Categorias
AGÊNCIA EP NOTÍCIA

BOA NOTÍCIA PARA A PESQUISA NO BRASIL: CNPq ANUNCIA AUMENTO DE 10% NO NÚMERO DE BOLSAS DE MESTRADO E DOUTORADO PARA 2011

Investindo em conhecimento

Para os jovens que querem estudar e para aqueles que zelam pelo incentivo e apoio ao conhecimento em um país que frequentemente deixa o saber de lado e valoriza apenas o trabalho físico, considerando o intelectual como algo menor, o CNPq vem com uma ótima notícia para 2011.

No próximo ano serão  2 mil bolsas a mais de mestrado e doutorado em comparação com o ano passado em um valor que varia de R$1,2 mil a R$ 2 mil reais, válidas somente para estudantes que não mantenham qualquer outro vínculo empregatício.

A novidade representa um aumento de cerca de 10% no número de bolsas nessas modalidades, já que atualmente 19.765 estudantes são beneficiados no total. O CNPq concede mais de 93 mil bolsas em diversos cursos, apoiando desde jovens pesquisadadores até pesquisadores altamente qualificados.

Sem dúvida, é uma forma de valorizar aqueles que escolhem estudar para, futuramente, no exercício da docência universitária, formarem outros profissionais capacitados e conscientes da sua função no mundo e na sociedade.

Que em 2012 sejam concedidas ainda mais bolsas, pois o caminho para que a pesquisa e o desenvolvimento tecnológico cheguem no lugar por eles merecido ainda é bastante longo no Brasil.

Veja notícia publicada pela Agência Brasil:

CNPq ofertará 2 mil bolsas de mestrado e doutorado em 2011

Carolina Pimentel

Brasília – A partir de março de 2011, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) ofertará 2 mil bolsas de mestrado e doutorado. Os interessados devem solicitar a bolsa de estudos à coordenação do curso na universidade onde estuda.

O prazo de validade das bolsas é de dois anos para o mestrado, e de quatro anos para o doutorado, sem direito a prorrogação. O valor da ajuda financeira varia de R$ 1,2 mil a R$ 2 mil mensais, além do pagamento das taxas escolares.

Para solicitar a bolsa de estudo, o candidato precisa atender aos requisitos exigidos pelo CNPq, como estar matriculado em curso de pós-graduação e não ter vínculo de emprego.

Do total das novas bolsas, 30% foram reservados aos candidatos das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Atualmente, o CNPq tem 19.765 bolsistas de mestrado e doutorado. As informações sobre as bolsas podem ser obtidas na página do CNPq na internet.

Leia mais em Educação Política:

KASSAB PROÍBE DOAÇÕES DO PÚBLICO A ARTISTAS DE RUA, É O PÚBLICO CAMINHANDO EM DIREÇÃO AO PRIVADO
SÃO PAULO: A CIDADE DOS MORADORES DE RUA E DAS CASAS VAZIAS
CENAS INESPERADAS SURGEM NA PAISAGEM DA CIDADE DE SÃO PAULO PELAS LENTES DE UM GRUPO DE FOTÓGRAFAS
GARGALO DA EDUCAÇÃO: METADE DOS PROFESSORES DE ESCOLAS PÚBLICAS EM SÃO PAULO SOFRE DE ESTRESSE, DIZ APEOESP

3 respostas em “BOA NOTÍCIA PARA A PESQUISA NO BRASIL: CNPq ANUNCIA AUMENTO DE 10% NO NÚMERO DE BOLSAS DE MESTRADO E DOUTORADO PARA 2011”

[…] Além disso, o CNPq que durante a era FHC diminuiu consideravelmente o número de bolsas e o apoio à pesquisa de forma geral e viveu momentos críticos, hoje atravessa uma ótima fase na qual o investimento em pesquisa só cresce junto com a oferta do número de bolsas de mestrado e doutorado, como já noticiado aqui no Educação Política. […]

Curtir

Comentários encerrados.