é esse valor [de contratos das teles com o setor público] de jeito nenhum” e de “forma nenhuma representa 20% do faturamento delas”. (Matéria da Folha no blog do Nassif)

Apesar de a Folha mostrar a posição do governo, é um jornalismo declaratório em que todo mundo pode falar o que quiser. Não há uma investigação para mostrar a guerra que as Teles estão fazendo para continuar mamando no Estado e no monopólio regional. O receio das Teles é o capitalismo. O Plano Nacional de Banda Larga vai investir na concorrência, o que pode reduzir o lucro dessas empresas. Aliás, concorrência é um palavrão para quem atua em telefonia. Elas gostam de monopólio regional e de ficar penduradas nas mamas públicas criadas pelo processo de privatização.

Não tenham dúvidas de que as empresas vão continuar jogando pesado. O governo precisa estar muito certo de que não há brecha jurídica na ativação da Telebrás. Agora as teles ameaçam entrar na Justiça. Ameaçam e só não entraram ainda porque os argumentos são muito frágeis. A possível dúvida jurídica está em cima de algo que o governo ainda não fez e pode nem chegar a fazer, que é prestar diretamente o serviço ao consumidor.

Outra reportagem da Folha, que mais parece texto de assessoria de imprensa das Teles, diz que “o decreto do Plano Nacional de Banda Larga criou uma confusão jurídica que poderá ser questionada pelas teles na Justiça”. Pura ideologia, não há confusão jurídica alguma. O argumento das teles, pelo menos o que é apontado no jornal, é uma bobagem sem tamanho. Aqui se percebe porque elas não entraram na justiça até agora. O argumento é pífio. Veja abaixo da reportagem diz:

A discussão a que se referem as teles tem a ver com o conflito entre dois incisos de um artigo da Lei Geral de Telecomunicações. Um deles determina que a prestação de serviços de telecomunicações, como a oferta de banda larga, deve ser feita pelas subsidiárias da Telebrás. Com a privatização, elas foram vendidas.
Contudo, um outro inciso diz que a Telebrás poderia desempenhar “outras atribuições” definidas pelo Ministério das Comunicações. Foi com base nele que o decreto reativou a Telebrás.
“Existe um conflito evidente entre os dois incisos”, diz Juarez Quadros, ex-ministro das Comunicações.
“Independentemente de questionar a reativação ou não da Telebrás, ela continua sendo uma holding.” Para Quadros, seria preciso criar uma subsidiária para prestar o serviço de internet.” (Folha)

Leia mais em Educação Política:

INTERNET BANDA LARGA É O GRANDE NÓ DA INFRAESTRUTURA E DA DEMOCRACIA DO BRASIL
OS R$ 7 BILHÕES DO FUNDO DE TELECOMUNICAÇÕES (FUST) DEVERIAM SER APLICADOS TOTALMENTE NO PLANO NACIONAL DE BANDA LARGA
VEJA SÓ COMO É O LIBERALISMO NAS TELECOMUNICAÇÕES DO BRASIL: CAPITALISTAS NÃO GOSTAM DE CAPITALISMO, PARA ELES
GOVERNO LULA E CASA CIVIL TENTAM LEVAR CAPITALISMO PARA INTERNET BANDA LARGA, MAS TELES E MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES QUEREM OLIGOPÓLIO
MINISTRO DAS COMUNICAÇÕES HÉLIO COSTA E OPERADORAS DE TELEFONIA TENTAM MELAR PLANO DO GOVERNO DE LEVAR BANDA LARGA PARA TODOS OS BRASILEIROS

12 Respostas para “JORNALISMO CHAPA ROSA NÃO FALA DA MANIPULAÇÃO DAS TELES PARA DESTRUIR O PLANO NACIONAL DE BANDA LARGA

  1. Pingback: ESTADÃO INCRÍVEL: EDITORIAL DEFENDE PLANO DE ACESSO À INTERNET QUE COLOCOU UM COMPUTADOR PARA CADA 63 MIL HABITANTES « Educação Política

  2. Pingback: MARINA SILVA PODE ULTRAPASSAR JOSÉ SERRA E ALGUÉM ACREDITA QUE AÉCIO NEVES É LOUCO DE ENTRAR NESSE BARCO TUCANO « Educação Política

  3. Pingback: A MELHOR COISA QUE PALOCCI FEZ NO GOVERNO DO PRESIDENTE LULA FOI SE ENVOLVER NA QUEBRA DO SIGILO DO CASEIRO « Educação Política

  4. Pingback: LEI DA TRANSPARÊNCIA É UM DOS MAIORES AVANÇOS POLÍTICOS DO GOVERNO LULA PORQUE OBRIGA ESTADOS E MUNICÍPIOS A PUBLICAR DESPESAS « Educação Política

  5. Pingback: INSCRIÇÕES DO PROUNI COMEÇAM HOJE E VÃO SOMENTE ATÉ SÁBADO, DIA 19 « Educação Política

  6. Pingback: ‘CUSTO BRASIL’ É O PREÇO DA TELEFONIA, INTERNET E TV A CABO, SERVIÇOS QUE SÃO MONOPOLIZADOS « Educação Política

  7. Pingback: QUEM PODE RESPONDER A DÚVIDA DO PROFESSOR INGLÊS STUART HALL SOBRE O PENSAMENTO ÚNICO NO JORNALISMO DA GRANDE MÍDIA? « Educação Política

  8. Pingback: CARTA MAIOR: GRANDES BANCOS SÃO PARCEIROS DO NARCOTRÁFICO E EXECUTIVOS FICAM IMPUNES « Educação Política

  9. Pingback: BRASILEIRO PAGA DEZ VEZES MAIS POR BANDA LARGA E O DEM, PARTIDO DO VICE DE JOSÉ SERRA, FAZ O TRABALHO SUJO QUE NEM AS TELES OUSARAM FAZER « Educação Política

  10. Pingback: CORRIGINDO A MANCHETE DO ESTADÃO E DA FOLHA: PRESIDENTE DA SIP, ENTIDADE QUE APOIA DITADURAS, DIZ QUE LULA É UM FALSO DEMOCRATA « Educação Política

  11. Pingback: QUANDO ESMOLA DO TERROR É GRANDE, O SANTO DESCONFIA: BOLSA FAMÍLIA É PARA SERRA O MESMO QUE A POUPANÇA FOI PARA COLLOR « Educação Política

  12. Pingback: AS PALAVRAS E SEUS SIGNIFICADOS DIZEM ADEUS AO PAPEL E MIGRAM PARA AS TELAS DIGITAIS « Educação Política

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: