Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

Arquivos de tags: Cidades

MAPA DAS ELEIÇÕES 2012 MOSTRA O POSSÍVEL FIM DO PREDOMÍNIO PSDB-PT E UMA LIÇÃO INESQUECÍVEL PARA A GRANDE IMPRENSA

As eleições municipais deste ano trazem algumas lições para os políticos e para a grande mídia. É certo que cada cidade tem uma infinidade de fatores que alteram o resultado da eleição, mas talvez a maior lição dada pelo eleitor é a de que quem comete erros deve cair fora. Assim, muitos candidatos não se elegeram porque houve erros em administrações anteriores que apoiaram ou a elas estavam ligados.

O maior destaque dessa eleição, de uma forma geral, foi a aposta dada ao Mensalão pelo chamado PIG (Globo, Veja, Folha, Estadão e outros). Apesar de todo o esforço dado ao julgamento, inclusive com a edição pela Globo de um especial do Mensalão de 20 minutos no Jornal Nacional nas vésperas das eleições, houve uma derrota clamorosa em São Paulo. As últimas pesquisas indicando vitória de Fernando Haddad foram simplesmente ignoradas pela principal emissora de TV. E o pior, apesar de toda a cobertura, o PT cresceu em número de prefeituras e conquistou São Paulo. Isso tende a inspirar ainda mais instintos golpistas.

O maior adversário do PT se mostrou nessas eleições. Não é o PSDB, mas o conservadorismo da grande mídia e do judiciário.

Por isso, o grande derrotado dessas eleições foi o chamado PIG, que perdeu mais do que o próprio PSDB. O partido tucano perdeu em São Paulo, o quartel general do PIG, diminuiu o número de prefeituras, mas ganhou em outras importantes cidades. A cada eleição o PSDB, mesmo com o esforço inesgotável do PIG, vai encolhendo e se distanciando de ser o grande partido ideológico de oposição ao PT.

Novas forças surgiram nessa eleição, o PSD, do Gilberto Kassab, e o PSB, de Eduardo Campos. Isso também demonstra que a derrota do PSDB não foi tão grande porque se deu muito em razão do crescimento desses dois partidos. PSD e PSB receberam políticos do PSDB, que não conseguiam espaço na sigla.  Assim, a grande ameça ao PSDB surge com o partido de Eduardo Campos, visto que o PSD de Kassab tem mais pretensões fisiológicas do que ideológicas, assim como o PMDB. O PT e o PSB são partidos que tendem a crescer nas próximas eleições.

Veja mais em Educação Política:

SEM PLANEJAMENTO HÁ 6 ANOS, CAMPINAS TEM TRÂNSITO CAÓTICO DEVIDO À ESPECULAÇÃO IMOBILIÁRIA, DIZ ARLEI MEDEIROS

Na segunda parte da entrevista com o candidato do Psol à prefeitura de Campinas, Arlei Medeiros, o tema é o caos provocado no trânsito com a velha conhecida especulação imobiliária. A liberação de grandes condomínios em bairros já populosos implicam gastos futuros volumosos para que a prefeitura melhore o trânsito, que já é atualmente ruim.

Veja também a primeira parte da entrevista, sobre reciclagem e coleta de lixo.

Veja mais em Educação Política:

MARCIO POCHMANN AFIRMA QUE MÉTODO DE ENSINO ESTÁ SUPERADO E QUE BRASIL LEVOU 100 ANOS PARA TORNAR REPUBLICANA A ESCOLA

Pochmann: educação se tornou necessária a vida toda

A TV Educação Política estreia hoje com uma entrevista com o candidato a prefeito de Campinas, Marcio Pochmann (PT), que fala sobre educação e informatização.

A TV  Educação Política aproveita a campanha eleitoral municipal para discutir alguns temas importantes para as cidades com os candidatos. Em breve teremos entrevistas com outros candidatos

A entrevista com Marcio Pochmann está dividida em duas partes. Na primeira, ele fala sobre educação em três pequenos vídeos que estão abaixo.
 Veja também a segunda parte da entrevista, sobre informatização

Modelo da educação está superado

***

Brasil levou 100 anos para tornar republicana sua escola

***

Os prédios públicos estão nos piores lugares da cidade

Veja mais em Educação Política:

TRABALHADOR DA EMPRESA ULTRASERV PEGA COMIDA NO LIXO NO CENTRO DE PESQUISA DA PETROBRÁS E VAI PARA A CADEIA

Trabalhador pega comida do lixo e vai parar na cadeia

Da Agência Petroleira de Notícias

Agência Petroleira de Notícias

A realidade pode ser mais dura do que a ficção. No Centro de Pesquisa da Petrobrás (Cenpes), três trabalhadores de uma empresa que presta serviços à estatal foram retirados em camburão do trabalho e processados criminalmente. Um deles, Cláudio Charles Gonçalves, de 33 anos, está desde terça (28) preso na 54º DP, em Belford Roxo. Hoje (29) seria transferido para o presídio de Bangu. O crime cometido? Tentou levar para casa um frango jogado no lixo. Eles trabalham para a firma Ultraserve, contratada pela Petrobrás e responsável por servir as refeições no restaurante do Cenpes.

A retirada dos três rapazes do seu local de trabalho em camburão, diante de todos os colegas, aconteceu no dia 19 de julho. Diogo Cardoso, 27, também processado, é um jovem magro, de olhar assustado. Ele relatou que uma de suas funções na Ultraserve é recolher os sacos de lixo para descarte. Disse que as normas da Anvisa são muito rigorosas e os frangos, depois de descongelados, quando não aproveitados na refeição, são sempre descartados, “pois não poderiam ser congelados novamente”.

Assim, teria achado um desperdício aquele descarte. Com o produto já no lixo – dois ou três frangos – achou que não haveria problema em dividir aqueles restos de comida com um amigo. Foi o que fez, dividindo o descarte com Cláudio Charles, que no momento está preso. Segundo a sua esposa, ele está muito abalado emocionalmente, “por causa da vergonha a que está sendo submetido”.

O amigo Diogo – ambos são vizinhos na localidade de Nova Aurora, em Belfort Roxo – só não foi para a cadeia esta semana, porque não estava em casa quando a polícia chegou, a mando da Ultraserve, com ordem de prisão preventiva. O que não impediu sua esposa de passar por momentos de tensão, quando a polícia adentrou pela sua casa. Aos 27 anos de idade, Diogo já tem três filhos, um deles com necessidades especiais.

O terceiro trabalhador processado criminalmente pela Ultraserve é Marcos Paulo, de 24 anos, residente numa comunidade em Caxias. Ele trabalhava em outro restaurante do Cenpes, quando foi detido. Seu crime foi tentar levar para casa, achando que dava para aproveitar, “algumas barrinhas de chocolate quebradas e amassadas e um pouco de iogurte fora da validade”.

Se hoje Marcos Paulo não está detido em Bangu, preso preventivamente como se fosse um perigoso fora da lei, é porque não estava em casa, no momento em que a polícia chegou à casa de seus pais com a ordem de prisão. (Texto Integral)

VEja mais em Educação Política:

VIOLÊNCIA ENDÊMICA: CENTRAL DE ATENDIMENTO À MULHER, O LIGUE 180, RECEBEU 2,7 MILHÕES DE CHAMADAS E 329 MIL DENÚNCIAS

Em seis anos, Disque 180 recebe mais de 329 mil denúncias de violência contra a mulher

Carolina Sarres
Repórter da Agência Brasil

66% dos filhos presenciam a violência contra a mulher

Brasília – No dia em que a Lei Maria da Penha completa seis anos de existência, o Disque 180 registrou 2,7 milhões de atendimentos de 2006 a 2012. Desse total, 329,5 mil (14%) eram relatos de violência contra a mulher enquadrados na lei. A maioria (60%) foi pedidos de informação. Os dados são da Secretaria de Políticas para as Mulheres, responsável pelo disque-denúncia, divulgados hoje (9) na abertura do Encontro Nacional sobre o Papel das Delegacias no Enfrentamento da Violência contra as Mulheres.

No primeiro semestre de 2012, foram registrados 388,9 mil atendimentos, dos quais 56,6% (47,5 mil) foram relatos de violência física. A violência psicológica aparece em 27,2% (12,9 mil) dos registros no período. Foram 5,7 mil chamadas relacionadas à violência moral (12%), 915 sexual (2%) e 750 patrimonial (1%). Os dados revelam ainda que em 66% dos casos os filhos presenciam as agressões contra as mães.

Os companheiros e cônjuges continuam sendo os principais agressores (70% das denúncias neste ano). Se forem considerados outros tipos de relacionamento afetivo (ex-marido, ex-namorado e ex-companheiro), o percentual sobe para 89%. Os parentes, vizinhos, amigos e desconhecidos aparecem como agressores em 11%.

Das unidades federativas, o Distrito Federal registrou o maior número de denúncias de violência contra a mulher no primeiro semestre do ano – 625 para cada 100 mil mulheres – seguido pelo Pará (515) e pela Bahia (512). Os que menos receberam ligações, no mesmo período, foram Amazonas (93), Santa Catarina (156) e Rondônia (173). Em 2011, os estados que lideravam o ranking eram Bahia, Sergipe e Pará.

A secretária da Mulher do Distrito Federal (DF), Olgamir Amância Ferreira, justificou a grande quantidade de denúncias por elas procurando mais o serviço de atendimento. No DF, são recebidas 15 denúncias por dia. “Elas têm acesso à informação e sabem da existência de suporte como casa abrigo, centro de referência e núcleo de atendimento, o que faz com que se sintam mais fortalecidas e empoderadas e denunciem”, disse.

O governo distrital inaugurou hoje um Centro de Referência de Atendimento à Mulher (Cram) na 102 Sul, próximo à estação do metrô. A localização foi escolhida pela grande circulação de pessoas e para facilitar o acesso das mulheres à rede de proteção.

Participam do evento as ministras Maria do Rosário (Direitos Humanos), Luiza Bairros (Políticas de Pormoção da Igualdade Racial), Eleonora Menicucci (Políticas para as Mulheres) e o ministro Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência da República), além de juízas, promotores e delegados.

Edição: Carolina Pimentel

Leia mais em Educação Política:

 

PREFEITURAS TOTALMENTE TRANSPARENTES, COM CONTAS, GASTOS E ATIVIDADES ON LINE, PODEM EVITAR 90% DA CORRUPÇÃO NO BRASIL

 

Por que as cidades não são 100% transparentes?

Não há um único sequer motivo para que já não tenhamos prefeituras totalmente transparentes, com contas e procedimentos on line. As prefeituras, deferente do governo federal, não têm nenhum motivo constitucional ou de segurança que impeça que todas as atividades sejam transparentes e publicadas, automáticamente, na internet. Por exempo, se um cidadão faz um protocolo, o registro desse protocolo já apareceria na internet. Se um cidadão paga um imposto, automaticamente esse imposto pago já é registrado na internet.

A população tem o direito de saber com quem os vereadores se encontram nos gabinetes, tem o direito de saber com quem o prefeito e os secretários se encontram. A população tem o direito de saber com antecedência quais licitações serão feitas, como serão feitas, quais as normas técnicas definidas nas licitações, quais os motivos das licitações, quem elaborou a licitação.

A população tem o direito de saber se uma escola, um hospital ou qualquer órgão público solicitou da prefeitura providências sobre algum problema. A população que paga o imposto de uma determinada cidade, que elegeu seus representantes, tem o direito de saber quais são os gastos de cada centavo da prefeitura e da Câmara Municipal, quais são as empresas que mais prestam serviço para a prefeitura, etc etc etc.

Isso atualmente é muito fácil e simples de fazer, basta uma legislação federal, que defina um programa de computação para a disponibilização dos dados de forma simplificada, gráfica. Um único programa pode ser usado por todas as prefeituras do país. Pode-se começar com as cidades menores ou com as maiores e, aos poucos, em um prazo determinado todas as prefeituras poderiam estar com todas as atividades on line. Centenas de pessoas poderia deixar de ir até órgãos públicos para solicitar procedimentos; basta acessar a internet e fazer os pedidos.

As prefeituras são o elo mais direto entre o governo e a população. Se as prefeituras funcionarem razoavelmente bem, com a corrupção controlada pela transparência, o Brasil poderá dar um salto na qualidade de vida da população, melhorando principalmente saúde e educação. Um projeto desse porte é barato e fará com que os próprios partidos políticos e organizações da sociedade civil fiscalizem o poder público. Se não se faz isso, é porque ter a corrupção é interessante para muita gente, mas não para a população.

Leia mais em Educação Política:

 

VÍDEO MOSTRA UM RETRATO DA SAÚDE PÚBLICA NO RIO DE JANEIRO DE SÉRGIO CABRAL: O RIO É UMA FESTA, MAS A FESTA É EM PARIS
PROJETO FUNDAMENTAL: APENAS 600 BRASILEIROS AFORTUNADOS PODEM CONTRIBUIR COM R$ 10 BILHÕES POR ANO AO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE
BNDES SUBSIDIA COM O DINHEIRO DO POVO A MAIOR MONTADORA DO MUNDO, COM FATURAMENTO DE 160 BILHÕES DE EUROS EM 2011
NA SOCIEDADE CONSTRUÍDA SOB A ÉGIDE DA VIOLÊNCIA E DA INTOLERÂNCIA, O AMOR E O AFETO PRECISAM SER ESPANCADOS



FAZENDO MÉDIA: TRAGÉDIA NO RIO DE JANEIRO É O RESUMO DA ÓPERA DO INTERESSE PRIVADO SOBRE O INTERESSE PÚBLICO

Sobre mídia, poder e amor

Por Marcelo Salles/Fazendo Média

A tragédia que desabou nesta segunda-feira (5) no Rio de Janeiro não é apenas uma manifestação da natureza e sua força devastadora, indomável e por vezes incompreensível. É também a revelação do caráter criminoso de sucessivas administrações públicas voltadas para o enriquecimento privado. A história dos governos estaduais do Rio é uma história de crimes contra o povo. À exceção de Brizola, nenhum outro governante se preocupou, nos últimos 30 anos, em priorizar o uso da máquina pública para o seu dono verdadeiro, que é o conjunto da sociedade.

O mesmo vale para os prefeitos da capital, que nos últimos 20 anos pertenceram, e ainda pertencem, ao escopo neoliberal PSDB-DEM-PMDB. Eduardo Paes, que já passou por esses três partidos, é o melhor resumo dessa história. Ele declarou à imprensa que a Prefeitura não tem responsabilidade, a culpa é do excesso de chuva.

No morro da Mangueira, os cidadãos que durante o carnaval alegram a cidade, o país e boa parte do mundo, receberam o singelo aviso desses governantes: “Deixem suas casas”. Em Niterói, onde casas esfarelaram, avenidas inteiras ficaram intransitáveis e cidadãos levaram até 12 horas para irem do trabalho à casa, quem manda é a Patrimóvel. Essa elege prefeitos, controla vereadores e comercializa imóveis.

Quanto mais arranha-céus na cidade, mais nas alturas vão as contas bancárias de seus donos. Em compensação, mais o sistema de esgoto é sobrecarregado, mais automóveis entopem as ruas, mais lixo é produzido e mais graves são as conseqüências de tragédias como a deste terrível 5 de abril, que já levou a vida de mais de 70 seres humanos. (Texto Integral no Fazendo Média)

Leia Mais em Educação Política:

ÓTIMA NOTÍCIA: CONSELHO FEDERAL DE ENGENHARIA (CONFEA) ENTRA NA LUTA CONTRA A CORRUPÇÃO EM OBRAS PÚBLICAS
GOVERNO PRECISA FAZER UM PAC DO MEIO AMBIENTE, COM INCENTIVOS PARA INVESTIMENTO EM PROJETOS SUSTENTÁVEIS SOCIAL E AMBIENTALMENTE
O BRASIL INTEIRO PODERÁ PAGAR O MESMO PREÇO AMBIENTAL QUE HOJE OCORRE EM SANTA CATARINA
SANTA CATARINA: A CONTA PELO DESCASO COM O MEIO AMBIENTE JÁ ESTÁ CHEGANDO PARA O BRASIL

ARTIGO CIENTÍFICO “OS ESPAÇOS DE COMUNICAÇÃO NAS CIDADES MEDIEVAIS” É PUBLICADO NA REVISTA E-COMPÓS

Um novo artigo científico, intitulado Os espaços de comunicação nas cidades medievais,  foi publicado na revista E-Compós. O artigo busca criar bases teórico-históricas para a formulação de um novo entendimento da indústria da comunicação contemporânea. Esse novo entendimento está fundado na concepção de que a mídia deve ser compreendida como um espaço de comunicação.
Nesse sentido, tenta-se entender praças medievais como espaços de comunicação importantes e que contêm semelhanças diversas, inclusive práticas, com a mídia originada na Modernidade.

Para acessa, entre na página Artigos Científicos.

Leia também em Educação Política:
A COMUNICAÇÃO DIGITAL VERDE: UM ESTUDO DE SITES AMBIENTALISTAS A PARTIR DO CONCEITO DE ESPAÇO MEDIADOR CULTURAL É PUBLICADO EM REVISTA CIENTÍFICA
NOVO ARTIGO CIENTÍFICO: OS CAFÉS COMO ESPAÇOS DE COMUNICAÇÃO
RELATÓRIO FOCUS É O MESMO QUE CANTAR UNI, DUNI, TE; BANCO CENTRAL PRECISA SER INDEPENDENTE DO MERCADO FINANCEIRO
SCIENCEBLOGS: PORTAL DE BLOGS DE CIÊNCIA É CRIADO NO BRASIL E REÚNE CIENTISTAS BLOGUEIROS

SANTA CATARINA VIVE DESASTRE AMBIENTAL

Desmatamento da Mata Atlântica pode ter contribuído para tragédia em SC

Antonio Trindade
Repórter da Rádio Nacional

Brasília – O desmatamento da Mata Atlântica pode ter contribuído para a tragédia causada pelas chuvas em Santa Catarina. É o que avalia o professor do departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Santa Catarina, Lino Brangança Peres.

“As árvores foram substituídas por casas e vegetação rasteira, o que contribuiu para a erosão. Esses deslizamentos aconteceriam mais cedo ou mais tarde, as fortes chuvas desses dois meses apenas aceleraram esse processo”, explica.

A floresta cobria uma área de aproximadamente 1,29 milhão de quilômetros quadrados, em 17 estados brasileiros, incluindo Santa Catarina. O bioma ocupava cerca de 15% do território nacional. Atualmente, apenas 7% desse total permanece intacto.

O desmatamento da Mata Atlântica está diretamente ligado à expansão das cidades brasileiras. E, na opinião do professor, a ocupação desordenada dos municípios pode ser outro fator para a catástrofe no Vale do Itajaí.

“Choveu muito acima da média, mas isso é apenas parte do problema. O modelo de ocupação irregular das cidades do Vale do Itajaí contribuiu para que isso acontecesse. E tudo com a conivência do poder público”, explica o professor.

Segundo Peres, as primeiras residências na região surgiram durante o século 19, época da imigração de europeus para o Brasil, próximas aos rios. No século 20, as pessoas passaram a ocupar os morros e as encostas. “O planejamento municipal começou muito tarde no Brasil, na década de 70, quando as cidades já tinham crescido”, conta.

A solução, na avaliação do urbanista, é o governo realocar a população dos morros e encostas para outros locais mais seguros. “O problema é que boa parte das áreas adequadas já foram ocupadas”, ressalta.

Leia também no Educação Política:

CAATINGA É O BIOMA MENOS ESTUDADO E ESTÁ MAIS AMEAÇADO DO QUE A AMAZÔNIA

ÁRVORES MORREM NO RIO GRANDE DO SUL, POSSIVELMENTE POR AGROTÓXICO

INCRÍVEL: “ESTADO DE DIREITO” BRASILEIRO IMPEDE AGÊNCIA FISCALIZADORA DE FISCALIZAR

MAIS UM PASSIVO DO MARAVILHOSO MUNDO DO AUTOMÓVEL

BRASIL CONTINUA COM AS MAIORES DESIGUALDADES SOCIAIS DO MUNDO

Cidades do Brasil estão entre as mais desiguais do mundo, revela ONU

Da Agência Brasil

Brasília – A América Latina e o Caribe concentram a maior quantidade de cidades desiguais, que têm como principal característica o crescimento rápido de pequenas localidades. Esse é um dos resultados da pesquisa Estado Mundial das Cidades 2008/2009, realizada pelo Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (UN-Habitat).

Apresentado ontem (22) simultaneamente em Londres, Bangcoc e no Rio de Janeiro, o estudo apresenta dados e análises sobre o funcionamento das cidades e formas de a comunidade global melhorar a habitação.

Para a diretora do escritório regional do UN-Habitat para a América Latina e o Caribe, Cecília Martinez, não se pode, no entanto, generalizar os resultados no Brasil. “As cidades são muito dinâmicas, trocam de aspecto muito rapidamente. Em dez anos, uma cidade pode melhorar ou piorar muito, por isso a importância que o estudo seja feito de dois em dos anos.”

SUPREMO TRANSFORMA O BRASIL NO PAÍS DOS SANTINHOS E INOCENTES

Há uma necessidade urgente de se repensar o Supremo Tribunal Federal e a Justiça brasileira. O órgão só entende a presunção de inocência e se esquece da sociedade e da própria Justiça. O engraçado é que presunção quer dizer opinião ou juízo baseado nas aparências, suposição, suspeita. Baseado na aparência (principalmente paletó e gravata) todos no Brasil são a priori inocentes e não podem nem se quer ser algemados.

Nesse caso ainda (veja abaixo) há um total desrespeito com as contas públicas por parte da Justiça e do Supremo Tribunal Federal. Funcionários públicos que cometem crimes são recompensados com altos salários, mesmo sendo afastados e repondendo a processos. É inacreditável.

Leia também no Educação Política:

GILMAR MENDES PRECISA FAZER UM CURSO NA JUSTIÇA NORTE-AMERICANA; LÁ ACUSADOS SÃO ALGEMADOS E ACORRENTADOS

JUSTIÇA BRITÂNICA FAZ SERVIÇO QUE JUSTIÇA BRASILEIRA TENTA FAZER E NÃO CONSEGUE

GILMAR MENDES CONSEGUIU: ADVOGADO AGORA TRIPUDIA A JUSTIÇA E PROCURADORES REAGEM

O BRASIL FOI ABANDONADO PELOS SEUS JUÍZES E DESEMBARGADORES

INCRÍVEL: “ESTADO DE DIREITO” BRASILEIRO IMPEDE AGÊNCIA FISCALIZADORA DE FISCALIZAR

STF autoriza Thales Schoedl a voltar ao cargo de promotor

Acusado de matar um jovem, ele voltará a receber o salário de R$ 10 mil, mas não poderá exercer a função

PAULO – Uma liminar do Supremo Tribunal Federal (STF) dá o direto a Thales Ferri Schoedl de voltar a receber o salário de R$ 10 mil do cargo que ocupava no Ministério Público Estadual de São Paulo. No entanto, Schoedl não pode voltar a exercer a profissão. A decisão foi assinada pelo ministro Menezes Direito no dia 2 de outubro e divulgada nesta terça-feira, 7, e pode ser contestada. Com a liminar do STF, ele tem direito de ser julgado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, pois retomou o foro privilegiado. Schoedl matou um jovem e feriu outro em Bertioga, em 2004, e foi exonerado do cargo em 18 de agosto deste ano por decisão do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). (Estadão)

ISSO É UM HORROR: QUANDO GILMAR MENDES VIRÁ ÀS FALAS SOBRE A SITUAÇÃO DA ESCRAVIDÃO NO BRASIL?

Fiscais resgatam 150 trabalhadores em situação análoga à escravidão no Pará

Amanda Cieglinski
Repórter da Agência Brasil

Brasília – Uma operação realizada no município de Placas (PA) resgatou 120 trabalhadores rurais e 30 crianças vítimas de trabalho análogo à escravidão em uma empresa de produção de cacau. A ação do grupo de fiscalização da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Pará começou no último dia 17 e segue até 3 de outubro.

As vítimas trabalhavam na colheita do cacau e foram encontradas em situação precária, com péssimas condições de habitação, alimentação e higiene. A maioria das crianças estava doente e uma delas ficou cega em um acidente durante o trabalho.

Segundo os ficais, os compradores de cacau forneciam equipamentos de trabalho e outros bens de necessidade básica aos trabalhadores, que pagavam esse fornecimento com a produção do fruto. Assim, já iniciavam suas atividades devendo à empresa.

Como não conseguiam pagar as dívidas, os agricultores colocavam toda a família para trabalhar no campo, inclusive as crianças. Quando o débito ficava fora de controle, era feito um empréstimo ao trabalhador, o que o mantinha ainda mais preso à situação.

Segundo informações do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), os trabalhadores que não atendiam às determinações da empresa eram ameaçados de morte. A Perfil Agroindústria Cacaueira será obrigada a pagar indenização de aproximadamente R$ 600 mil aos trabalhadores.

Leia também no Educação Política:

TRABALHADORES EM CONDIÇÃO DEGRADANTE; O SUPREMO PREOCUPADO COM ALGEMAS E GRAMPOS

QUANDO O SUPREMO VAI SE INDIGNAR COM TRABALHO ESCRAVO INFANTIL?

QUANDO O SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL VAI SE INDIGNAR COM O TRABALHO ESCRAVO?

DADOS DO IBGE EXPÕEM QUESTÃO RACIAL E TRABALHO INFANTIL

Trabalho infantil predomina entre negros, indica IBGE

Isabela Vieira
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro – A maioria das crianças que trabalha ilegalmente no Brasil é preta ou parda. Divulgada hoje (18), a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) revela que 59,5% dos brasileiros com idade entre 5 e 13 anos que trabalhavam em 2007 eram pretos ou pardos.

Elaborada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a pesquisa mostrou que o número de brasileiros na faixa etária de 5 a 17 anos que trabalhavam diminuiu no ano passado em relação à 2006, mas ainda representava 4,8 milhões de  crianças e adolescentes.

A Constituição Federal proíbe o trabalho para pessoas com menos de 16 anos, a não ser na condição de aprendiz, a partir dos 14 anos.

Entre as quatro divisões etárias estabelecidas na pesquisa, o maior percentual de pretos e pardos foi registrado entre as mais novas. De acordo com o IBGE, 69,6% das crianças com idade entre 5 e 9 anos que trabalhavam em 2007 eram pretas ou pardas. Na faixa de 10 a 13 anos, esse índice era de 65,1%.

As crianças trabalhadoras de 5 a 13 anos somavam cerca de 1,257 milhão no ano passado. A maioria, do sexo masculino, estava empregada na agricultura e tinha renda familiar per capita mensal inferior a um salário mínimo. Entre as mais novas, o rendimento era o menor: R$ 189.

Entre os adolescentes de 14 a 17 anos e que podem trabalhar na condição de aprendiz, os pretos e pardos também predominavam. Entre aqueles de 14 e 15 anos, 67,7% eram classificados como tal, assim como 55,4% dos ocupados com 16 e 17 anos.

Leia também:

QUANDO O SUPREMO VAI SE INDIGNAR COM TRABALHO ESCRAVO INFANTIL?

QUANDO O SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL VAI SE INDIGNAR COM O TRABALHO ESCRAVO?

BRASIL PRECISA DE LEI MAIS EFICIENTE CONTRA TRABALHO ESCRAVO

%d blogueiros gostam disto: