Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

Arquivos de tags: esgoto

FALTA SANEAMENTO BÁSICO NO PAÍS DAS TVS E TELEFONES

Muito esgoto ainda corre a céu aberto!

Da Agência Educação Política

A última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) realizada em 2009 mostra que no Brasil há mais casas com telefone do que com serviços de saneamento básico, como coleta de lixo e esgoto. Esse dado impressiona já que saneamento básico, como o próprio nome já diz, é básico, algo que deve estar presente em todas as regiões do país, já que dele depende a saúde e o bem estar da população de forma geral.

O problema não está no fato do telefone fixo ou móvel estar presente na maioria das residências visitadas. De fato, o serviço de telefonia tem crescido nos últimos anos e adquirir um aparelho celular, principalmente, está cada dia mais fácil. O que impressiona é que a presença deste tipo de item não é tão importante em uma residência quanto uma rede coletora de lixo e esgoto, portanto, o natural seria que as casas primeiro estivessem assitidas com o básico e essencial, para depois contarem com um produto supérfluo.

No entanto, neste ponto a equação se inverte. Hoje, está mais fácil adquirir um telefone do que ter uma rede coletora de esgotos. Na lógica atual, o essencial está sendo substituído pelo supérfluo, entretanto, vale dizer que o essencial, por definição, não é passível de susbtituição. Uma hora ou outra ele faz falta, e as consequências dessa falta tendem a ser mais graves do que as ocasionadas pela falta de um telefone, por exemplo.

Algo está errado. Se está tão fácil adquirir um telefone, por que é tão difícil fazer com que o saneamento básico chegue à casa dos brasileiros? Não se trata simplesmente de culpar o serviço público e dizer que as coisas no âmbito privado vão melhor. É importante dizer que, em 2009, alguns avanços já foram notados no quesito saneamento básico em comparação com o ano de 2008, portanto, o poder público vem fazendo a sua parte. Mesmo assim, ainda falta o básico em muitos lares pelo Brasil, principalmente na região Norte.

Talvez, isso tudo possa ser interpretado como um sinal de que precisamos mais de público e menos, ou pelo menos, não tanto de privado. Se ambos estiverem equilibrados já estará de bom tamanho!

Casas têm mais telefone que saneamento básico, diz Pnad
Terra Notícias
Por Thaís Sabino

São Paulo – Em todos os estados do País foi constatado que existem mais casas com acesso à telefonia do que à rede coletora de esgoto. Além disso, em seis estados, mais casas têm telefone do que o serviço de coleta de lixo. Para a população de Rondônia, Acre, Tocantins, Piauí, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso o telefone está mais presente no cotidiano do que o recolhimento do lixo. Os números são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) 2009, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O acesso à telefonia mostrou expressiva evolução impulsionado pelo crescimento do mercado de celulares. De 2008 para 2009, o aumento no número de casas com algum tipo de telefone foi de 2,1milhões, e dos que possuíam somente telefone celular foi de 2,5 milhões. (Texto Completo)

Leia mais em Educação Política:

PRESIDENTE LULA TEM 30 ANOS DE HISTÓRIA POLÍTICA E A VELHA MÍDIA QUER QUE ELE JOGUE FORA PARA BENEFICIAR O CANDIDATO TUCANO
ÍNDICE DE LEITURA CRESCE NO BRASIL, MAS AINDA É PEQUENO EM COMPARAÇÃO AOS PAÍSES DESENVOLVIDOS
ANALFABETISMO FUNCIONAL ATINGE 20% DOS BRASILEIROS, DIZ IBGE, E O PROFESSOR É APONTADO COMO UMA DAS SOLUÇÕES PARA O PROBLEMA
JOSÉ SERRA DEVERIA EXPLICAR EMPRESA DA FILHA VERÔNICA QUE ASSESSORAVA COMPRAS GOVERNAMENTAIS QUANDO ELE ERA MINISTRO

PESQUISA MOSTRA QUE LODO DE ESGOTO AUMENTA A PRODUTIVIDADE DA CANA-DE-AÇÚCAR EM 12%

Lodo de esgoto substitui adubo mineral na cana-de-açúcar

Da Agência USP

Uma solução para o lodo gerado no tratamento de esgoto

A utilização de lodo de esgoto na adubação de cana-de-açúcar pode substituir em 100% o uso do adubo mineral nitrogenado necessário para a cultura da planta. Além dos benefícios ambientais e ecológicos, a técnica pode aumentar a produtividade e diminuir custos. Essas são as conclusões da pesquisa coordenada pelo professor Cassio Hamilton Abreu Junior, do Centro de Energia Nuclear na Agricultura (Cena) da USP, em Piracicaba.

Segundo o professor, a atividade humana nas cidades gera dois importantes resíduos: lixo urbano e lodo de esgoto (oriundo do tratamento dos esgotos domésticos). “Lembrando que os solos brasileiros são pobres em matéria orgânica, a utilização de composto do lixo para fins agrícolas vem sendo difundida por estudos acadêmicos porque, além de rica fonte de matéria orgânica, elimina ou minimiza o uso de adubos minerais”, destaca. “No caso do uso agrícola do lodo de esgoto doméstico, sua aplicação é controlada por autorização da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb). “Apesar de o lodo possuir matéria orgânica e nutrientes importantes para o crescimento das plantas como nitrogênio e fósforo, também pode conter patógenos, metais pesados e compostos orgânicos”, explica. Saiba mais

%d blogueiros gostam disto: