Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

Arquivos de tags: Jornal Nacional

Nuno Ramos impagável: suspeito que estamos f…

Veja abaixo alguns dos melhores momentos do inclassificável texto de Nuno Ramos, Suspeito que estamos….
Suspeito, por exemplo, que quase todas as praias em cidades (Continue lendo…)

REDE GLOBO RETIRA LOGO DA EMPRESA DE MICROFONES COM MEDO DE HOSTILIZAÇÕES DURANTE PROTESTOS PELO BRASIL

Do Vi o Mundo/ dica do Gustavo Costa

O Jornal Nacional noticiou nesta segunda-feira que os manifestantes gritaram palavras de ordem contra a TV Globo ao longo da marcha.

Eles se concentraram na ponte estaiada, sobre a marginal do rio Pinheiros, frequentemente mostrada nos estúdios da Globo localizados nas proximidades.

Aparentemente por precaução, repórteres da emissora não usaram o cubo que identifica a TV quando estavam próximos dos manifestantes.

A transmissão ao vivo foi feita a partir de um helicóptero.

Veja explicações de Patrícia Poeta no JN aos protestos contra a Globo:

Veja mais:

 

 

GLOBO E GRANDE MÍDIA QUEREM VER SANGUE NO MENSALÃO, MAS NÃO MOVEM UMA PALHA PELO FINANCIAMENTO PÚBLICO DE CAMPANHA

Há um certo desespero nas organizações Globo e na grande mídia que está aliada ao projeto político representado pelo PSDB/DEM.

A forma como transforma um julgamento do Supremo demonstra que a grande mídia não consegue enxergar outra alternativa a não ser uma festa para ter um trunfo contra Lula e o PT, partido que ainda hoje representa certa esperança de avanços sociais dentro do país mais desigual do mundo.

Há outros escândalos políticos que, em termos financeiros, foram maiores do que este em relação ao possível desfalque dos cofres públicos, há outros escândalos que são mais antigos e não foram a julgamento e há outros escândalos com personalidades até mais influentes do que essas que estão sendo julgadas agora. Portanto, é uma cobertura jornalística totalmente partidarizada.

Mas a elevação do julgamento do Supremo ao máximo da espetacularização é uma forma de se agarrar aos interesses econômico-políticos de grupos inconformados com as transformações econômicas do país e principalmente com a possibilidade de democratização dos meios de comunicação. Para o jornalista Jânio de Freitas, da Folha de S.Paulo, o julgamento já aconteceu pela exposição midiática de veículos alinhados ao que ele próprio trabalha.

Veja que até o momento não há qualquer discussão na mídia sobre os motivos que levaram a esse processo e que é de conhecimento de todo mundo: o financiamento privado de campanha, ou seja, a compra explícita e legal de políticos por empresários e grupos econômicos durante o processo eleitoral. A mídia quer ver o sangue no mensalão, mas não move uma palha para o financiamento público de campanha. Ou melhor, é contra. Defende esse sistema que gerou o mensalão do PT, o mensalão do PSDB, o mensalão do DEM. E mais, se investigar de uma forma ampla, vai chegar a todos os partidos.  Ninguém dá dinheiro de graça. Ou você conhece alguém que distribui dinheiro?

Para as organizações Globo, o circo armado para a cobertura do mensalão, o exagero de colocar 19 minutos no Jornal Nacional em apenas dois dias, por exemplo, serve também para outros motivos. Primeiro, deixar de lado a cobertura da CPMI do Cachoeira e, segundo, esquecer um pouco das Olimpíadas, que está sendo veiculada pela sua principal concorrente, a Record.

O problema é que essa exposição excessiva tende a enfastiar o telespectador depois de algum tempo. E a pressão da grande mídia pode ficar ainda mais dramática caso esse julgamento se arraste por meses. Isso porque é muito improvável que o cronograma seja devidamente cumprido.

Veja mais em Educação Política:

NOTÍCIAS DIÁRIAS SOBRE AS BOLSAS DE VALORES NA GRANDE MÍDIA FUNCIONA COMO UMA DITADURA IDEOLÓGICA DA INFORMAÇÃO

Notícia diária em rede nacional para 0,3% da população

A informação sobre o sobe e desce das bolsas de valores todos os dias no rádio e na televisão funciona como uma lavagem cerebral e não tem nada de jornalismo. Todos os dias o Jornal Nacional nos mostra como estão as bolsas do Brasil, dos Estados Unidos, de países da Europa, do Japão etc… A Rádio CBN, por exemplo, expõe a situação da bolsa praticamente a cada meia hora. E para quê? Quantos brasileiros têm dinheiro aplicado em bolsas fora do pais? Ou melhor, quantos brasileiros tem dinheiro aplicado na bolsa no Brasil? Segundo informações do próprio mercado empresarial, menos de 1% da população investe na bolsa. Alguns sites especializados falam em 0,2% ou 0,3%.

Qual o motivo de se dar notícia diuturnamente sobre a bolsa em rádio e televisão abertas, fora de programas exclusivamente econômicos? Aparentemente nenhuma. Eles servem para criar uma expectativa de tensão na população. Em momentos especulativos, em que agentes financeiros podem apostar contra alguma moeda, as bolsas oscilam de forma mais intensa, provocando a sensação na população de que alguma coisa está errada.

Quando ocorre alterações bruscas há pelo menos a justificativa jornalística de que há algo anormal, mas a notícia diária das bolsas de valores são profundamente irrelevantes para o espectador ou ouvinte, assim como são enfadonhas. No entanto, lá estão essas notícias diariamente, como se fossem um dogma do jornalismo. Elas não tem novidade, não tem interesse (menos e 1% aplicam em bolsa), não tem empatia, não tem interesse público ou social, não tem ineditismo, não tem improbabilidade e não tem apelo, mas é um dogma.

Um dogma criado para sustentar a ditadura ideológica dos especuladores financeiros, que pelos meios de comunicação, expressam incessantemente (diariamente) que o interesse dos grandes apostadores das bolsas de valores são os mesmos interesses de toda a sociedade. Na maioria das vezes, em verdade, são o contrário. Eles apostam contra uma moeda e destroem a economia de um país, ou colocam esse país em condições financeiras de difícil solução e tendo de adotar medidas de austeridade fiscal contra a população, enquanto engordam seus lucros.

É certo que a ação da grande mídia hoje no Brasil está no nível mais baixo da intervenção. Ela atua politicamente, defendendo certos grupos políticos, mas a questão econômica são o seu grande triunfo ideológico, visto que cria uma espécie de chantagem sobre a vida política e cultural do país.

Leia mais em Educação Política:

COM JUSTIÇA CORONELISTA, BRASIL SE IGUALA À SOMÁLIA E AO PAQUISTÃO EM MORTES DE JORNALISTAS E É O 5º EM ASSASSINATOS
VÍDEO IMPERDÍVEL: CIRO GOMES EXPLICA JOSÉ SERRA BEM FUNDAMENTADO NA FOLHA, ESTADÃO, VEJA E GLOBO
QUE ABSURDO! GILMAR MENDES DESMENTE GILMAR MENDES E DIZ QUE LULA ‘NÃO FEZ NENHUM PEDIDO EM RELAÇÃO AO MENSALÃO’
PHOTOSHOP E BLOGOSFERA SE TORNARAM UMA MISTURA EXPLOSIVA PARA A REVISTA VEJA


REDE GLOBO E WILLIAM BONNER: UM ENTREVISTADOR DURO COM DILMA ROUSSEFF E MEIGUINHO COM JOSÉ SERRA

Veja abaixo três trechos das entrevistas do Jornal Nacional, da Rede Globo, com os candidatos à presidência.

No primeiro, a entrevista de Dilma para mostrar como se comportou William Bonner durante todo o tempo, atacando e agressivo.

No segundo, a própria Fátima Bernardes pede para Bonner se calar e deixar a candidata Dilma falar

No terceiro, a meiguice de Bonner

William faz com Dilma o que não fez com Serra

Fátima Bernardes pede para Bonner deixar a Dilma falar

A meiguice de Bonner

Veja mais em Educação Política:

INCRÍVEL: EM PLENA CAMPANHA ELEITORAL, PSDB ASSUME QUE DESTRUIU A TV CULTURA
REVISTA VEJA SE INSPIRA NA DIREITA NORTE-AMERICANA, VEJA O NÍVEL DA BAIXARIA QUE ACONTECE POR LÁ
PSDB APARELHA A TV CULTURA HÁ 16 ANOS E O ÚLTIMO APARELHAMENTO FOI A RETIRADA DE HERÓDOTO BARBEIRO DO RODA VIVA
QUEM PODE RESPONDER A DÚVIDA DO PROFESSOR INGLÊS STUART HALL SOBRE O PENSAMENTO ÚNICO NO JORNALISMO DA GRANDE MÍDIA?

POBRES VIVEM INFERNO ASTRAL NAS MÃOS DE JOSÉ SERRA (PSDB) E GILBERTO KASSAB (DEM): DE UM LADO ALAGAMENTO E DE OUTRO, INCÊNDIO

Os pobres e moradores da periferia de São Paulo estão sofrendo nas mãos de José Serra (PSDB) e Gilberto Kassab (DEM): de um lado alagamento e de outro incêndio.

Enquanto isso, o governo de São Paulo faz dois comerciais exaltando algumas ações num mesmo intervalo do Jornal Nacional da Rede Globo. Serra continua apostando que marketing ganha eleições e não gestão administrativa. Será que vai dar certo?

Leia mais em Educação Política:
O MAL-ESTAR DA GRANDE MÍDIA
O ENIGMA DO PANETONE: VEJA SÓ ONDE ESTÁ O PROBLEMA DA CORRUPÇÃO NO GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL E EM TODO BRASIL
PODER JUDICIÁRIO DE GILMAR MENDES É GRANDE O ROTEIRISTA DOS VÍDEOS DO GOVERNADOR DO DISTRITO FEDERAL, JOSÉ ROBERTO ARRUDA
VEJA COMO É A REFORMA AGRÁRIA DO PSDB E DO DEM, PARTIDOS DE JOSÉ ROBERTO ARRUDA, KÁTIA ABREU E JOSÉ SERRA: TIRA DO POBRE E DÁ AO RICO

JORNAL NACIONAL, QUE JÁ FOI SÍMBOLO DE PODER POLÍTICO, NA ERA DO DIRETOR DE JORNALISMO, ALI KAMEL, PERDE IMPORTÂNCIA POLÍTICA A CADA ANO

O Jornal Nacional, da Rede Globo, que já foi o símbolo máximo do poder político dos meios de comunicação no Brasil está em franca decadência. Uma decadência que vem se mantendo com a presença de Ali Kamel na definição da política ediorial da empresa.

O reinado de Ali Kamel na TV Globo poderá ser marcado para a história como o fim da hegemonia política do Jornal Nacional. Um jornal que já definiu eleições, mas que recentemente tem dificuldade de emplacar o seu candidato à presidência da República. Se cada ponto percentual corresponde a 60 mil telespectadores, o JN perdeu em dez anos cerca de 500  mil telespectadores. Veja abaixo tabela publicada pelo site Adnew.

O ibope do Jornal Nacional na década (Grande SP):

2000 – 39,2 pontos
2001 – 37,8 pontos
2002 – 36,6 pontos
2003 – 36,6 pontos
2004 – 39,8 pontos
2005 – 35,8 pontos
2006 – 36,4 pontos
2007 – 34,0 pontos
2008 – 32,5 pontos
2009 – 31,0 pontos

Leia mais em Educação Política:
O MAL-ESTAR DA GRANDE MÍDIA
MANCHETES DO ESTADÃO E DA FOLHA SOBRE ENCHENTE EM SÃO PAULO SÃO UMA PIADA HISTÓRICA OU ESTÃO ERRADAS
CAETANO VELOSO NÃO É BURRO: FAZ CRITICA DE LULA POR MARKETING, MAS É BASTANTE LÚCIDO PARA MOSTRAR O LIXO QUE É A REVISTA VEJA
MILLÔR FERNANDES ACUSA REVISTA VEJA DE PIRATARIA: DEFENSORES DOS DIREITOS AUTORAIS NÃO GOSTAM DE PAGAR DIREITOS AUTORAIS
PORTAL VERMELHO É O SITE DE PARTIDO POLÍTICO MAIS AVANÇADO NA CONCEPÇÃO DE ESPAÇO DE MEDIAÇÃO CULTURAL
%d blogueiros gostam disto: