Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

Arquivos Diários: 10 setembro, 2011

CHIMAMANDA ADICHIE: “NÃO HÁ UMA ÚNICA HISTÓRIA”

Neste vídeo, a escritora nigeriana Chimamanda Adichie fala de forma emocionada, lúcida e coerente sobre a sua própria história, desfiando as várias outras histórias que fizeram parte dela e que, aos poucos, foram tecendo a sua personalidade e forma de ver o mundo e as coisas.

O vídeo de Chimamanda mostra como qualquer tipo de preconceito ou estereótipo pode ser extremamente perigoso quando se conhece apenas ele e não o outro lado das coisas, das pessoas, da história. A precisão e graça de sua fala revelam que nunca existe apenas uma única versão para os fatos, as coisas são acima de tudo construções de discursos, sentidos, sensações. A variedade de formas e discursos é tão vasta quanto os interesses e pontos de vista dos seres humanos.

No entanto, ela lembra que ao construir uma história ou ao lançar um olhar peculiar sobre uma realidade dizendo ser ela isto e não aquilo, aos poucos, corre-se o risco de ver aquela realidade se transformando de fato naquilo que se imaginou ou se disse a respeito dela. Assim, se eu digo que um povo é inferior ao outro e insisto nessa ideia e essa ideia é a única vista e ouvida à respeito daquele povo e se, com o passar do tempo, todos insistem nessa ideia, aquele povo primeiro se sente de fato como inferior e, depois, se a única história continua, ele realmente se torna inferior.

Daí a importância das várias histórias, de conhecer os diversos olhares. Reside aí a riqueza do homem em poder contar as suas histórias, reside aí a sabedoria de olhar para o outro sem pré-conceitos, despindo-se de si mesmo e atingindo, como diz Chimamanda, uma espécie de paraíso na terra.

Veja mais em Educação Política:

A SABEDORIA DE DARCUS HOWE E OS CONFLITOS EM LONDRES
QUANDO SENTIDOS E DESEJOS VIRAM MERCADORIA: 1,99 UM SUPERMERCADO QUE VENDE PALAVRAS
DE ONDE VÊM AS BOAS IDEIAS?
EXPERIÊNCIA BOOK: ESTARÁ O LIVRO IMPRESSO TÃO ULTRAPASSADO ASSIM?
%d blogueiros gostam disto: