Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

Arquivos de tags: MPB

MANO BROWN RESUMIU BEM O MÚSICO LOBÃO: “AGE COMO UMA PUTA PARA VENDER LIVRO”

Do pragmatismo político

brown-lobaoLançando o livro Manifesto do Nada na Terra do Nunca,o músico Lobão atacou diversas personalidades brasileiras. Em trechos da publicação, o cantor chama Dilma Rousseff de “torturadora” e o cantor Roberto Carlos é referido como “múmia deprimida”. Os ataques respingaram também nos rappers do Racionais MCs, descritos como “braço armado do PT”.

Mano Brown, líder do grupo paulistano de rap, foi ao Twitter responder alguns fãs que questionaram qual seria sua postura após o ataque de Lobão.

Veja a resposta de Mano Brown:

Conheci o Lobão em 1996. Cumprimentei e depois disso nunca mais o vi. Sinceramente não tenho o que falar da pessoa dele. Estranho o Lobão falar de mim sem nunca ter me conhecido. Não entendo a postura dele agora. Ele pregava a ética e a rebeldia. Age como uma puta para vender livro. Nos anos 80 as ideias dele não fizeram a diferença para a gente aqui da favela. Ninguém é obrigado a concordar com ninguém, nem ele comigo. O Lobão está sendo leviano e desinformado. Tô sempre no Rio de Janeiro, se ele quiser resolver como homem, demorô! Do jeito que aprendi aqui“.

Veja mais:

SUCESSO EM VÍDEO CLIP: O CARA DO FIAT UNO E A PISADA QUENTE

DA SÉRIE OBRA-PRIMA: A GENIALIDADE DE CLEITON ROLO EM MATUTO E ALÉM: QUERIA SER DESLUMBRADO, SEM ME IMPORTAR COM NINGUÉM…

Matuto e Além
(Cleiton Rolo)

Pra se conter e se livrar da agonia
E se desligar do clubinho da minoria.

Transparecer e glorificar a ironia
É papo furado é vacilo é monotonia

Queria ser deslumbrado.
Sem me importar com ninguém.
Queria ser deslumbrado.
Meio matuto e além.

Cabe dizer que eu acordei mais um dia.
E isso é maior que toda filosofia.

Passa-se o tempo e a coisa te desafia
A moderar e a economizar na alegria.

Queria ser deslumbrado.
Sem me importar com ninguém.
Queria ser deslumbrado.
Meio matuto e além.

(Disco pode ser baixado no site do músico)

Leia mais  em Educação Política:

DA SÉRIE OBRA-PRIMA: EU SEI, DE RENATO GODÁ, EM QUE A VIDA INTEIRA É CURTA, PASSADO NÃO TEM CURVA E O TEMPO AINDA É PIOR

 

Canção de Renato Godá – do Albúm “Canções Para Embalar Marujos”

Eu sei,
que o homem-bala voa,
que a trapezista voa,
e o tempo ainda é pior

Eu sei,
que os automóveis correm,
que os trens nos trilhos correm,
e o tempo ainda é pior.

Porém,
posso esquecer das horas,
abusar da demora,
pra ficar com você.

Eu sei,
a vida inteira é curta,
passado não tem curva,
e o tempo ainda é pior.

Eu sei,
os sonhos envelhecem,
certezas vão embora,
e o tempo ainda é pior.

(2X)Porém,
posso esquecer das horas,
abusar da demora,
pra ficar com você.

Por fim,
se o Super-Homem voa,
se a bailarina voa,
e o tempo ainda é pior.

Eu vou,
nesse compasso lento,
em meio ao contratempo,
sem pressa de entender.

E sim,
posso esquecer das horas,
abusar da demora,
pra ficar com você.

Sim,
posso esquecer das horas,
abusar da demora,
pra ficar com você.

Veja mais em Educação Política:

BOI DE HAXIXE, UMA OBRA-PRIMA DE ZECA BALEIRO
OBRA-PRIMA: DA BOCA DA NOITE AO PINGO DO MEIO DIA/ PASSEI HORAS PROCURANDO A TUA BOCA E ELA NÃO RESPONDIA
VIVO, OBRA-PRIMA DE LENINE E RENNÓ
DA SÉRIE OBRA-PRIMA: UM INCRÍVEL DIÁLOGO ENTRE O PIANO E A GUITARRA EM GAROTO DE ALUGUEL COM THAÍS GULIN

MEU MUNDO, POR CEUMAR – QUALQUER DIA, QUALQUER HORA, É TEMPO DE FALAR DE AMOR

DA SÉRIE OBRA-PRIMA: UM INCRÍVEL DIÁLOGO ENTRE O PIANO E A GUITARRA EM GAROTO DE ALUGUEL COM THAÍS GULIN

Thaís Gulin e sua heavy mpb

A canção de Zé Ramalho, Garoto de aluguel, foi regravada e revestida por um estilo mpb heavy, de Thaís Gulin.

Em algumas outras músicas dos dois discos da cantora, ela, que tem um estilo Buarque de Holanda, expõe uma rebeldia de estilo nos arranjos às vezes um pouco pesados para a tradicional música popular brasileira.

Em Garoto de Aluguel, há um incrível diálogo entre o piano e a guitarra, fortes e intensos, enquanto a voz pararece se conter, não quer exagero. O resultado sonoro é belíssimo.

O vídeo poderia ser melhor

Garoto de Aluguel (de Zé Ramalho)

Baby, dê-me seu dinheiro que eu quero viver
Dê-me seu relógio que eu quero saber
Quanto tempo falta para te esquecer
Quanto vale um homem para amar você

Baby, minha profissão é suja e vulgar
Quero um pagamento para me deitasr
Junto de você estrangular meu riso
Guarde seu amor que dele não preciso

Baby, nossa relação acaba-se assim
Como um caramelo que chegasse ao fim
Na boca vermelha de uma dama louca
Pague meu dinheiro e vista a sua roupa

Baby, deixe a porta aberta quando for saindo
Você vai chorando e eu fico sorrindo
Diga prás amigas que tudo foi mal
Nada me importa ser um marginal

Veja mais em Educação Política:

TRIO PÉ DE MULANGO APOSTA NA SONORIDADE DA RABECA E DA VIOLA CAIPIRA PARA CRIAR UM RITMO EXPRESSIVO COMO ELE SÓ
PRIMUS, PEÇA DA BOA COMPANHIA, IMPRESSIONA PELA QUALIDADE TÉCNICA E ESTÉTICA, MAS AO FINAL FICA UMA QUESTÃO…
QUANDO SENTIDOS E DESEJOS VIRAM MERCADORIA: 1,99 UM SUPERMERCADO QUE VENDE PALAVRAS
AMY WINEHOUSE EM YOU KNOW I´M NO GOOD, LEGENDADO

SE EU SOUBESSE, POR CHICO BUARQUE E THAÍS GULIN

Em ritmo de Bossa Nova e acordes de MPB, a cantora e compositora curitibana Thaís Gulin harmoniza neste vídeo sua voz à do também cantor e compositor Chico Buarque. Na gravação de Se eu soubesse, composição do próprio Chico para o novo disco da cantora, a combinação do belo arranjo e da perfeição na execução das notas, proporciona uma experiência sonora expressiva e de elevada qualidade.

Se eu soubesse tem uma poesia que transparece na letra, assim como quase todas as composições de Chico, e tal poesia parece combinar muito bem com as vozes de Chico e Thaís, ambas suaves e sintonizadas em um mesmo destino musical.

Ouça mais em Educação Política:
AMY WINEHOUSE EM YOU KNOW I´M NO GOOD, LEGENDADO
TRÊS PRODUÇÕES CINEMATOGRÁFICAS BASEADAS NA OBRA DE RENATO RUSSO PROMETEM REVELAR UMA BRASÍLIA CONTESTADORA QUE MUDOU A HISTÓRIA DO ROCK NACIONAL
JOÃO, DA BOSSA NOVA E DO MUNDO
MAMBEMBE, CHICO BUARQUE E ROBERTA SÁ

SOM DELICADO E RITMO AGRADÁVEL, ASSIM SE FAZ TULIPA RUIZ

Tulipa Ruiz, desde suas primeiras apresentações como cantora associada ao estilo MPB conquistou elogios da crítica e do público. Sua voz é daquele tipo macia e fácil, que executa as notas com naturalidade e parece estar eternamente cantando para um grupo de amigos.

As letras das músicas também são originais e preservam um sutil tom de poesia que faz do som uma experiência ainda mais agradável. Com naturalidade, equilíbrio e talento, Tulipa Ruiz se faz uma ótima alternativa musical para quem busca sons diferentes e de qualidade. Ela tem força e leveza ao mesmo tempo e é assim, dialogando com seus opostos conciliados, que a cantora vai construindo uma bela trajetória que tem tudo para ser algo mais do que efêmera…

Ouça mais em Educação Política:

QUANDO A VASSOURA É UM INSTRUMENTO MUSICAL
PIANO NEGRO, SOM DO GRUPO SANDÁLIA DE PRATA
CONCERTO EM RÉ MAIOR PARA TROMPETE, LEOPOLD MOZART
OS MULHERES NEGRAS CANTAM ‘MILHO’, COM A PARTICIPAÇÃO DE ALMIR SATER

DA SÉRIE OBRA-PRIMA: O SOM VELA ABERTA DE WALTER FRANCO

MÚSICA, HUMOR E ALEGRIA. É A TRUPE CHÁ DE BOLDO

DA SÉRIE OBRA-PRIMA: ALMA NÃO TEM COR, DE ANDRÉ ABUJAMRA, NO KARNAK

BOI DE HAXIXE, UMA OBRA-PRIMA DE ZECA BALEIRO

Na série obra-prima do blog Educação Política, Zeca Baleiro pode ter várias músicas, mas Boi de Haxixe é uma das melhores.  No entanto, o que tornou essa música uma beleza indescritível foi o arranjo e a voz na gravação de Ceumar. Não achei um link de fácil acesso com a Ceumar. Então escutem na versão do próprio autor.

Boi de Haxixe com Zeca

Boi de Haxixe

Quando piso em flores

Flores de todas as cores
Vermelho-sangue
Verde-oliva
Azul-colonial (celestial)
Me dá vontade de voar sobre o planeta
Sem ter medo da careta na cara do temporal

Desembainho a minha espada cintilante
Cravejada de brilhantes
Peixe espada, vou pro mar
O amor me veste com o terno da beleza
E o salun da natureza
Abre as portas preu dançar

Diz o que tu quer que eu dou
Se tu quer que eu vá, eu vou

Meu bem, meu bem-me-quer
Te dou meu pé, meu não
Um céu cheio de estrelas
Feitas com caneta bic num papel de pão

Veja mais em Educação Política:

VALE A PENA OUVIR MILÁGRIMAS COM ALZIRA ESPÍNDOLA

CÓPIA OU DOWNLOAD DE OBRA ARTÍSTICA SEM O INTUITO DE LUCRO NÃO É CRIME E NEM CONTRAVENÇÃO PENAL NO BRASIL

OBRA-PRIMA: DA BOCA DA NOITE AO PINGO DO MEIO DIA/ PASSEI HORAS PROCURANDO A TUA BOCA E ELA NÃO RESPONDIA

OBRA-PRIMA: DA BOCA DA NOITE AO PINGO DO MEIO DIA/ PASSEI HORAS PROCURANDO A TUA BOCA E ELA NÃO RESPONDIA

OBRA-PRIMA

Ceumar é mais uma da série obra-prima da música brasileira. O Brasil pulsa com a sua arte que muitos não podem ver, não podem sentir. Mas basta procurar…como derreter neve, explodir nave.

Para os que fazem do cotidiano uma eterna paixão.

Boca da Noite

Composição: Ceumar / Chico César / Tata Fernande

Da boca da noite ao pingo do meio-dia
Passei horas procurando a tua boca
E ela não respondia
Por amor ou euforia
Tudo de novo eu faria
Por amor ou euforia
Eu faria tudo de novo
Derreteria a neve
Explodiria a nave
Derreteria a neve
Explodiria a nave
Cantaria Wave
Por amor ou euforia
Tudo de novo eu faria
Por amor ou euforia
Eu faria tudo de novo

Leia mais em Educação Política:

CURSO LIVRE DE TEATRO É UMA EXPERIÊNCIA PARA ALÉM DA DRAMATURGIA

CRIANÇAS INVISÍVEIS (ALL THE INVISIBLE CHILDREN) É UMA POEMA DRAMÁTICO DA SITUAÇÃO DA INFÂNCIA NO MUNDO MODERNO

PARADISE NOW É UM BELO FILME EM TEMPOS DE GUERRA ISRAELENSE EM GAZA

VALE A PENA OUVIR MILÁGRIMAS COM ALZIRA ESPÍNDOLA

VIVO, OBRA-PRIMA DE LENINE E RENNÓ

%d blogueiros gostam disto: