Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

PARA LEITOR, DECLARAÇÃO DE PRATES SÓ DEMONSTRA UM JORNALISMO CADA VEZ MAIS ELITISTA E PRECONCEITUOSO

A serviço do anti-jornalismo, do preconceito, da desigualdade!

EDUCAÇÃO POLÍTICA VOCÊ FAZ

Por Bruno Nigro

A opinião dele, embora carregada de um claro preconceito de classes, é válida em alguns pontos sim. Concordo que o sujeito não tem motivo algum para largar seu carro no acostamando, atravessar a via e ir meter o bedelho aonde não foi chamado. Atrasa o trânsito onde não devia e ainda corre o risco de provocar outro acidente. Ok, até aí, ele só foi grosseiro na maneira de se expressar.

E sim, as auto-escolas não estão formando condutores e sim ‘pilotos’. Gente sem o menor preparo mental para assumir o comando de um veículo. Mas não é a condição social que diz isso e sim um histórico médico. O mesmo psicopata que usa o carro como arma pode ser morador de um condomínio na Barra da Tijuca ou morar dentro de um cafofo em Belford Roxo. Ok, até aí, eu vejo esse senhor destilar seu preconceito com a ‘capa’ de denúncia-crime contra imprudência no trânsito.

Porém, me admira um senhor que tenha tido acesso a leitura (como ele faz questão de destacar a falta dessa caraterística da ‘massa de miseráveis beneficiada pelo governo do crédito fácil’) não tenha aprendido o básico sobre respeito aos direitos do cidadão. Pouco importa se o cara vai demorar a vida pra pagar seu Fiat Uno 95, ou se ele mal completou o ensino fundamental. Cabe a pessoas com formação, assim como esse senhor, propor soluções e não destratar e desmerecer o esforço do cidadão de baixa renda.

Ele fala como se pobre não tivesse direito a bens de consumo. Foi infeliz e preconceituoso em seu comentário. Assim como foi Boris Casoy no episódio dos garis. Depois ele veio se retratar, mas aí já era tarde pois todo mundo sabia o que ele tinha em mente. Infelizmente, o jornalismo está cada vez mais elitista e descompromissado com o bem-estar público. De um lado, os tablóides de 0,50 centavos, vendendo notícias de fundo de quintal. Do outro, uma elite formada pela nata do que restou do coronéis, dos barões que não querem perder o luxo para um ex-desdentado.

Lamentável.

* este comentário foi postado em resposta ao seguinte post publicado pelo blog Educação Política:FALA SÉRIO OU É PIADA? VEJA MARCELO ADNET COMO UM TUCANO DE MIAMI E O MEDONHO COMENTÁRIO NA RETRANSMISSORA DA GLOBO. O post trouxe dois vídeos que se distanciam e ao mesmo tempo se aproximam. Distanciam-se, pois enquanto o primeiro faz rir por meio de uma sátira feita à elite brasileira, o segundo choca por meio de um preconceito absurdo e desenfreado, disfarçado de preocupação com a impunidade e segurança no trânsito. E aproximam-se, pois ambos trazem estereótipos construídos, o primeiro do rico, o segundo do pobre e mostram a mesma visão elitista e regada de um perverso preconceito. O que assusta é ver que a ponte entre ficção e realidade é tão próxima que em instantes o que parecia apenas uma mera representação, invade os olhos com toda a força da realidade. Incrível!

Leia mais em Educação Política:

PMDB CAIU NA LÁBIA DA OPOSIÇÃO (DIGO VELHA MÍDIA) QUE DEFENDE O ACHINCALHE DO GOVERNO DE DILMA ROUSSEFF
ESPECIALISTAS AFIRMAM QUE A INTERNET E NÃO A IMPRENSA FOI A RESPONSÁVEL PELO SEGUNDO TURNO DAS ELEIÇÕES
MILÍCIA E DIREITOS HUMANOS SÃO ALGUNS DOS INGREDIENTES DE UM TROPA DE ELITE QUE INTERROGA: QUEM SUSTENTA O SISTEMA?
REGULAÇÃO DA MÍDIA FAZ PARTE DA REALIDADE DE MUITOS PAÍSES DEMOCRÁTICOS E É FORMA DE GARANTIR A PLURALIDADE

5 Respostas para “PARA LEITOR, DECLARAÇÃO DE PRATES SÓ DEMONSTRA UM JORNALISMO CADA VEZ MAIS ELITISTA E PRECONCEITUOSO

  1. Paulo Cavalcanti 20 novembro, 2010 às 11:20 am

    Prezado Galuco,

    Quero iniciar, parabenizando seu blog, bem como a qualidade dos assuntos selecionados, todos de alto interesse, fazendo a diferença.

    Glauco, eu postei esse mesmo vídeo, e comentários em meu blog, um leitor entrou lá, e postou o segunte comentários: “liberdade de imprensa é isso, cada um fala o que quer, se responsabilizando por aquilo que fala. O resto é história das viúvas do comunismo”.

    O cidadão se esquece, que chamada “liberdade de imprensa” – que “eles” preconizam, é exatamente esta, exercidada por esse “asno” fascista, chamdo Prates, que é a tal “liberdade de imprensa de mão única” – ele fala o que quer, o telespectador em casa, vê e ouve, passivamente, sem ter condições de expressar sua indignação. Portanto, temos que acabar com esse tipo de pregação fascista.

    Curtir

    • glaucocortez 20 novembro, 2010 às 2:56 pm

      Paulo Cavalcanti,
      Obrigado pelos elogios. Também acompanhamos seu blog, que é muito bom.
      Prates e a RBS devem explicações ao Congresso Nacional.
      O problema é que a promiscuidade entre políticos e meios de comunicação, além do receio de brigar com a imprensa, impede que nossos parlamentares convoquem jornalistas e empresários que se expressam de forma tão esdrúxula.

      Curtir

    • Carina Leticia 7 dezembro, 2010 às 11:10 pm

      Sobre o comentário do repórter Prates cômico se não fosse trágico ele ser atropelado ou se envolver em um acidente sendo ele a vitima e o condutor que o atropelou fosse uma pessoa rica com um carro do ano pago acho que desta forma pelo menos ele ia morrer sorrindo fui morto em um acidente mais quem me atropelou tinha uma Ferrari .

      Curtir

  2. Alexandre Pernet dos Guaranys 21 novembro, 2010 às 9:22 am

    Esta foi a resposta que enviei para o Lamentável repórter , mencionado acima, o Prates:
    Acho lastimável e perigoso pessoas como você estarem em posições de formar opiniões, onde você se coloca contra situações que favorecem aos desfavorecidos.
    Eu vim de uma família tradicional do Rio de Janeiro e o nosso histórico é de pessoas muito esclarecidas e favorecidas , graças a Deus, mas nem por isso eu me vi na condição de me incomodar com a elevação da classe menor e com o espetacular governo populista feito pelo melhor líder que meu país já teve o presidente LULA.
    Nunca aceitei a condição de minha família morar em condomínios de luxo e existirem pessoas ao redor sem ter o que comer. Isso fez com que eu buscasse pensamentos, atitudes e líderes mais igualitários.
    Além do mais acredito muito mais na busca pela solução , do que na crítica , principalmente incisiva e ofensiva , no caso em que você culpa a popularização do automóvel pelos acidentes de transito ao invés de se posicionar contra os monopolizadores do transporte, da educação, da saúde, etc.
    Muito ruim você achar que os pobres devem ser explorados ,para que os ricos vivam fartamente. Que pobre não tem direito a ascensão,não pode ter carro, na verdade ,era melhor não ter pobre, numa atitude feudalista lastimável.
    Lembrando só que a maioria dos acidentes de carro graves acontecem com filhos de pais ricos que não ensinam valores ao permitir que seus filhos só estudem (meu pai fez isso comigo, mas hoje tenho 41 anos) e se divirtam. isso faz com que não se tenha valor as conquistas da vida.
    Um pobre que paga seu carro com sacrifício , valoriza seu patrimônio e não faz besteira na pista e não possui a sua arrogância , onde , em uma disputa no trânsito , duvido que você aceite que um pobre passe sua frente ou estacione no seu lugar. Tenho certeza que sua atitude no vídeo mostra que a pobreza não está no bolso e sim no espírito e na atitude do homem.
    Portanto busque mais soluções e menos críticas e quando as fizer , faça de forma mais explicativa.
    Abraço.

    Curtir

  3. Pingback: PARA LEITOR, BRASIL É PAÍS DE UMA JUSTIÇA CARTORIAL QUE PRIVILEGIA A FORMA EM DETRIMENTO DO CONTEÚDO « Educação Política

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: