Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

EM DEFICIT COM A SOCIEDADE: CERCA DE 60 MILHÕES DE PROCESSOS DEIXARAM DE SER RESOLVIDOS PELO JUDICIÁRIO NO ANO PASSADO

Por que será que não diminui?

Ineficiência ou parcialidade? Cada vez mais, a sociedade – ou pelo menos boa parte dela- se dirige a um poder que a representa sem de fato a representar. É como se a última falasse sozinha e o judiciário falasse apenas com quem lhe interessa.

Prova disso são os resultados do relatório Justiça em Números, divulgado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Dentre outras coisas, o relatório mostra que 70% de um total de 84,3 milhões de processos judiciais que tramitaram em 2010 nos tribunais da Justiça Federal e Estadual e nos da Justiça do Trabalho ficaram sem solução.

Veja texto sobre o assunto publicado pela Agência Brasil:

Quase 60 milhões de processos judiciais ficaram sem solução em 2010
Por Roberta Lopes

Brasília – Quase 60 milhões de processos que tramitavam na Justiça Federal em 2010 não foram solucionados. O número corresponde a praticamente 70% do total de 84,3 milhões de processos em tramitação no Judiciário no ano passado. Os dados fazem parte do relatório Justiça em Números, divulgado hoje (29) pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Os números referem-se aos tribunais da Justiça Federal e Estadual e aos da Justiça do Trabalho.

Os números também mostram que o maior percentual de processo não resolvidos está na Justiça Estadual, que acumula 72% de processos sem solução.

A maior parte dos processos não resolvidos está na área de execuções fiscais, com um taxa de contingenciamento de 91%, no primeiro grau.

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Cezar Peluso, admitiu que o Judiciário está com deficit em relação à necessidade da sociedade. “Esses números não deixam dúvida de que há uma diferença entre as demandas da sociedade e a capacidade do Judiciário de resolver os assuntos. Temos várias causas, entre elas, o sistema de recursos.”

Do total de 84,3 milhões em 2010, 24,2 milhões foram processos novos. Esse número é menor do que o registrado em 2009, quando a Justiça Federal recebeu 3,4 milhões de processos em comparação a 2010, quando foram recebidos 3,2 milhões (6,1% a menos). Desde 2004, não havia uma queda no número de novos processos.

A Justiça Estadual e a Justiça Trabalhista também receberam uma quantidade menor de novos processos em 2010 na comparação com 2009. Foram, respectivamente, 3,5% e 3,9%. Na Justiça de 1º grau, a queda foi maior, 5% em 2010. (Texto completo)

Leia mais em Educação Política:

GILMAR MENDES DEVERIA IR EMBORA DO STF: NOS ESTADOS UNIDOS ATÉ A BELA DARYL HANNAH É ALGEMADA
MORTE DA JUÍZA PATRÍCIA ACIOLI MOSTRA QUE BRASIL PRECISARÁ DE 100 ANOS PARA SE LIVRAR DO DANO CAUSADO PELA DITADURA
PARA ANISTIA INTERNACIONAL, MORTE DE JUÍZA NO RIO DE JANEIRO EXPÕE “OS PROFUNDOS PROBLEMAS DE CORRUPÇÃO POLICIAL” E O AVANÇO DO “CRIME ORGANIZADO” NO ESTADO
CARDOZO É UM NOVO GILMAR MENDES, NÃO QUER ALGEMAS PARA BANDIDO RICO QUE ROUBA A POPULAÇÃO BRASILEIRA

2 Respostas para “EM DEFICIT COM A SOCIEDADE: CERCA DE 60 MILHÕES DE PROCESSOS DEIXARAM DE SER RESOLVIDOS PELO JUDICIÁRIO NO ANO PASSADO

  1. BARRETO 5 setembro, 2011 às 10:21 pm

    Imagine só… com 60 milhões de processos mal resolvidos ou parados, o mundo na expectativa de um aprofundamento da crise econômica internacional, e como se ainda estes fatos não tivessem importância, vem o Judiciário inoportunamente pleitear um aumento de 14,79% para os magistrados e de 56% para os servidores…Mas Será o Benedito?

    Curtir

  2. Pingback: MINISTROS DO STJ NÃO QUEREM SE EXPOR EM TEMAS POLÊMICOS E RESISTEM À TRANSMISSÃO DAS SESSÕES AO VIVO PELA INTERNET « Educação Política

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: