Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

5ª MOSTRA DE CINEMA E DIREITOS HUMANOS NO RIO ENVOLVERÁ DE FORMA DIRETA A COMUNIDADE

A comunidade invade as telas!

Fazer com que a cultura chegue até onde o povo está. Fazer com que jovens que nunca refletiram sobre a realidade política, histórica e social do seu país tal como ela aparece nas telas do cinema possam, enfim, realizar este movimento. Parece ser esse o objetivo principal da 5ª edição da Mostra de Cinema e Direitos Humanos no Rio de Janeiro. Além do Rio, a Mostra também acontece em 20 capitais brasileiras, mas especificamente em solo carioca ela terá um diferencial: a inserção direta da comunidade por meio de debates em torno dos temas abordados nos filmes que compõem o evento.

Os filmes que farão parte da edição desse ano no Rio contemplam uma diversidade de temas divididos em dois núcleos principais: Retrospectiva Histórica – Direito à Memória e à Verdade, que reúne títulos sobre fatos e consequências das ditaduras militares nas décadas de 60 a 80 na América do Sul; e Contemporâneos, que traz produções inéditas sobre uma ampla variedade de temas, como direito à terra e ao trabalho, diversidades étnica e religiosa, direitos dos povos indígenas, dos afrodescendentes, das pessoas com deficiência, cidadania LGBT e refugiados.

Estudantes e moradores de três comunidades carentes que contam com a presença das UPP’s (Unidade de Política Pacificadora) terão transporte gratuito para chegar até os locais do evento e os que comparecerem aos debates e assitirem a pelo menos 30% dos filmes exibidos também terão direito a um certificado acadêmico emitido pela UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), uma das organizadoras dos debates juntamente com o Grupo de Pesquisa Direito e Cinema.

Sem dúvida alguma, uma ótima iniciativa da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e da Cinemateca Brasileira, responsáveis pelas realização e produção do evento respectivamente. A participação efetiva das comunidades e, especialmente dos jovens, faz com que os filmes exibidos e as discussões feitas não se restrinjam aos mesmos grupos de sempre, ampliando a dimensão e o alcançe da arte, inserindo-a dentro do prisma de possibilidades daqueles que nunca a divisaram em seus horizontes.

Sucesso!

Veja trecho de matéria publicada no site da Agência Brasil:

Mostra Cinema e Direitos Humanos no Rio terá debates e participação de moradores de comunidades
Por Paulo Virgílio

Rio de Janeiro – A programação carioca da 5ª Mostra Cinema e Direitos Humanos, que acontece este ano em 20 capitais brasileiras, terá um diferencial em relação à de outras cidades. Paralelamente à exibição de 41 filmes, entre clássicos, premiados e inéditos, de 30 de novembro a 5 de dezembro, na Caixa Cultural do Rio de Janeiro, serão realizados debates sobre temas abordados em alguns dos títulos da mostra. Moradores e estudantes de comunidades que vivenciaram uma história de violência poderão assistir aos filmes e debates, como resultado de um trabalho de mobilização da Secretaria Estadual de Assistência Social e Direitos Humanos.

A mostra é uma realização da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, com produção da Cinemateca Brasileira, patrocínio da Petrobras e apoio local da secretaria estadual. Na abertura, às 19 horas do dia 30, será exibido o documentário Perdão, Mister Fiel, de Jorge Oliveira, premiado como melhor filme pelo júri da Câmara Legislativa no Festival de Brasília do ano passado. O filme aborda a morte sob tortura do operário Manoel Fiel Filho, nos porões da ditadura, em 1976, em São Paulo, e discute o apoio dos Estados Unidos aos regimes militares da América do Sul, naquele período. (Texto Completo)

Leia mais em Educação Política:

ADAPTAÇÃO DE KAFKA PARA O TEATRO APOSTA NO SILÊNCIO E NA ILUSÃO DAS MÁSCARAS PARA RETRATAR O SER HUMANO
NA CELEBRAÇÃO DO CENTENÁRIO DE RACHEL DE QUEIROZ, PÚBLICO GANHA LIVRO COM POEMAS INÉDITOS DA ESCRITORA
MILÍCIA E DIREITOS HUMANOS SÃO ALGUNS DOS INGREDIENTES DE UM TROPA DE ELITE QUE INTERROGA: QUEM SUSTENTA O SISTEMA?
DOCUMENTÁRIO JOSÉ E PILAR MOSTRA O AMOR ENTRE UM HOMEM E UMA MULHER DE FORMA SOLENE E BEM HUMORADA

3 Respostas para “5ª MOSTRA DE CINEMA E DIREITOS HUMANOS NO RIO ENVOLVERÁ DE FORMA DIRETA A COMUNIDADE

  1. Pingback: POR TRÁS DAS ESTATÍSTICAS, DESIGUALDADE SOCIAL E AUSÊNCIA DO ESTADO SÃO EVIDENTES NAS FAVELAS CARIOCAS « Educação Política

  2. Pingback: MORAR CARIOCA PRETENDE URBANIZAR 215 COMUNIDADES ATÉ 2020 « Educação Política

  3. Pingback: CENAS INESPERADAS SURGEM NA PAISAGEM DA CIDADE DE SÃO PAULO PELAS LENTES DE UM GRUPO DE FOTÓGRAFAS « Educação Política

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: