Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

Arquivos de tags: complexo de vira-lata

BESSINHA SENSACIONAL: FELIZ DIA DAS MÃES!

QUE ABUSO! QUANDO SERÁ QUE O BRASIL VAI PERDER O COMPLEXO DE VIRA-LATAS EM RELAÇÃO ÀS TELES?

Português: Paulo Bernardo, ministro do Planeja...

Bernardo: quando vamos perder o complexo de vira-lata na telefonia?

O Brasil precisa perder o complexo de vira-latas que mantém com as empresas de telefonia. É inacreditável a guerra judicial que essas empresas estão travando contra o governo e povo brasileiro.  Ministro Paulo Bernardo, veja a postura abusiva das empresas com dois pesos e duas medidas. Querem que a Telebrás revele seus contratos (contratos de empresa particular), mas não querem que a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) revele ao povo brasileiro as metas que as empresas não estão cumprindo (contratos de interesse público).

É possível mudar essa realidade. A passagem do ministro Celso Amorim pelo Itamaraty nos oito anos do governo Lula transformou as relações internacionais do Brasil. Demos um salto e deixamos de lado um pouco aquele complexo de vira-ladas. O complexo de vira-latas é a política internacional do PSDB na época de Fernando Henrique Cardoso e  defendida pelos principais empresas de mídia do Brasil, ou seja, é a política que Chico Buarque resumiu bem: ” fala grosso com a Bolívia e Paraguai e afina diante da Europa e Estados Unidos”.

As teles não acreditam nesse governo. Veja abaixo matéria sobre o assunto, com a boa sacada do repórter no início do texto.

 Teles também recorrem contra transparência da Anatel

:: Luiz Queiroz e Luís Osvaldo Grossmann
:: Convergência Digital

No caminho inverso à ação judicial que moveu contra a Telebras, para que a estatal forneça as informações referentes aos contratos de cessão fibras ópticas assinados com a Petrobras e Eletrobras, o SindiTelebrasil também decidiu recorrer contra o processo de transparência adotado pela Anatel, após decisão proferida pelo judiciário do Rio Grande do Sul.

A Anatel foi obrigada, em setembro, a revelar ao público as informações sobre PADOS – Procedimentos Administrativos por Descumprimento de Obrigações – movidos contra as empresas. Acatou decisão do juiz Francisco Donizete Gomes, da Justiça Federal do Rio Grande do Sul, em pedido formulado pela Associação Nacional de Defesa e Informação do Consumidor – Andicom.

“O Regimento Interno da Anatel padece de ilegalidade, pois extrapolou sua função de norma regulamentadora, ao ir além do que prevê a lei regulamentada. Enquanto a lei prevê o sigilo somente para a apuração, o regimento estende o sigilo também para o procedimento administrativo”, alegou o juiz na sentença.

O SindiTelebrasil contesta essa tese e ingressou no último dia 24 de novembro com uma Ação Civil Pública, na 2ª Vara Civel Federal de Porto Alegre, para impedir que a agência reguladora continue cumprindo o que determinou o juiz daquela Comarca. (Texto integral)

Leia mais em Educação Política:

O CASAMENTO REAL DE WILLIAM E KATE MIDDLETON MOSTRA QUE A MÍDIA E O BRASIL NÃO PERDERAM O COMPLEXO DE VIRA-LATA
CELSO AMORIM TIROU O BRASIL DA VASSALAGEM NAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS
EMPRESAS DE TELEFONIA NÃO QUEREM PAGAR TRIBUTO E BOICOTAM A TEVÊ BRASIL
O NATAL CHEGOU: BNDES SUSTENTA O OLIGOPÓLIO DAS TELES, CONCENTRA RENDA E JOGA O BRASIL NO CAMINHO DA CRISE EUROPEIA
O HAITI É AQUI: BANDA LARGA NO BRASIL É PIOR DO QUE NO HAITI, ETIÓPIA E IGUAL À DO IRAQUE, PAÍS DESTRUÍDO PELA GUERRA

O CASAMENTO REAL DE WILLIAM E KATE MIDDLETON MOSTRA QUE A MÍDIA E O BRASIL NÃO PERDERAM O COMPLEXO DE VIRA-LATA

Casamento real: Imagens que atuam no inconsciente

Durante 8 anos do governo Lula, o ministro Celso Amorim das Relações Exteriores e o próprio presidente tentaram apagar do Brasil o complexo de vira-lata.

O complexo de vira-lata é a subserviência e a postura de inferioridade a que muitas vezes o Brasil se coloca diante de temas internacionais. Um exemplo dessa atitude é um ministro brasileiro ser obrigado a tirar o sapato para entrar nos EUA, como aconteceu com o ex-ministro Celso Lafer, no governo de Fernando Henrique Cardoso.

Um exemplo de como esse complexo está recalcado é a cobertura da mídia sobre o casamento real inglês. Ela é a prova de que é difícil se livrar de um complexo de vira-lata. O Brasil vai precisar de muitos anos no divã da democracia.

O casamento real inglês é um fetiche monarquista, que deveria ser motivo de piada para um país laico e republicano como o Brasil. No entanto, a cobertura da grande mídia soa como algo a ser invejado, copiado, bonito, um acontecimento. Ou seja, deveríamos nos espelhar no passado pré-iluminista e não nas conquistas democráticas que são tão caras ao país.

A cobertura do casamento, nas entrelinhas, trabalha com o arquétipo do conto de fadas. A menina pobre que se torna princesa. E esse é um apelo muito forte em nossos desejos, no inconsciente. O sonho realizado numa conquista individual. O casamento encanta.

Assim tentamos copiar os ingleses. Mas deveríamos fazer outra cobertura da Inglaterra, uma cobertura sobre o sistema de saúde inglês, que é universal, bem gerenciado e gratuito para toda a população. Deveríamos dizer que na Inglaterra praticamente não há plano de saúde porque o governo inglês cuida da saúde de seu povo. Mas isso com certeza não interessa ao Brasil e nem a empresas que precisam do anúncio de planos de saúde.  O casamento sim, porque nos toca, é gostoso de ver.

Quem sabe um dia, a mídia tenha alta médica e se livre do complexo de vira-lata.

Leia mais em Educação Política:
QUE PAÍS É ESSE? BAFÔMETRO NA LAND ROVER DO AÉCIO NEVES MOSTRA QUE O BURACO É MAIS EMBAIXO
DEPUTADO FAZ PROJETO DE FUNDAMENTAL IMPORTÂNCIA PARA A POPULARIZAÇÃO DA INTERNET NO BRASIL
PUBLICIDADE GOVERNAMENTAL: LULA DEU O PRIMEIRO PASSO DE UMA REVOLUÇÃO NA COMUNICAÇÃO, BASTA DILMA APROFUNDAR
NUNCA ANTES NA HISTÓRIA DESTE PAÍS: BRASIL ELEGE UM PROJETO POLÍTICO E NÃO UM LÍDER
%d blogueiros gostam disto: