Categorias
AGÊNCIA EP NOTÍCIA

DILMA ACERTA AO MANTER O FOCO NA INFÂNCIA PARA ACABAR COM A MISÉRIA NO BRASIL, DIZ ECONOMISTA

O governo Lula já avançou de forma considerável no combate à miséria no Brasil. Um problema tão delicado, tão profundo, tão difícil que Lula enfrentou de frente, ao contrário de outros governantes que, assim como faz a maior parte da população, preferiam fingir que o problema não existia. Sempre é bom lembrar que a miséria ainda persiste em grande parte do nosso país, reduzindo o ser humano à situações de total falta de dignidade.

No entanto, algo já começou a ser feito e o governo Dilma sinaliza que o combate à miséria vai continuar sendo uma das principais bandeiras e com mais um ponto positivo. Dilma quer concentrar o combate à miséria na infância, voltando as atenções para aqueles que representam o futuro. Nada mais importante e essencial, uma atitude elogiada pela economista Sônia Rocha, autora do livro Pobreza no Brasil: Afinal, de Que Se Trata?, que considera o ato de cuidar das crianças como “o melhor caminho para romper o círculo vicioso da pobreza”.

Dilma quer combater a miséria com foco na criança

Uma atitude, ao mesmo tempo, difícil que revela a segurança de Dilma e a certeza de seus objetivos. Cuidar da infância faz parte das medidas antipobreza mais eficientes, como lembra a economista em entrevista concedida à Agência Brasil, e por ser mais eficaz leva mais tempo, não é tão popular, pois tem custos mais altos, não rende tantos retornos políticos e tem uma operacionalização mais delicada.

A infância há muito vem sendo abandonada pelos sucessivos governos. Fala-se muito em previdência, oportunidades para os jovens, impostos, dentre outros temas que são extremamente importantes, no entanto, as crianças, as imagens do futuro, são frequentemente esquecidas.

Esse esquecimento tem se dado em todas as áreas, não só quando se trata de pobreza, mas também quando se fala em publicidade, conteúdo televisivo, direitos, educação, etc. Ao trazer a infância para o centro do debate em torno do combate à miséria, Dilma recupera a importância da criança e lembra que se elas tiverem oportunidades, educação, acesso à cultura e toda uma proteção legal que lhes é devida, o futuro terá cidadãos mais conscientes, aptos a conseguir um bom emprego, maduros para estruturar uma boa família, dignos para ajudar a construir um país melhor.

Para alguns pode parecer até óbvio falar que para combater a miséria é preciso ter a infância como foco, o fato é que esse tipo de senso comum dificilmente é colocado em prática e as crianças seguem sendo, para muitos governantes de plantão, mais propaganda do que conteúdo!

Veja texto da entrevista publicada no site da Agência Brasil com a economista Sônia Rocha.

Leia mais em Educação Política:

INVESTIMENTOS EM EDUCAÇÃO CRESCEM APENAS 0,2% AO ANO E O VALOR DESTINADO AO SETOR PARA 2011 É INSUFICIENTE, DIZ CNTE
LIVROS FICAM MAIS PRÓXIMOS DOS TRABALHADORES COM A INSTALAÇÃO DE MINIBIBLIOTECAS EM FÁBRICAS DA REGIÃO DO ABC
LEI DE RESPONSABILIDADE EDUCACIONAL É ÓTIMA IDEIA, MAS PODE TRANSFORMAR A VIDA DOS PROFESSORES EM UM INFERNO
EM UM CONTEXTO ONDE A CULTURA ESTÁ DISTANTE DA POPULAÇÃO, SUMARÉ CONCENTRA INVESTIMENTOS EM BIBLIOTECAS E EM PROJETOS DE INCENTIVO À LEITURA