Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

PROUST E A PAIXÃO POR UMA FRASE MUSICAL


No início, não apreciara senão a qualidade material dos sons emitidos pelos instrumentos. E isso já era um grande prazer quando, sob a pequena linha do violino, leve, resistente, densa e diretriz, ele percebera tentar se elevar repentinamente, numa ondulação líquida, a massa da parte do piano, multiforme, indivisível, plana e entrechocada como a malva agitação das ondas que o luar encanta e bemoliza. Mas num dado momento, sem claramente conseguir distinguir um contorno, dar um nome ao que o agradava, de repente encantado, ele tentara captar a frase ou a harmonia – ele mesmo não sabia – que passava e que lhe havia aberto ainda mais a alma, como certos odores de rosas circulando no ar úmido da noite têm a propriedade de dilatar nossas narinas. Talvez por não conhecer a música tenha podido vivenciar uma sensação tão confusa, uma dessas sensações como talvez sejam apenas as puramente musicais, inextensas, inteiramente originais, irredutíveis a qualquer outra espécie de sensação. Uma impressão desse tipo, por um instante, é por assim dizer sine materia. […] Dessa vez, distinguira claramente uma frase elevando-se por alguns instantes acima das ondas sonoras. Ela de imediato lhe sugeria volúpias especiais, das quais nunca suspeitara antes de ouvir, que não poderia vir a conhecer senão através dela, e sentira por ela uma espécie de amor desconhecido.
Proust, Um amor de Swann

Que neste Natal, a exemplo do que acontece com o personagem do escritor ícone do romantismo francês Marcel Proust, cada um de nós possa ser tomado por diferentes frases musicais, apaixonados por melodias, por palavras, pela poesia que nasce e corre em nossa realidade todos os dias. Que possamos notar os detalhes, ser felizes no presente, fazer o que pudermos pelos nossos sonhos e acreditar que cada um deles é tão possível e pleno quanto a beleza apreendida por qualquer obra de arte!
Nesta véspera de Natal, o Educação Política deseja a todos consciência sobre nossa realidade política, econômica e social, postura crítica e de vigilância e um espírito aberto para as infinitas e mágicas possibilidades de nossa existência!

Leia mais em Educação Política:

CONVERGÊNCIAS, A POESIA CONCRETA DE TCHELLO D’BARROS
EM UM CONTEXTO ONDE A CULTURA ESTÁ DISTANTE DA POPULAÇÃO, SUMARÉ CONCENTRA INVESTIMENTOS EM BIBLIOTECAS E EM PROJETOS DE INCENTIVO À LEITURA
UM POUCO DA PROSA REGIONAL E MODERNA DE A BAGACEIRA, DE JOSÉ AMÉRICO DE ALMEIDA
ADAPTAÇÃO DE KAFKA PARA O TEATRO APOSTA NO SILÊNCIO E NA ILUSÃO DAS MÁSCARAS PARA RETRATAR O SER HUMANO



4 Respostas para “PROUST E A PAIXÃO POR UMA FRASE MUSICAL

  1. Pingback: AS FORMAS, O MOVIMENTO, A SURPRESA DA POESIA CONCRETA « Educação Política

  2. Pingback: EM OUTRA VOLTA DO PARAFUSO, HENRY JAMES COMBINA A ARTE DE NARRAR E A DUALIDADE DAS QUESTÕES HUMANAS NA CONSTRUÇÃO DE UM BELO RELATO « Educação Política

  3. Pingback: LIVRO REÚNE OBRAS ARTÍSTICAS QUE RETRATAM O ABSINTO EM DIFERENTES ÉPOCAS « Educação Política

  4. Pingback: SERIA DRUMMOND O “FAZENDEIRO DO AR”? « Educação Política

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: