Categorias
AGÊNCIA EP ESTADO DA ARTE

UMA EXPOSIÇÃO, VÁRIAS REFERÊNCIAS


Uma forma de reciclar a memória! Assim o artista que nasceu em Porto Alegre Carlos Dias define a exposição de sua obra artística que para ele só se completa quando há um expectador e sua interpretação.

Nos trabalhos de Dias, além de um tom de revolução barulhento e expressivo, há várias influências que ajudam a criar as manchas e rabiscos escorridos que marcam a sua obra. São desenhos fortes pelas cores, suaves pelos contornos a traçejar formas que parecem estar na iminência de derreter, estilo que lembra o do espanhol Salvador Dalí. Também há um toque de sobrenatural e cósmico que se remete aos incríveis trabalhos de Bosch, sempre cheios de detalhes e particularidades.

Dias não descarta certo aspecto geometrizado, que confere à obra um tom moderno e evidencia mais uma de suas referências, Picasso. Apesar de não ter nada do clássico renascentista de Leonardo da Vinci, há no conteúdo retratado nos trabalhos de Dias referências a algumas obras do pintor italiano traduzidas em um nova linguagem de cores e formas.

Para os que gostam de novas propostas artísticas que não abrem mão da qualidade e fazem uso da legítima ousadia da criação, as obras do artista estão em exibição na exposição Alem que reúne grandes pinturas e instalações além de contar com uma trilha sonora característica. Combinação de arte, vídeo e música na mesma exposição!

Onde: Choque Cultural, São Paulo (SP)
Quando: até dia 20 de novembro

Leia mais em Educação Política:

QUANDO A CHUVA FALA NOS DEDOS…
DIRETO DA TV MANCHETE, MILTON NASCIMENTO CANTANDO A NOITE DO MEU BEM
PIETÁ, DE MILTON NASCIMENTO É SINÔNIMO DE UM BELO DISCO COM GOSTO DE JUVENTUDE
SOMBRAS QUE GUARDAM A LUZ: A OBRA DE UM FOTÓGRAFO QUE FOTOGRAFA PARA ENXERGAR

1 resposta em “UMA EXPOSIÇÃO, VÁRIAS REFERÊNCIAS”

Comentários encerrados.