Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

HASTA SIEMPRE! HUGO CHÁVEZ ÉS UN DEMONIO?

hugo e cheHASTA SIEMPRE!

Eduardo Galeano

Hugo Chávez es un demonio. ¿Por qué? Porque alfabetizó a 2 millones de venezolanos que no sabían leer ni escribir, aunque vivían en un país que tiene la riqueza natural más importante del mundo, que es el petróleo. Yo viví en ese país algunos años y conocí muy bien lo que era. La llaman la “Venezuela Saudita” por el petróleo. Tenían 2 millones de niños que no podían ir a las escuelas porque no tenían documentos. Ahí llegó un gobierno, ese gobierno diabólico, demoníaco, que hace cosas elementales, como decir “Los niños deben ser aceptados en las escuelas con o sin documentos”. Y ahí se cayó el mundo: eso es una prueba de que Chávez es un malvado malvadísimo. Ya que tiene esa riqueza, y gracias a que por la guerra de Iraq el petróleo se cotiza muy alto, él quiere aprovechar eso con fines solidarios. Quiere ayudar a los países suramericanos, principalmente Cuba. Cuba manda médicos, él paga con petróleo. Pero esos médicos también fueron fuente de escándalos. Están diciendo que los médicos venezolanos estaban furiosos por la presencia de esos intrusos trabajando en esos barrios pobres. En la época en que yo vivía allá como corresponsal de Prensa Latina, nunca vi un médico. Ahora sí hay médicos. La presencia de los médicos cubanos es otra evidencia de que Chávez está en la Tierra de visita, porque pertenece al infierno. Entonces, cuando se lee las noticias, se debe traducir todo. El demonismo tiene ese origen, para justificar la máquina diabólica de la muerte.

Veja mais em Educação Política:

 

8 Respostas para “HASTA SIEMPRE! HUGO CHÁVEZ ÉS UN DEMONIO?

  1. Rodrigo 6 março, 2013 às 10:07 am

    É como disse outro dia…
    Muitos brasileiros lembram-se, com saudades, do tempo da ditadura militar, afirmando que, à época, a educação e o ensino eram melhores. Outros dirão que não tinham o mesmo alcance.
    A criminalidade também o era. Outros dirão que a repressão era desumana.
    Uns dirão que os programas sociais não têm contra-partida, sendo uma legalização da compra de votos, reforçando que, a cada eleição, o principal debate é sobre a acusação no sentido de “a turma do contra querer acabar com a bolsa família” e boa parcela da população apenas se interessa por tal tema. Outros dirão que vários foram tirados da linha de pobreza.
    À época, os opositores eram desqualificados, agredidos, sendo alcunhados de “comunas comedores de criancinhas ateus” (o que sequer revela uma argumentação válida. Hoje, os opositores são prontamente desqualificados chamados de “turma do contra tucana protofacista elistista antidemocrática opositora do regime”.
    Quem não era efetivo opositor da ditadura militar brasileira, ou seja, a maioria da população (não estou a desmerecer os direitos e garantias fundamentais), não passava por torturas, não era expropriado, não era assassinado, gozando de ensino e educação públicos de reconhecida qualidade.
    Ao fim, pois, para uns e outros, os fins justificarão os meios. E os meios e fins, pois, são os mesmos, apenas “modernizados”
    Assim, em ambos os casos, cabe remessa ao quanto dito por Aristóteles:

    “Há uma forma de república (…) na qual o poder supremo não emana da Lei, mas da multidão, cujas reivindicações passam por cima da Lei. Pois nas repúblicas constitucionais, os melhores cidadãos ocupam os primeiros lugares, e não há espaço para demagogos mas onde a Lei não é suprema, os demagogos prosperam. Esse tipo de regime é uma degeneração da república, assim como a tirania é uma degeneração da monarquia. O espírito de ambas as degenerações é o mesmo. Os decretos da multidão se assemelham aos éditos do tirano e o demagogo que corteja o povo corresponde ao cortesão que bajula o ditador. (…) Os demagogos, submetendo as decisões políticas às assembléias populares, fazem que as vontades da multidão fiquem acima da Lei. E como o povo é conduzido pelos demagogos, estes se engrandecem. Se alguém não se conforma e recorre à Justiça, os demagogos dizem: ‘que o povo decida.’ E o povo aceita com prazer a incumbência. Desse modo as autoridades constituídas se desmoralizam. Essas democracias, na verdade, não têm Constituição pois onde a Lei não tem autoridade, não há Constituição.” (Aristóteles, “Política”, livro IV, 4).

    Contudo, a exemplo do socialismo na prática, cabe lembrar que nas atuais formas de república “esquerdistas” o poder falsamente emana da multidão, a partir de quando ela é usada como massa de manobra, ao que, nas repúblicas “direitistas” e “esquerdistas”, jamais foram os melhores cidadãos que ascenderam ao poder.
    Ao fim, desde sempre temos a degeneração da República, o uso do povo e a formação indiscriminada de currais eleitorais em busca da manutenção de um projeto de poder, mas não de governo.

    Curtir

  2. Deborah 6 março, 2013 às 9:38 pm

    Tenho a impressão de que agora vão preferir falar da morte do Chorão do que do Chávez (eu não duvido nada que o PIG faça isso), se bem que, na minha opinião, os dois merecem ser lembrados pela mídia.

    Curtir

  3. Pingback: VENEZUELA CONHECE A HISTÓRIA DO BRASIL: DOCUMENTÁRIO O DIA QUE DUROU 21 ANOS DESVENDA EMBAIXADOR LINCOLN GORDON | Educação Política

  4. Pingback: FERNANDO HADDAD (PT) E GERALDO ALCKMIN (PSDB): QUANTA DIFERENÇA! PARA HADDAD, CASA; PARA ALCKMIN, RUA! | Educação Política

  5. Pingback: HOLANDA DISCRIMINALIZA DROGAS E FECHA PRESÍDIOS: JÁ NÃO PASSOU DA HORA DE PENSAR O TEMA SEM PRECONCEITOS, FANTASMAS E TABUS? | Educação Política

  6. Pingback: OS ‘VAGABUNDOS’ DO BOLSA FAMÍLIA | Educação Política

  7. Pingback: PROVANDO O PRÓPRIO VENENO: VEJA O QUE O CQC FAZ COM AS PESSOAS NA PELE DE RAFAEL CORTEZ E EQUIPE | Educação Política

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: