Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

A RESSACA DO MENSALÃO: DEPOIS DA ORGIA MIDIÁTICA PARA PUNIR PETISTAS, MÍDIA TENTARÁ CONTER JOAQUIM BARBOSA E SE GARANTIR

Do site 247

O estilo é o homem

O estilo Joaquim Barbosa só serve para petista e outros pês.

Imortalizada pelo conde de Buffon, a frase deveria servir de alerta para aqueles, como Merval Pereira, Dora Kramer e Francisco Mesquita Neto, que demonstram certa preocupação apenas com o “estilo” de Joaquim Barbosa. Como ensinava o pensador francês, a forma não está dissociada do conteúdo e o estilo é parte indissociável do ser humano. A tradução do próprio caráter que, em breve, comandará o STF e o Poder Judiciário no Brasil
“Fier de son Français”, ou orgulhoso do seu próprio francês, o ministro Joaquim Barbosa certamente já ouviu a frase de George-Louis Leclerc, o conde de Buffon.  “Le style, c’est l’homme même”. Ou seja: o estilo é o homem.
Pronunciada em 1753, num discurso na Academia Francesa, a frase até hoje é repetida, mas nem sempre compreendida. Segundo Leclerc, o estilo é a expressão máxima do indivíduo, a tradução do seu próprio caráter.
Relembrá-la, portanto, é útil para alguns personagens que vinham tratando Joaquim Barbosa como herói, mas que começam a demonstrar preocupação apenas com seu “estilo”. Ou com seu temperamento tido como irascível. Repetindo: o estilo é o homem.
Ontem, Merval Pereira e Dora Kramer, colunistas do Globo e do Estadão acenderam a luz amarela em relação a esse temperamento — sempre perdoado pela suposta santa indignação dos justos e pelo desassombro com que enfrenta mensaleiros.
Hoje, em editorial, o jornal Estado de S. Paulo, dirigido por Francisco de Mesquita Neto, foi mais contundente, ao afirmar que, para presidir o STF, Barbosa terá antes de vigiar o próprio comportamento.
Será essa apenas uma questão de estilo? Ou, dito de outra maneira, o estilo está dissociado do homem, que tem a missão de julgar?
Até agora, Barbosa desfilou diversas qualidades reprováveis num juiz, num julgamento transmitido ao vivo para todo o País: arrogância, desrespeito com os próprios colegas, deboche em relação aos réus e prepotência. Em breve, essas qualidades estarão encarnadas também no comando do Poder Judiciário.

Veja mais em Educação Política:

2 Respostas para “A RESSACA DO MENSALÃO: DEPOIS DA ORGIA MIDIÁTICA PARA PUNIR PETISTAS, MÍDIA TENTARÁ CONTER JOAQUIM BARBOSA E SE GARANTIR

  1. Pingback: TERCEIRO MUNDO DO PODER JUDICIÁRIO: A DIFERENÇA ENTRE A JUSTIÇA DO BRASIL E DA INGLATERRA NUM BELO TEXTO DE PAULO NOGUEIRA « Educação Política

  2. Pingback: BRASIL PRECISA ADOTAR O PRINCÍPIO DE PROPORCIONALIDADE DE MULTA E CONDENAÇÃO COMO EXISTE NA FINLÂNDIA « Educação Política

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: