Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

Arquivos Diários: 2 novembro, 2010

SHOW DE ANIMAÇÃO NOS MUROS DA CIDADE

Este vídeo traz uma plástica perfeita, combinada a uma criatividade livre e contagiante, bem como a temas urbanos e humanos.

Discute o homem, seu lugar na sociedade, sua postura diante de si mesmo. É uma viagem lúdica, delirante e necessária que renova a visão do espaço público e aproxima o conhecimento do espaço íntimo de cada um de nós.

ÓTIMO, DIVERTIDO E INTELIGENTE!

Leia mais em Educação Política:

PUNKS NO BRASIL: ELES QUERIAM ABRAÇAR A LIBERDADE!
ALGUNS VERSOS DE DORA FERREIRA DA SILVA
MÚSICA, DANÇA, TEXTO OU A RECEITA DE UM ESPETÁCULO
SOM DELICADO E RITMO AGRADÁVEL, ASSIM SE FAZ TULIPA RUIZ

MÊS DA ELEIÇÃO DA DILMA ROUSSEFF, MÊS DE RECORDE DO BLOG EDUCAÇÃO POLÍTICA

Imagem: InsideTchnoEste mês de outubro, quando ocorreu o segundo turno das eleições presidenciais, o blog Educação Política atingiu mais um recorde mensal.

Tivemos 30.606 acessos, com uma média de quase mil acessos por dia, exatamente 987 na média.

Também batemos um recorde diário, com 1.460 acessos no dia 18 de outubro.

Neste mês também passamos da marca de 300 mil acessos desde o início da publicação.

E tudo isso nos deixou esperançosos de fechar o ano de 2010 com 100% de crescimento no número de acessos.

Mais uma vez, obrigado especial a todos que nos visitam, leem e comentam o blog.

Queremos que o blog seja um espaço de discussão e de busca de um país socialmente justo e culturalmente rico.

O MINISTRO GILMAR E SEUS CAPANGAS NO MATO GROSSO, COMO DISSE JOAQUIM BARBOSA

Coronel à moda antiga

Da Agência Educação Política

Esta matéria que segue abaixo foi dica de uma das leitoras do Educação Política, Maria Clara Rodrigues, e mostra de forma clara e surpreendente os desmandos de Gilmar Mendes na cidade de Diamantino, no estado do Mato Grosso, sua cidade natal, transformada em reduto político da sua família. O irmão de Gilmar foi prefeito da cidade por oito anos e deixou como saldo um incrível rombo nas contas públicas, uma amostra de como a família Mendes exerce na região o poder à moda antiga.

Os fatos relatados na matéria revelam a desmedida intromissão do ministro em esferas da justiça que deveriam funcionar como órgãos públicos independentes e mais, deixam claro o seu total desrespeito pela democracia e pela constituição, sua falta de ética e a forma oligárquica e medieval por meio da qual ele encara a concepção de justiça, enquanto valor e bem social.

Na matéria, evidencia sua interferência para destituir um prefeito de seu cargo, ocupado de forma legítima, apenas porque o prefeito não está entre os seus aliados. Mil e uma coisas já foram feitas e criadas para tirar o atual prefeito do cargo e colocar em seu lugar um nome ligado à família de Gilmar Mendes. Agora, a última foi decidir pelo afastamento do atual prefeito da cidade justo neste fim de semana prolongado em que o excelentíssimo ministro Gilmar Mendes estava na cidade, seu domicílio eleitoral. Coincidência ou cara de pau? Creio que os fatos dispensam tal resposta.

O que pode ser extraído desta crônica que traduz o que há de mais mesquinho e autoritário na cena pública brasileira é o fato de que o Mato Grosso transformou-se em um feudo onde o senhor Gilmar manda e desmanda, faz e desfaz, como bem entende. Para isso ele conta com seus milhares de serviçais que estão tanto dentro das instituições de justiça do estado, como parasitando pelos corredores da administração pública. São exemplos como esse que sufocam a democracia, que fragilizam as instituições, que desintegram o espírito da justiça e que perpetuam uma realidade onde a lei é tão manipulável quanto capanga de ministro.

Veja detalhes do caso na matéria abaixo:

Juiz aproveita visita do ministro Mendes e manda afastar prefeito

Flávia Borges
Rede Diamantino News

O juiz da 7ª Zona Eleitoral de Diamantino, Luiz Fernando Voto Kirche, determinou o afastamento do prefeito Erival Capistrano (PDT), que será notificado sobre a decisão somente na quarta (3), após o feriado prolongado. O curioso é que a sentença do magistrado foi dada neste final de semana, justamente no período em que o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, estava na cidade, que é seu domicílio eleitoral.

A família de Mendes tentou emplacar o nome de Juviano Lincoln na Prefeitura de Diamantino em 2008, mas Capistrano saiu vencedor no embate. Depois disso, não faltaram manobras para que o pedetista perdesse o cargo. Ele teve o mandato cassado pela primeira vez em março de 2009, apenas dois meses após ser empossado, sob a acusação de irregularidades em doações na campanha. O grupo de Lincoln, que conta com o apoio do ex-prefeito Chico Mendes, irmão de Gilmar Mendes, ingressou com uma representação contra o pedetista, que culminou em sua cassação.

Capistrano reverteu a decisão e voltou ao cargo em 23 de junho, quando o TRE acatou, por unanimidade, um recurso impetrado pelo PDT. O então presidente Evandro Stábile suspendeu, em 18 de agosto, por meio de uma medida cautelar, os efeitos da decisão do Pleno. Assim, Lincoln reassumiu o cargo. Stábile foi afastado do comando do TRE sob a acusação de encabeçar um esquema de venda de sentenças no Estado. O desembargador Rui Ramos assumiu o posto e, numa decisão polêmica, derrubou a liminar do antecessor e reconduziu Capistrano ao cargo. (Página original)

Leia mais em Educação Política:

TÁ COM PROBLEMA NA JUSTIÇA? TÁ COM PROBLEMA NO STF? DISQUE GILMAR MENDES
GILMAR MENDES: UMA DAS PIORES HERANÇAS DO PSDB PORQUE É UM LEGADO NA CÚPULA DO PODER JUDICIÁRIO E VITALÍCIO
JUIZ QUE SOLTOU O SERIAL KILLER DE LUZIÂNIA AGIU DE ACORDO COM O QUE SEMPRE PRECONIZOU O MINISTRO GILMAR MENDES
PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, MINISTRO GILMAR MENDES FALA DE TUDO, MENOS DO MONSTRUOSO E INJUSTO SISTEMA JUDICIÁRIO BRASILEIRO
%d blogueiros gostam disto: