Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

JOAQUIM BARBOSA COMPROU APARTAMENTO DE R$ 1 MILHÃO EM MIAMI, A MECA DOS ENDINHEIRADOS

Barbosa compra apê de R$ 1 mi em Miami e foge do Leão

Do 247
Português: Ministro do Supremo Tribunal Federa...
O presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, surpreende mais uma vez; depois da reforma de R$ 90 mil do banheiro, da relação questionável com Luciano Huck e da liminar sorrateira que suspendeu uma decisão do Congresso, a bomba: ele comprou um imóvel avaliado em R$ 1 milhão na Meca dos endinheirados latinos e usou de um artifício fiscal para obter benefícios fiscais; comprou o apartamento em nome de uma empresa criada nos Estados Unidos, a Assas JB Corp.; em nota, Barbosa disse que a estrutura da operação foi a recomendada por um advogado; “tenho meios de sobra para adquirir imóvel desse porte”, disse ele

247 – Potencial candidato à presidência da República em 2014, graças à fama de justiceiro conquistada durante o julgamento da Ação Penal 470, da qual foi relator, o ministro Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal, não cansa de surpreender. A mais nova estripulia é a compra de um imóvel de R$ 1 milhão em Miami, Meca dos endinheirados latino-americanos, seguindo uma estrutura de planejamento tributário criada para obter benefícios fiscais.

O furo de reportagem é dos jornalistas Matheus Leitão e Rubens Valente e está publicado na edição deste domingo da Folha de S. Paulo. Barbosa comprou um imóvel num condomínio de luxo em Miami em maio do ano passado, mas evitou fazer isso em seu nome. Para realizar a transação criou a empresa Assas JB Corp, que adquiriu a propriedade avaliada em US$ 480 mil – o equivalente, hoje, a cerca de R$ 1,1 milhão. (Texto Integral)

Veja mais:

8 Respostas para “JOAQUIM BARBOSA COMPROU APARTAMENTO DE R$ 1 MILHÃO EM MIAMI, A MECA DOS ENDINHEIRADOS

  1. Marcio 21 julho, 2013 às 10:57 am

    As elites passarão agora a reeditar a estrategia que levou Collor ao poder.

    Curtir

    • Heitor 21 julho, 2013 às 1:23 pm

      Caro Glauco,
      Obrigado pela informação de qualidade!
      Márcio,
      É bem isso que se configura, mas o povo brasileiro não vai perder de vista a lição da experiência colorida: é a nossa esperança e o motivo da nossa luta.
      Abs

      Curtir

  2. vieiraeuclidessantana 21 julho, 2013 às 1:17 pm

    Republicou isso em SUSCETÍVEL FEBRIL.

    Curtir

  3. Pingback: TUCANODUTO: REVISTA ISTOÉ EXPLICA PORQUE O TRANSPORTE PÚBLICO DE SÃO PAULO É PÉSSIMO E NÃO MELHORA DESDE MÁRIO COVAS | Educação Política

  4. Rodrigo 22 julho, 2013 às 3:15 pm

    Apuração para o caso!
    E também para a alegada compra de casa, por 5 milhões, por Dilma, em Porto Alegre (http://jc3.uol.com.br/blogs/blogjamildo/canais/noticias/2013/06/23/dilma_compra_casa_de_r_5_milhoes_em_porto_alegre_153853.php). Caso proceda o teor da matéria, ela aparentaria ser melhor poupadora que Barbosa, cumprindo salientar que o Ministro sempre teve um salário maior que o dela; quiçá esta tenha recebido lições de economia e fenomenologia empresarial com o filho de Lula, o mago das finanças…

    Curtir

  5. Pingback: ENTIDADES MÉDICAS SÃO UMA GALINHA COM PASTORES QUE FAZEM ‘CURAS’ NA TV E UM LEÃO COM O ATENDIMENTO À POPULAÇÃO | Educação Política

  6. Olimpia Pacheco de Araujo 25 julho, 2013 às 11:26 am

    No fundo todos calça sapato 44! é uma corja só. Alguém duvida?

    Curtir

  7. Pingback: VÍDEO: MESTRES DO RENASCIMENTO ITALIANO | Educação Política

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: