Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

COM A RETOMADA DA REFORMA AGRÁRIA, GOVERNO PRETENDE ASSENTAR AS CERCA DE 200 MIL FAMÍLIAS ACAMPADAS NO PAÍS

De volta!

Para o MST, a retomada da reforma agrária como ponto de discussão pelo governo Dilma representou um marco na história recente da luta pela terra. Depois de uma intensa semana de pressão e manifestação dos trabalhadores rurais em Brasília e em outras regiões do país, o governo decidiu liberar, de imediato, R$ 400 milhões para compra de terras pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e preparar um programa de assentamentos com metas para os próximos três anos.

Segundo líderes da reforma agrária, o crédito suplementar ao Incra vai ajudar, pelo menos, 20 mil famílias. Já o programa de assentamentos pretende, segundo a presidente Dilma, assentar, de forma qualificada e definitiva, entre 2012 e 2014, as cerca de 200 mil famílias acampadas atualmente no país.

Além disso, deve ser anunciada a recém-criada Bolsa Verde, projeto do governo federal que funcionará de forma similar ao Bolsa Família oferecendo um pagamento periódico a pequenos agricultures que preservarem a vegetação de suas propriedades. Estima-se que mais 15 mil famílias serão beneficiadas.

Uma série de outras questões ainda estão sendo discutidas entre governo e os trabalhadores rurais, como mostra reportagem publicada pela Carta Maior:

Pressionado, governo Dilma anuncia retomada da reforma agrária
Por Najla Passos

Depois de uma semana de intensa pressão de milhares de camponeses acampados em Brasília, Palácio do Planalto diz que vai lançar programa de assentamentos para 2012-2014 e liberar R$ 400 milhões para o Incra imediatamente. “Vocês conseguiram recolocar a reforma agrária no centro da pauta de discussão do governo Dilma”, diz ministro Gilberto Carvalho. “Esta semana foi um marco histórico”, afirma MST.

BRASÍLIA – Pressionado durante toda a semana por milhares de trabalhadores rurais acampados em Brasília e em manifestações pelo país, o governo aceitou retomar a reforma agrária. Vai preparar um programa de assentamentos com metas para os próximos três anos. E liberar, de imediato, R$ 400 milhões para compra de terras pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

As medidas foram anunciadas na noite desta sexta-feira (26/08) pelo ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, após horas de negociações com lideranças da Via Campesina, que promovou a mobilização.

Principal interlocutor do Palácio do Planalto junto aos movimentos sociais, o ministro foi até o acampamento central improvisado por cerca de 4 mil camponeses, para fazer o anúncio. “Vocês conseguiram recolocar a reforma agrária no centro da pauta de discussão do governo Dilma”, disse Carvalho aos sem-terra.

Durante a semana, as principais entidades que lutam por terra no país promoveram mobilizações na capital federal e em diversos estados. Em Brasília, ocuparam o Ministério da Fazenda, participaram de passeatas e se reuniram com representantes de 11 ministérios. (Texto completo)

Leia mais em Educação Política:

O ESTADO DE S.PAULO MANIPULA DADOS PARA FABRICAR UMA SUPOSTA CRISE DO MST E FRAGILIZAR MOVIMENTOS SOCIAIS NO CAMPO
EDUCAÇÃO DE JOVENS EM ÁREAS RURAIS ESTÁ AMEAÇADA PELO FECHAMENTO DE ESCOLAS E FALTA DE MATERIAL DIDÁTICO
REFORMA AGRÁRIA NO BRASIL É FEITA COM ESMOLA; RURALISTAS EMBOLSAM 25 VEZES O VALOR REPASSADO A COOPERATIVAS DE ASSENTADOS
ALÉM DO COMBATE À CORRUPÇÃO, GOVERNO DILMA PARECE QUERER SE FIRMAR TAMBÉM PELO DIÁLOGO COM OS MOVIMENTOS SOCIAIS

Uma resposta para “COM A RETOMADA DA REFORMA AGRÁRIA, GOVERNO PRETENDE ASSENTAR AS CERCA DE 200 MIL FAMÍLIAS ACAMPADAS NO PAÍS

  1. Pingback: MAIS DE 100 MIL ASSENTADOS IRREGULARES JÁ FORAM EXCLUÍDOS PELO INCRA DO PROGRAMA NACIONAL DE REFORMA AGRÁRIA « Educação Política

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: