Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

Arquivos Diários: 21 dezembro, 2010

INVESTIMENTOS EM EDUCAÇÃO CRESCEM APENAS 0,2% AO ANO E O VALOR DESTINADO AO SETOR PARA 2011 É INSUFICIENTE, DIZ CNTE

Educação: é preciso investir!

A educação sem dúvida é um dos temas que mais dominam os debates e as campanhas eleitorais. No entanto, uma vez passada a disputa, o assunto é tratado da mesma forma de sempre. Para o ano de 2011, prevê-se cerca de 7% do PIB (Produto Interno Bruto) para serem investidos em educação, ou seja, manteve-se o tradicional aumento de 0,2% ao ano nos investimentos no setor.

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) já fez um alerta para a insuficiência do valor, que segundo o presidente da organização, não é capaz de suprir a demanda atual. Os resultados são os de sempre: professores mal pagos, infraestrutura precária, alunos desmotivados, professores e demais funcionários estressados e todos os outros indicadores de um ensino que cada vez mais vai se distanciando da oferta de conhecimento com qualidade.

O problema da educação pública no Brasil não é simples, mas a solução começa aumentando os investimentos para o setor, pois, infelizmente, a realidade mostra que para resolver certos problemas não basta boa vontade!

Veja matéria publicada no site da Rede Brasil Atual:

7% do PIB para o setor é insuficiente, alerta CNTE
Valor foi proposto no Plano Nacional de Educação (PNE), que será votado em 2011

Jorge Américo

Nesta quarta-feira (16), o governo entregou ao Congresso Nacional o Plano Nacional de Educação (PNE), que prevê o investimento de 7% do PIB (Produto Interno Bruto) no setor. A verba do orçamento destinada à educação sobe apenas 0,2% ao ano desde 2005. O presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Roberto Franklin de Leão, considera a nova meta insuficiente para atender a demanda atual.

“Esse ritmo precisa ser aumentado se o país quiser, em um curto espaço de tempo, atingir o nível de outros países desenvolvidos quando se fala em educação. Eu considero bom, importante, mas a perspectiva do movimento social e dos trabalhadores em educação no Brasil é de um aumento para 10% do PIB e os 50% do fundo do pré-sal para a educação.”

O PNE será votado em 2011 e as metas deverão ser cumpridas em 10 anos. O Ministério da Educação, responsável pela elaboração do Plano, anunciou que a valorização dos professores será a prioridade para o próximo período. Para Roberto, as propostas de melhorias devem ser ampliadas. (Texto Completo)

Leia mais em Educação Política:

DEPOIMENTO DE ALUNO DO PROUNI MOSTRA ORGULHO E SATISFAÇÃO EM FAZER PARTE DO PROGRAMA
LEI DE RESPONSABILIDADE EDUCACIONAL É ÓTIMA IDEIA, MAS PODE TRANSFORMAR A VIDA DOS PROFESSORES EM UM INFERNO
BOA NOTÍCIA PARA A PESQUISA NO BRASIL: CNPq ANUNCIA AUMENTO DE 10% NO NÚMERO DE BOLSAS DE MESTRADO E DOUTORADO PARA 2011
EM UM CONTEXTO ONDE A CULTURA ESTÁ DISTANTE DA POPULAÇÃO, SUMARÉ CONCENTRA INVESTIMENTOS EM BIBLIOTECAS E EM PROJETOS DE INCENTIVO À LEITURA
%d blogueiros gostam disto: