Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

Arquivos de tags: Hollywood

VÍDEO FAZ PENSAR SOBRE REPRESENTAÇÃO DAS MULHERES NA INDÚSTRIA CINEMATOGRÁFICA DE HOLLYWOOD

HOLLYWOOD ESTARIA VIVENDO NOSTALGIA DO SILÊNCIO COM AUMENTO DE PROJETOS DE CINEMA E TEATRO INSPIRADOS NA ERA MUDA

Cena de O Artista - "nostalgia do silêncio"

Processos silenciosos permitem ao indivíduo perceber a si mesmo e o mundo ao seu redor. O silêncio sempre foi bastante explorado pelos filmes de arte e foi durante muito tempo o principal material do cinema com os filmes mudos. É interessante perceber como atualmente, em uma época onde os efeitos especiais e a exploração sonora de todos os tipos e em diversos níveis é tão expressiva, o silêncio volta a ganhar espaço juntamente com os roteiros que abordam histórias pessoais.

As biografias silenciosas estão em alta em Hollywood que viveria uma espécie de nostalgia da era muda, segundo reportagem do The Observer publicada pela Carta Capital. Tudo teria começado com o sucesso do filme mudo O Artista, que promete ser uma das surpresas do Oscar para esse ano. O filme se passa na Hollywood dos anos 20, e conta a história de George Valentin (Jean Dujardin), uma das maiores estrelas do cinema mudo.

A partir daí, uma série de produções não só de filmes mudos, como também de peças de teatro e filmes que homenageiam as estrelas da época passaram a surgir, como um musical baseado na vida de Charles Chaplin, que estreará na Broadway este ano e um filme baseado no astro romântico da era silenciosa Rudolph Valentino e que se concentra na morte precoce do ator, aos 31 anos.

O filme revela que o astro apenas compreende sua vida através de uma sequência silenciosa e onírica em que tem fama e glória, mas é privado das coisas mais prezadas na vida. Tem-se assim a combinação entre silêncio e percepção pessoal, entre silêncio e limite ou ponto chave da existência.

E é essa a receita que tem feito sucesso: a inspiração na era muda somada a uma boa história, por isso, críticos e comentadores de cinema norte-americanos dizem que não se surpreenderiam se muitos filmes baseados na vida de Chaplin não começassem a surgir por aí. Explorar as potencialidades do silêncio e das boas histórias parece ser, neste sentido, a grande lição que O Artista dá ao cinema contemporâneo.

Veja texto completo aqui.

E trecho com o trailer de Os Artistas:

Veja mais mais Educação política:

TEATRO, MÚSICA E DANÇA JUNTOS EM ESPETÁCULO QUE CONTA A HISTÓRIA DA PSIQUIATRA NISE DA SILVEIRA
A ARTE EXTRAVASANDO AS PORTAS E PAREDES DO COTIDIANO: BELA APRESENTAÇÃO DE CORPO, MÚSICA E DANÇA
MUITO MAIS DO QUE A GRANDE FAMÍLIA: VIANINHA CONSTRUIU UMA DRAMATURGIA QUE INVESTIGOU AS ASPIRAÇÕES E OS DILEMAS DA CONDIÇÃO HUMANA
VÍDEOARTE INSPIRADA NA POESIA CHUPAR LARANJA, DE DRUMMOND, REGISTRA A SENSUALIDADE FEMININA DE FORMA SUTIL
%d blogueiros gostam disto: