Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

ESPIONAGEM GENERALIZADA E BARATA: EIS MAIS UMA HERANÇA INDIGESTA DA DITADURA, PROMOVIDA PELO GOLPE DE 1964

Espionagem, mais uma herança maldita da ditadura

A retomada da democracia brasileira com a eleição presidencial em 1989, quando Fernando Collor de Mello tornou-se presidente, é também o período em que se começa a perceber o estrado causado na sociedade brasileira pela ditadura que se abateu no país nos anos 60, 70 e 80.  Foram mais de 20 anos de arbitrariedade, violência e bárbarie, provocada pela associação entre a elite econômica, a elite midiática e seus operadores da violência, os militares.

A violência policial nas ruas da cidade é uma delas, mas há outra que se torna nos dias atuais ainda mais indigesta. A presenção de espiões trabalhando para empresas, partidos políticos e até, como se percebe no escândalo de corrupção do Senador Denóstenes Torres (DEM), para a grande mídia. Veja abaixo trecho de J.Carlos Assis, na Carta Maior. Assim como o fim do regime totalitário da URSS, que liberou uma grande quantidade de agentes da polícia secreta russa, o Brasil democrático deixou uma gama de espiões sem emprego, o que tem gerado um mercado barato e sofisticado de espionagem.

No Brasil, estamos assistindo estupefatos ao descortinamento do conúbio inacreditável entre mídia e crime organizado: gravações feitas pela Polícia Federal com autorização da Justiça revelam que a maior revista do pais, “Veja”, teria sido regularmente pautada por bandidos que usam espiões privados, alguns egressos do antigo SNI, para muitas vezes forjar escândalos. Note-se que o SNI, Serviço Nacional de Informações, foi extinto por Collor anos atrás, e seus espiões, assim como os soviéticos, foram deixados à solta no mundo para quem pagasse melhor.

Em relação à “Veja” havia outros indícios de utilização de espiões, como tem sido bem documentado pelos jornalistas Luís Nassif e Paulo Henrique Amorim. Com minha experiência de mais de 30 anos de jornalismo ativo, e tendo eu próprio sido um dos introdutores do jornalismo econômico investigativo na área econômica no início dos anos 80 – portanto, ainda sob a ditadura -, desconfio de reportagens com excesso de detalhes cronológicos, minuto a minuto – como recentemente fizeram com José Dirceu. Nenhum repórter consegue esses detalhes relativamente a fatos passados a não ser pela mão de um espião. Alguém os colhe, e a maioria que os colhe, colhe-os para vender.(Carta Maior)

Leia mais em Educação Política

POLiCIAL MILITAR APONTA ARMA E AGRIDE ESTUDANTE NA USP DO REITOR JOSÉ GRANDINO RODAS, INDICADO PELO PSDB
DITADURA E INTOLERÂNCIA: GRANDE MÍDIA BRASILEIRA CRIA MONSTROS E DEPOIS FICA SEM CONTROLE SOBRE ELES
SÓ A DEMOCRACIA PERMITE MANIFESTAÇÃO E COMBATE À CORRUPÇÃO
VOTO SECRETO PARA PARLAMENTAR SÓ É IMPORTANTE NA DITADURA

10 Respostas para “ESPIONAGEM GENERALIZADA E BARATA: EIS MAIS UMA HERANÇA INDIGESTA DA DITADURA, PROMOVIDA PELO GOLPE DE 1964

  1. Pingback: FESTINHA NA CASA DO DEMÓSTENES: SÓ GENTE FINA E MUITA GARGALHADA: “ESTOU FORA DO CRIME HÁ MUITOS ANOS”, DISSE CACHOEIRA AO GOVERNADOR « Educação Política

  2. Pingback: “REVISTA VEJA SE ASSOCIOU AO CRIME ORGANIZADO”, DIZ DEPUTADO FERNANDO FERRO. O LEITOR É CÚMPLICE OU LARANJA? « Educação Política

  3. Pingback: REPORTAGENS COM DENÚNCIAS SOMEM DAS CAPAS DA REVISTA VEJA APÓS PRISÃO DE QUADRILHA NA OPERAÇÃO MONTE CARLO DA PF « Educação Política

  4. Pingback: MINO CARTA: “ELES QUEREM QUE NADA MUDE, SE POSSÍVEL QUE REGRIDA” « Educação Política

  5. Pingback: BANDA PODRE DO PT IMPEDE INSTALAÇÃO DE CPIs E VAZA INFORMAÇÃO PARA IMPRENSA MARROM « Educação Política

  6. Pingback: VIVA O CHACRINHA!! O JORNAL ESTADÃO VEIO PARA CONFUNDIR E NÃO PARA EXPLICAR A OPERAÇÃO MONTE CARLO DA POLÍCIA FEDERAL « Educação Política

  7. Pingback: CPI DO CACHOEIRA PÕE PT NUMA ENCRUZILHADA: ENFRENTA A CONCENTRAÇÃO MIDIÁTICA OU COMPACTUA COM A BARBÁRIE DA ELITE CONTRA O POVO « Educação Política

  8. Pingback: POR ONDE ANDARÁ GILMAR MENDES, O MINISTRO DO SUPREMO QUE CONDENOU O ‘ESTADO POLICIAL’ JUNTO COM DEMÓSTENES TORRES? « Educação Política

  9. Pingback: BRASIL TEVE SEU HOLOCAUSTO DURANTE A DITADURA MILITAR: MILITANTES FORAM INCINERADOS EM FORNO DE USINA DE AÇÚCAR « Educação Política

  10. Pingback: O DIA EM QUE PAULO MALUF ENGOLIU LUÍZA ERUNDINA PELAS LENTES DE UM FOTÓGRAFO « Educação Política

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: