Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

ELE NÃO DESISTE: SERRA DIZ QUE PARTICIPARÁ DAS PRÉVIAS DO PSDB PARA A PREFEITURA DE SÃO PAULO

O persistente

O tucano José Serra parece sofrer de uma espécie de compulsão pelo poder. Depois de intensas tentativas para ser presidente da república, o que inclui, cenas e mais cenas junto ao “povo” brasileiro para passar (de forma artificual e forçada) uma imagem de homem popular que ele definitivamente não tem, o notável personagem da privataria tucana decidiu, depois de alguma enrolação, comunicar oficialmente o que muitos já sabiam: a sua pré-candidatura à prefeitura da cidade de São Paulo.

Oficialização previsível para alguém como Serra que não consegue ficar muito tempo longe do poder e das luzes ou sombras que este traz. Não é difícil chegar a essa constatação e também não é leviano fazê-la já que o comportamento de Serra em todas as disputas eleitorais em que entra já fala por si só. O tucano simplesmente não conhece limites para estar onde ele adora estar: no lugar mais alto do poder.

Foi justamente essa vontade de subir no escalão do poder que fez com que Serra simplesmente abandonasse o cargo de prefeito, como fez em 2006, para concorrer ao governo do estado. Portanto, ele terá que convencer a população de que não usará novamente o posto na prefeitura como simples plataforma para disputar outras eleições em nível estadual ou federal.

Na análise do cientista político Celso Roma em notícia publicada pela Carta Capital, a entrada de Serra na disputa dificulta as chances do PT de conquistar a prefeitura da maior cidade do país e, com isso, evitar a polarização do poder nas administrações municipal e estadual.

Veja trecho da notícia sobre o assunto:

Serra oficializa pré-candidatura à prefeitura
Por Redação Carta Capital

O ex-governador José Serra oficializou na manhã desta segunda-feira 27, pelo seu perfil no Twitter, sua participação nas prévias do PSDB para a prefeitura da cidade de São Paulo. “Hoje comunicarei por escrito à direção do PSDB de São Paulo minha disposição de disputar a prefeitura de SP”, disse.

O fato já havia sido antecipada pelo atual governador de São Paulo Geraldo Alckmin, no domingo 26. Em reunião realizada no Palácio dos Bandeirantes , o governador avisou o secretário estadual José Aníbal (Energia) e deputado Ricardo Tripoli, pré-candidatos do partido, e pediu a eles que permitissem o adiamento das prévias – prevista inicialmente para 4 de março – para que Serra possa se inserir no processo, conforme demonstrou interesse nesta manhã: “sempre fui favorável às prévias para a escolha do candidato a prefeito do PSDB. E delas pretendo agora participar”.

Os dois pré-candidatos concordam com a entrada do ex-governador, mas discordam do adiamento da data. Tripoli argumenta que já assumiu compromissos com seus eleitores. Os pré-candidatos e secretários Bruno Covas (Meio Ambiente) e Andrea Matarazzo (Cultura) já concordaram em desistir da canditatura para apoiar Serra.

Na sexta-feira 24, Serra decidiu que queria entrar na disputa, em reunião com Alckmin e o prefeito de São Paulo Gilberto Kassab. Há pouco tempo, o tucano havia dito que não participaria da disputa. Mas, com a possível aproximação entre o PT e PSD e a ameaça de Fernando Haddad (PT) conquistar a prefeitura da maior cidade do país, Serra sinalizou uma mudança de trajeto. (Texto completo)

Leia mais em Educação Política:

USP LIDERA RANKING DAS UNIVERSIDADES QUE MAIS FORMAM DOUTORES NO MUNDO, MAS BUSCA PELA QUALIDADE CONTINUA
SERRA NO BANDEJÃO: QUANDO UMA IMAGEM VALE MAIS QUE MIL PALAVRAS…
TUCANODUTO DE FURNAS JÁ TEM ATÉ GRÁFICO COM AS PORCENTAGENS DOS GRUPOS DE SERRA, AÉCIO E ALCKMIN, QUE DISPUTAM A HEGEMONIA DO PARTIDO
HUMOR: PRIVATARIA TUCANA CHEGA ÀS TELAS DE CINEMA COM ROTEIRO COMPLEXO QUE ENVOLVE MÍDIA E POLÍTICA

2 Respostas para “ELE NÃO DESISTE: SERRA DIZ QUE PARTICIPARÁ DAS PRÉVIAS DO PSDB PARA A PREFEITURA DE SÃO PAULO

  1. Rodrigo 29 fevereiro, 2012 às 11:00 am

    “Certo” ele.
    Se vem conseguindo sucesso na eleição para os cargos de Prefeito e Governador, por que abriria mão da disputa?
    Marta não queria, também?
    Cada um defende suas pretensões como pode.

    Curtir

  2. Pingback: PRÉ-CANDIDATO PETISTA À PREFEITURA DE SÃO PAULO, FERNANDO HADDAD DIZ QUE MUITO TRABALHO SERÁ PRECISO PARA ROMPER A HEGEMONIA DO PSDB EM SÃO PAULO « Educação Política

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: