Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

SANEAMENTO BÁSICO E COLETA DE LIXO CRESCEM NO PAÍS, MAS SERVIÇO DE ESGOTO NÃO CHEGA A CERCA DE 20% DA POPULAÇÃO

Segundo dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), o abastecimento de água já chega a 97,2% da população nacional, já o sistema de esgotamento sanitário não chega a cerca de 20% da população

Da Agência Brasil

Crescem índices de distribuição de água, tratamento de esgoto e coleta de lixo nas cidades
Por Lourenço Canuto

Brasília – As ligações de distribuição de água, os sistemas de esgotamento sanitário e a coleta de lixo cresceram no país entre 2008 e 2009. Baseado em coleta de dados do Ministério das Cidades, o Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS) identificou 1,6 milhão novos usuários do serviço de abastecimento de água, o que corresponde a um aumento de 16,6 mil quilômetros nas redes de distribuição em todo o país.

O esgotamento sanitário teve 1,1 milhão de novas ligações no período, quando foram instalados 16,5 mil quilômetros de novas redes de escoamento. O volume de esgoto tratado no país, atualmente, chega a 237 milhões de metros cúbicos.

Houve, no período avaliado, elevação de 215 milhões de metros cúbicos na produção de água, mas o consumo ficou em apenas 25% desse potencial, equivalente a 53,9 milhões de metros cúbicos.

Em 2009, o abastecimento de água beneficiou 4.891 municípios e o sistema de esgotamento sanitário, 2.409 municípios. Os números correspondem a 97,2% e a 81,5% do total da população urbana do país, respectivamente em relação à rede de abastecimento de água e à de esgoto.

Houve também aumento da cobertura do serviço regular de coleta domiciliar de resíduos sólidos, equivalente a 93,4%. A destinação final totalizou o montante de 24,9 milhões de toneladas de resíduos domiciliares e públicos. Foram despejados em aterros sanitários 16,2 milhões de toneladas, mais 5,9 milhões de toneladas para aterros controlados, 1 milhão de toneladas para unidades de triagem e de compostagem e 1,8 milhões de toneladas foram depositadas em lixões.

O maior índice de atendimento total com abastecimento de água encontrado foi encontrado em Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, São Paulo, no Paraná e no Distrito Federal. Nenhuma unidade da Federação ficou na faixa de menor índice, ou seja, com índice menor que 40% de atendimento total de água. (Texto completo)

Leia mais em Educação Política:

EM UM ANO, 600 MILHÕES DE SACOLAS PLÁSTICAS DEIXARAM DE SER CONSUMIDAS PELA POPULAÇÃO NO RIO DE JANEIRO
MALEITA MOBILIZA CIENTISTAS NA AMAZÔNIA EM BUSCA DE RESPOSTAS PARA O ENIGMA DO MOSQUITO TRANSMISSOR
AUMENTA O NÚMERO DE DESASTRES NATURAIS E A POPULAÇÃO POBRE CONTINUA NO EPICENTRO DA QUESTÃO
NA SOCIEDADE DO CULTO AO DESCARTÁVEL, QUANTIDADE DE LIXO AUMENTA MAIS QUE CRESCIMENTO DA POPULAÇÃO

8 Respostas para “SANEAMENTO BÁSICO E COLETA DE LIXO CRESCEM NO PAÍS, MAS SERVIÇO DE ESGOTO NÃO CHEGA A CERCA DE 20% DA POPULAÇÃO

  1. Pingback: DESENVOLVIMENTO EM QUESTÃO: MORADORES SÃO VÍTIMAS DA POLUIÇÃO CAUSADA POR SIDERÚRGICA NA BAÍA DE SEPETIBA (RJ) « Educação Política

  2. Pingback: PASTOS OCUPAM MAIS DE 60% DA ÁREA DESMATADA NA AMAZÔNIA ENQUANTO AS ÁREAS AGRÍCOLAS CHEGAM APENAS A 5% « Educação Política

  3. Pingback: MINISTRO DEFENDE ANISTIA PARA DESMATADORES E ACENDE MAIS UM FOCO DE TENSÃO NO AMBIENTE POLÍTICO « Educação Política

  4. Pingback: A FALTA DE UMA POLÍTICA ESTADUAL DE SANEAMENTO BÁSICO PODE DEIXAR SÃO PAULO EM UM “APAGÃO DA ÁGUA” « Educação Política

  5. Pingback: APESAR DE QUEDA COM RELAÇÃO A SETEMBRO PASSADO, ÁREA DESMATADA DA AMAZÔNIA AUMENTA NA COMPARAÇÃO COM AGOSTO « Educação Política

  6. Pingback: FIM DAS SACOLINHAS PLÁSTICAS NO COMÉRCIO É PRIMEIRO PASSO PARA REPENSAR SISTEMA DE COLETA DE LIXO NAS CIDADES « Educação Política

  7. Luis Felippe 30 janeiro, 2012 às 11:03 pm

    É bom saber que o tema vem sendo bem difundido, porém os projetos de coleta e tratamento de esgoto e lixo nos municípios deveriam ter participação, na fiscalização, de organismos da sociedade civil, visto que paralelamente deveriam existir projetos de educação ambiental e o que eu vejo, pelo menos em meu município, é que o governo está “andando” para isso e se não fosse uma dúzia de pessoas bem intencionadas o quadro estaria bem pior. Espero que até 2030, ainda exista a Lagoa de Araruama e todas as outras que formam a Região dos Lagos, assim como todas as Lagoas e Lagunas do Brasil que estão virando uma Foça a céu aberto.

    Curtir

  8. Pingback: EM POUCO MAIS DE CINCO MINUTOS, UMA MENINA DISCURSA NA ONU E DIZ AOS ADULTOS: “SE VOCÊS NÃO PODEM FAZER NADA EM DEFESA DO MEIO AMBIENTE, ENTÃO, PAREM DE DESTRUÍ-LO” « Educação Política

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: