Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

QUE DIFERENÇA! KASSAB, INDICADO POR JOSÉ SERRA, TEM SÓ 22% DE APROVAÇÃO E DILMA, INDICADA POR LULA, TEM 77% DE APROVAÇÃO

Dilma, 77% de aprovação e Kassab, 76% de reprovação

A incapacidade de governo do PSDB é estrutural, ou seja, não é uma questão de um nome ou outro. O partido, que nasceu com aspiração social-democrata, tornou-se um partido que vai do neoliberalismo ao extremismo de direita, representado hoje por José Serra e Geraldo Alckmin, em São Paulo.


A questão do partido e seus aliados é tão estrutural que, mesmo quando está governando a mais rica cidade do país com o apoio da grande mídia, o grupo consegue ter uma péssima avaliação.
A avaliação de Kassab, que foi indicado e sustentado pelo PSDB da ala de José Serra, chega a ter um índice de 76% de péssimo, ruim e regular.

O problema não é o Kassab ou o Serra, mas a proposta política do partido que é a sustentação da desigualdade e a manutenção dos benefícios para classes já privilegiadas. O problema do PSDB é tentar resolver os dramas da sociedade mais desigual do mundo sem mexer em nada que afete a classe rica ou beneficie um pouco as classes mais baixas.

Na outra balança, tem a presidenta Dilma Rousseff, indicada por Lula e apoiada pelo PT, com 77% de aprovação. Assim como Kassab, Dilma pertencia a outro partido, o PDT, mas tem o compromisso de, negociando com a elite, tentar melhorar a vida do país. Uma simples diferença que o marketing político não pode apagar.

Veja mais em Educação Política:

4 Respostas para “QUE DIFERENÇA! KASSAB, INDICADO POR JOSÉ SERRA, TEM SÓ 22% DE APROVAÇÃO E DILMA, INDICADA POR LULA, TEM 77% DE APROVAÇÃO

  1. Rodrigo 25 julho, 2012 às 11:41 am

    Inicialmente, concordo que o PSDB, desde há muito, ainda não se recobrou do choque de ter perdido o poder.
    Em posição confortável, deixou-se levar pela onda e acabou não tendo seu pleito referendado nas urnas. Encontra-se perdido, com “muito cacique, pra pouco índio”. Tal qual o DEM, após a morte de ACM.
    As cabeças restantes não miram sua visão para uma única direção, cada um querendo ser o “rei do pedaço” e tomar posse do trono do rei posto.
    De outro lado, todo este tempo teve o PT para a estruturação de seu projeto de poder (mas não de governo), aliançando-se com todos os partidos vistos como necessários à consecução de suas intenções. Até Maluf e Collor são abraçados (não se podendo esquecer do custo político-economico de tais aliados), ainda que à custa de figuras de ímpar importância como Eduardo Suplicy (bravo, que ainda resiste nas trincheiras), aqueles que fundaram o PSOL e mesmo Erundina.
    Chegamos mesmo ao ponto de um líder usar o dom da fala, que sempre soube usar tão bem ao seu favor, para afirmar que até Jesus faria conchavos, caso voltasse à Terra no atual momento. Mas vimos o resultado (eu reiterando os votos de melhoras e que ele se livre em definitivo de tão terrível enfermidade) do mau uso da garganta…
    Bem estruturado e melhor organizado para o que quer, é capaz que a atual situação se sustente por muitos anos. De um lado um PT que sabe manter-se no poder e, de outro, o PSDB que não se deu conta ainda de como o perdeu e um DEM que mais parece uma hidra, sem qualquer de suas cabeças.
    Por fim, sempre nadando de braçada, sempre o PMDB, a sustentar todos os reis mortos e também prontamente os postos.
    Concordando com tanto, o único reparo que sugiro é que você, Glauco, não tente desqualificar o interlocutor tentando impor a pecha de nazista. Afinal, somos todos bem conscientes do impacto que a pecha “extrema direita” tem.
    Você usou tantos argumentos válidos, buscou silogismos, mas acaba desviando do foco ao tomar tal atitude.

    Curtir

    • Roberto de Aquino Neves 25 julho, 2012 às 8:09 pm

      O problema é bem menos complicado do que parece.Aliás, é por demais simples: A falta de apoio popular ao PSDB se resume ao fato de que embora a grande mídia tenha inventado 03 grandes mentiras para dar sustentação a este partido estas mentiras podem ser facilmente desmascaradas, como demonstrarei abaixo:
      A primeira grande mentira é que o plano Real teria sido uma conquista do governo de FHC. Todos sabemos porém que se trata de um plano econômico do governo Itamar Franco, que foi varrido para baixo do tapete da História, pela grande mídia.FHC era apenas seu ministro da fazenda.
      Isso serviu de gancho para a segunda grande mentira: que afirma ter sido FHC o pai do plano Real. Ora, o sujeito nem economista é; mas sociólogo ! O plano real, fora criado no Governo Itamar Franco, por intermédio dos economistas Gustavo Franco, P. Arida e outros. Cai por terra, portanto, a segunda grande mentira.
      A terceira grande mentira é que o governo Lula teria sido um governo de continuidade das grandes reformas realizadas no governo de FHC. Mas que reformas do PSDB seriam essas ?! O grande sociólogo não realizou uma única obra no país! Passou 8 longos anos nos quais os únicos atos que foram realizados foram as vendas de estatais a preço de banana, e pasmem, muitas delas foram vendidas com dinheiro em caixa! Desafio a qualquer um que aponte uma única obra do governo FHC, vez que, como demonstramos acima o plano real não fora obra de seu governo e muito menos tivera o mesmo qualquer participação no plano econômico que não tenha sido a simples assinatura no documento, como ministro da fazenda, pois o homem sequer é economista! Não há portanto uma única obra do governo do PSDB quando esteve na presidencia da república. Vender bens do estado a preço de banana também não pode ser considerada obra!Fica portanto a pergunta no ar: como o PSDB conseguira ficar 8 longos anos na Presidencia da República, sem fazer uma única obra ?! O preço portanto, está saindo caro: O povo não quer mais saber destes picaretas no governo!

      Curtir

  2. Pingback: DIRETOR DA REVISTA VEJA DEVERÁ DEPOR NA CPMI DO CACHOEIRA APÓS JUIZ DENUNCIAR TENTATIVA DE CHANTAGEM DE ANDRESSA MENDONÇA « Educação Política

  3. Pingback: PMDB É ALIANÇA DOS INFERNOS: MICHEL TEMER, HENRIQUE ALVES E MIRO TEIXEIRA IMPEDEM CONVOCAÇÃO DE JORNALISTA PARCEIRO DE CACHOEIRA « Educação Política

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: