Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

CANDIDATO DERROTADO DA VENEZUELA, HENRIQUE CAPRILES, TENTA POR FOGO NAS RUAS E DEIXAR O PAÍS EM GUERRA CIVIL

Capriles tenta levar no grito a eleição

Capriles tenta levar no grito a eleição

Direita venezuelana promove ataques violentos na noite desta segunda-feira.

Renata Mielli, de Caracas/ agências

Muitas manifestações marcaram esta segunda-feira em toda a Venezuela. Convocados à rua pelo candidato derrotado Henrique Capriles, seus partidários fizeram atos, passeatas e também agiram com violência, principalmente nos estados do interior do país. Em Caracas, às 20:00hs, ouviu-se um panelaço em toda a cidade.

 Durante a noite, sedes do PSUV no interior foram incendiadas, chegam notícias de ataques contra Centros de Diagnósticos Integrados que fazem parte da Missão Bairro Adentro (Saúde), escritórios do Conselho Nacional Eleitoral, prédios de emissoras de comunicação públicas e agressões contra jornalistas. Há notícias de feridos e mortos.
 
Durante o dia, o principal canal de televisão do país convocava aos venezuelanos a não reconhecerem as eleições e o “presidente ilegítimo”.
 
Os chavistas também ocuparam as ruas para comemorar a vitória de Nicolás Maduro, a sua proclamação como presidente eleito constitucionalmente e defender o resultado da eleição.
 
Maduro em seu discurso de proclamação e na coletiva de imprensa que concedeu à noite denunciou a tentativa da direita em golpear, mais uma vez, a democracia da Venezuela e disse que o governo e o povo estão preparados e sabem como se defender destas tentativas.
 
Com estas manifestações, a direita quer desestabilizar o governo e gerar fatos para serem trabalhados pela imprensa internacional, visando colocar a opinião pública contra a Venezuela. “As manifestações e atos violentos são uma forma de alimentar os meios de comunicação, porque isso é o que será a primeira página de muitos periódicos em todo o mundo, que querem transmitir a ideia de que a Venezuela vive uma situação de instabilidade”, avaliou Ignácio Ramonet em entrevista à TeleSur. (Texto Integral)
Veja mais:

5 Respostas para “CANDIDATO DERROTADO DA VENEZUELA, HENRIQUE CAPRILES, TENTA POR FOGO NAS RUAS E DEIXAR O PAÍS EM GUERRA CIVIL

  1. Pingback: CANDIDATO DERROTADO DA VENEZUELA, HENRIQUE CAPRILES, TENTA POR FOGO NAS RUAS E DEIXAR O PAÍS EM GUERRA CIVIL | Educação Política | O LADO ESCURO DA LUA

  2. Rodrigo 16 abril, 2013 às 5:30 pm

    Al Gore pede recontagem de votos – luta pela democracia.
    Capriles pede recontagem de votos – atentado contra a democracia.

    Sem-terra que invadem, incendeiam e destroem – arautos da justiça social.
    Manifestantes seguidores de Capriles que invadem, incendeiam e destroem – vândalos.

    De qualquer sorte, à parte pré julgamentos “esquerdistas” e “direitistas”, aguardo Capriles expor os motivos pelos quais julga necessária a recontagem e fundamenta seu pedido, para não ficarmos na pura “alegatio et non probatio quasi non alegatio”, ao mesmo tempo em que fico feliz por ver que a pluralidade de pensamento ainda existe na Venezuela, ante a pequena diferença entre os candidatos. Ainda, que cessem atos de vandalismo.

    Contudo, cumpre ressaltar que, até agora, não houve divulgação de qualquer parte, “esquerdista” ou “direitista”, sobre o fundamento legal venezuelano do direito a pedir e como pedir, ou não, a recontagem de votos. Muito buscando, apenas encontrei a seguinte afirmação, também inconclusiva:
    “A pequena diferença nos resultados, de 1,77 ponto percentual entre Maduro e Capriles, exige a auditoria de 100% dos votos –o que é possível, já que, diferentemente do Brasil, para cada voto eletrônico há um comprovante em papel.” (http://app.folha.com/m/noticia/240115“.

    P.S.: faltou mostrar a resposta do “outro lado”, a fim de ser conferida maior abrangência à notícia: “Além de criticar o presidente eleito, o opositor alertou seus seguidores para protestarem “em paz” perante as sedes regionais do Conselho Nacional Eleitoral (CNE).” (http://odia.ig.com.br/portal/mundo/capriles-acusa-maduro-de-instaurar-viol%C3%AAncia-para-evitar-recontagem-de-votos-1.572707).

    Curtir

  3. Da Silva 16 abril, 2013 às 6:43 pm

    Que bom meu que vc descobri que lá não é um ditadura, que existe o PIG e que o Chaves foi eleito com o voto do povo e que não era um ditador como te noticiaram.
    Assim descobrimos também que o PIG (Veja, Folha, Estadão e Globo) estão te enganando.

    Curtir

    • Rodrigo 17 abril, 2013 às 12:15 am

      Não cante vitória tão cedo, Sêo. Há formas de compra de voto para as quais a lei fecha os olhos; a “esquerda” tem por triunfo a criação de um curral eleitoral mais efetivo, mais evoluído e fidelizador que o da “direita”….
      E ainda não me esqueci de veículos de comunicação censurados e fechados à força, extremo uso da máquina pública e tv estatal por Chavez, desabastecimento (teve quem disse que era sinal de que venezuelanos compram muito, ao que respondi que, quiçá, aqui no NE falte água porque tomamos muito banho e nos hidratamos muito), explosão da criminalidade, empréstimo de avião para que Lula afagasse Fidel, repatriando boxeadores cubanos à força (http://oglobo.globo.com/pais/noblat/posts/2007/08/24/aviao-que-levou-cubanos-do-brasil-era-da-venezuela-70866.asp)…
      Só te pergunto se a Caros Amigos, parafraseando George Galloway (aquele que aplaude Chavez e Saddam, ainda que negue e seja desmentido no vídeo “Galloway meets Saddam” – https://www.youtube.com/watch?v=LzWNXEtwHUc), é mais PIG que o próprio PIG (http://www1.folha.uol.com.br/mercado/1245175-revista-caros-amigos-demite-jornalistas-apos-greve-contra-cortes.shtml) – exploração dos jornalistas, violação de direitos trabalhistas, demissão sumária…
      A manipulação é a mesma, só mudando o broche que ostentam na lapela. Por vezes uma estrelinha, por vezes um tucaninho, outras ainda uma arvorezinha…
      A náusea que sinto ao ler determinadas matérias do PIG direitista, pois, é a mesma que sinto ao ler determinadas matérias do PIG esquerdista; corporativismo e proceder ricuperiano (o que é bom a gente mostra e o que é ruim a gente esconde).
      Que venham, pois, tempos melhores para a Venezuela.

      Curtir

  4. Pingback: HISTÓRIA DA MÚSICA ILUSTRADA | Educação Política

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: