Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

ESTUDANTES OCUPAM BRASÍLIA EM DEFESA DE MAIS RECURSOS PARA A EDUCAÇÃO E PARA GARANTIR DINHEIRO DO PRÉ-SAL PARA O SETOR

Da Agência Brasil

Estudantes em luta pela educação

Brasília – Acampados em barracas de camping, no gramado em frente ao Congresso Nacional, pouco mais de 150 estudantes prometem fazer um dia de manifestações na Esplanada dos Ministérios. Eles vão se unir a representantes de todo o Brasil para defender que, no mínimo, 10% do Produto Interno Bruto (PIB) sejam investidos em educação. A meta deve ser incluída no Plano Nacional de Educação (PNE).

A presidente da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), Manuela Braga, disse que o protesto de hoje quer promover uma discussão sobre a necessidade de melhorar a educação no país. Segundo ela, o caminho é incentivar o ensino técnico e ampliar as vagas nas universidades públicas.

“Nossas principais bandeiras são a ampliação da escola técnica e de universidades, a melhoria na forma de acesso no vestibular e a concessão do passe livre e da meia-entrada em eventos para os estudantes. A gente não consegue realizar nossas metas com menos de 10% do PIB na educação. Não vamos abrir mão desses direitos”, disse Manuela Braga.

O movimento, chamado Ocupe Brasília, é organizado pela União Nacional dos Estudantes (UNE) e inspirado ações internacionais como o Ocupe Wall Street, em que a população protesta contra os impactos da crise financeira. Para o presidente da entidade, Daniel Iliescu, a manifestação quer o apoio da sociedade para garantir mais recursos para a educação no país.

“Queremos chamar a atenção da sociedade brasileira, pressionar os parlamentares e o governo federal em relação a alguns temas que esta semana terão seu destino decidido e que influenciam diretamente a vida dos estudantes e da juventude do país. Precisamos ficar atentos e exigir nossos direitos”, disse Iliescu.

O projeto de lei que cria o Plano Nacional de Educação (PNE), no período de 2011 a 2020, foi enviado pelo governo federal ao Congresso em 15 de dezembro de 2010. O novo PNE apresenta dez diretrizes objetivas e 20 metas, além de estratégias específicas de concretização para o setor.

Edição: Talita Cavalcante//Matária atualizada às 12h54.

Leia mais em Educação Política:

VEJA OS ESTADOS QUE CUMPREM E OS QUE DESCUMPREM O MÍNIMO EXIGIDO POR LEI PARA PROFESSORES DE ESCOLAS PÚBLICAS DO BRASIL
O SALÁRIO CONTINUA O MESMO, MAS A SITUAÇÃO DO PROFESSOR MUDOU NO SÉCULO 21
INDISCIPLINA É PROBLEMA DO ESTADO E NÃO DO PROFESSOR
MUNICÍPIOS MUITO RICOS INVESTEM EM TIMES DE FUTEBOL E CLUBES NA LIGA DE VÔLEI ENQUANTO A EDUCAÇÃO PERMANECE COM ÍNDICES BAIXOS

3 Respostas para “ESTUDANTES OCUPAM BRASÍLIA EM DEFESA DE MAIS RECURSOS PARA A EDUCAÇÃO E PARA GARANTIR DINHEIRO DO PRÉ-SAL PARA O SETOR

  1. Pingback: EDUCAÇÃO PARA TODOS: 195 MIL ESTUDANTES PODERÃO RECEBER BOLSA DO PROUNI NO 1º SEMESTRE DE 2012 « Educação Política

  2. Pingback: USP LIDERA RANKING DAS UNIVERSIDADES QUE MAIS FORMAM DOUTORES NO MUNDO, MAS BUSCA PELA QUALIDADE CONTINUA « Educação Política

  3. Pingback: PAULO FREIRE É DECLARADO PATRONO DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA « Educação Política

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: