Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

PRODUTORA DE PINGA YPIÓCA PROCESSA JORNALISTA E TAMBÉM MOVEU AÇÃO CONTRA PROFESSOR QUE FEZ PESQUISA SOBRE POLUIÇÃO

Intervozes publica nota de solidariedade ao jornalista Daniel Fonsêca

Do Barão de Itararé
Produção de cana-de-açúcar teria contaminado lençol freático
O Coletivo Intervozes, que integra o Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC), publicou nesta segunda-feira (5) uma nota de solidariedade ao jornalista Daniel Fônseca. Membro do coletivo, Fônseca está sendo acusado de injúria, calúnia e difamação pela empresa Ypióca; em um seminário e em um artigo que sequer chegou a ser publicado, ele denuncia que a empresa utiliza água da Lagoa Encantanda (sagrada para o povo Jenipapo-Kanindé) para alimentar a monocultura da cana-de-açúcar, além de poluir o lençol freático com dejetos industriais.
O professor da Universidade Federal do Ceará, Jeovah Meireles, é co-autor do artigo e também está sendo processado pela empresa. A audiência do julgamento do processo ocorre no dia 6 de novembro. Em nota, o Intervozes afirma que, ao judicializar o conflito social e tentar calar manifestos, artigos e produções jornalísticas, a Ypióca age contra a democracia, a liberdade de imprensa e a liberdade de expressão da população brasileira.
Confira a íntegra do texto:
O Intervozes se manifesta contra a criminalização que a empresa de bebidas Ypióca está promovendo com o jornalista e militante do coletivo Daniel Fonsêca
O Intervozes – Coletivo Brasil de Comunicação Social se solidariza com o jornalista e militante do coletivo Daniel Fonsêca no processo de criminalização que está sofrendo pela empresa de bebidas Ypióca.
No dia 6 de novembro de 2012, ocorre a audiência de julgamento do processo que a empresa move contra Daniel Fonsêca desde 2007, acusando-o de injúria, calúnia e difamação por se manifestar em defesa dos direitos dos índios Jenipapo-Kanindé e da preservação da região da Lagoa da Encantada, em Aquiraz (CE).
A Ypióca processou Daniel e o professor da Universidade Federal do Ceará Jeovah Meireles, em processos distintos – após declarações feitas em um seminário e pela produção de um artigo que sequer chegou a ser publicado – por eles terem relatado que a empresa utiliza água da Lagoa Encantada (sagrada para o povo Jenipapo-Kanindé) para alimentar seus 4.000 hectares de monocultura de cana para a produção de cachaça, além de poluir o lençol freático com os descartes do processo industrial de fabricação. O processo contra o professor foi finalizado em 2010. 
Ações com esse caráter representam a judicialização de conflitos sociais na tentativa de intimidar a divulgação de manifestos, pesquisas e produções jornalísticas que defendam direitos fundamentais violados pela ação de empresas ou de governos. A Ypióca tenta, assim, impedir a produção acadêmica e jornalística sobre sua atuação no país, agindo contra a democracia, a liberdade de imprensa e a liberdade de expressão da população brasileira.
O Intervozes reafirma seu compromisso com a defesa das liberdades de expressão, de organização e de manifestação e do livre exercício dos profissionais de comunicação.
Brasília, 5 de novembro de 2012.
Intervozes – Coletivo Brasil de Comunicação Social

Veja mais em Educação Política:

 

2 Respostas para “PRODUTORA DE PINGA YPIÓCA PROCESSA JORNALISTA E TAMBÉM MOVEU AÇÃO CONTRA PROFESSOR QUE FEZ PESQUISA SOBRE POLUIÇÃO

  1. Pingback: RUA GONÇALO DE CARVALHO, A MAIS BONITA DO MUNDO, ESTÁ DE BEM COM O MEIO AMBIENTE E RESISTIU À ESPECULAÇÃO IMOBILIÁRIA « Educação Política

  2. Pingback: DESEJO OU ANÁLISE: HISTORIADOR MARCO ANTONIO VILLA É UM EXEMPLO DA QUALIDADE DO COMENTÁRIO POLÍTICO NA GRANDE MÍDIA « Educação Política

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: