Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

Arquivos Diários: 12 janeiro, 2011

ESGOTO DOMÉSTICO É O PRINCIPAL POLUIDOR DAS FONTES DE ÁGUA DO BRASIL

O rio Verruga, na Bahia, está entre os que apresentaram os piores resultados

A água é um item imprescindível à sobrevivência do ser humano. No entanto, ao falar de água para consumo, não se trata de qualquer água e sim de água limpa, que não transmita doenças e que, de fato, seja benéfica para o organismo. É justamente na qualidade da água que mora o problema.

Recente pesquisa feita pela ONG SOS Mata Atlântica constatou que as fontes de água do Brasil estão cada vez mais poluídas prejudicando a saúde da população. Os dados revelam que 30% das fontes de água do país têm qualidade ruim ou péssima, como mostra notícia publicada no site da Agência Brasil.

Ao analisar as principais fontes de água do país em diferentes estados, a ONG constatou a existência de vermes, coliformes, larvas, lixo e pouco oxigênio na água. Mas o dado mais preocupante da pesquisa é que a origem da poluição das fontes de água não está nas indústrias e sim no esgoto doméstico, ou seja, a pesquisa aponta, em última instância, para a necessidade de investimento pesado por parte do governo Dilma e também dos próximos governos em saneamento básico. Um problema que não deveria existir no Brasil do século XXI.

Veja trecho da notícia publicada pela Agência Brasil:

SOS Mata Atlântica constata que 30% das fontes de água do país têm qualidade ruim ou péssima
Por Isabela Vieira

Rio de Janeiro – Pesquisa da organização não governamental (ONG) SOS Mata Atlântica mostra que as fontes de água no país estão cada vez mais poluídas e que, diante disso, a saúde da população corre risco. Ao analisar amostras de 43 corpos d’água, em 12 estados e no Distrito Federal, a ONG verificou que nenhuma amostra foi considerada boa ou ótima.

As análises foram feitas ao longo de 2010. Com base em parâmetros definidos pelo Ministério do Meio Ambiente, o estudo revela que em 70% das coletas feitas em rios, córregos, lagos e outros corpos hídricos, a qualidade da água foi considerada regular. Em 25%, a qualidade era ruim e em 5%, péssima.

Em visitas a pontos de educação ambiental da ONG, foi avaliada a qualidade da água para consumo e concluiu-se que as águas precisam de tratamento para qualquer uso, seja para o consumo ou para indústria. Nos locais visitados, também foi constado que o principal agente de poluição é o esgoto doméstico.

Indicadores da falta de saneamento básico, como a presença coliformes, larvas e vermes, lixo e baixa quantidade de oxigênio na água, além de dez propriedades físico-químicas foram testadas pela ONG. Das 43 coletas analisadas, o pior resultado foi a do Rio Verruga, em Vitória da Conquista (BA), e a do Lago da Quinta da Boa Vista, no Rio. (Texto Completo)

Leia mais em Educação Política:

MORAR CARIOCA PRETENDE URBANIZAR 215 COMUNIDADES ATÉ 2020
FALTA SANEAMENTO BÁSICO NO PAÍS DAS TVS E TELEFONES
ONU DIZ QUE GOVERNO LULA REDUZIU POPULAÇÃO EM FAVELAS E ISSO É UMA EFICIENTE POLÍTICA INTEGRADA DE SEGURANÇA, SAÚDE E EDUCAÇÃO
PESQUISADORA É PERSEGUIDA APÓS DIVULGAR RELATÓRIO COM IRREGULARIDADES EM OBRA DO EMPRESÁRIO EIKE BATISTA
%d blogueiros gostam disto: