Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

Arquivos de tags: PMDB

Nova Política: Presidente da Câmara, Henrique Alves, já trabalha a favor da impunidade de parlamentares

O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) já está trabalhando a favor da impunidade dos parlamentares. Ele criticou ontem (29) o julgamento de parlamentares pelas turmas More…

FAÇANHA INCRÍVEL DO PSDB: DESBANCOU PMDB, PP, PR E PSB E LIDERA COM VÁRIOS PROCESSOS DE VANTAGEM NO RANKING DA CORRUPÇÃO

PMDB É ALIANÇA DOS INFERNOS: MICHEL TEMER, HENRIQUE ALVES E MIRO TEIXEIRA IMPEDEM CONVOCAÇÃO DE JORNALISTA PARCEIRO DE CACHOEIRA

Henrique Alves e Miro Teixeira: sob ordens de Michel Temer

Protetores do antijornalismo

Por Leandro Fortes

Na terça-feira 14, de posse de uma análise preparada por técnicos da CPI do Cachoeira a partir de interceptações telefônicas e documentos da Polícia Federal, o deputado Dr. Rosinha (PT-PR) estava pronto para um embate e tanto: requerer a convocação do jornalista Policarpo Jr., diretor da revista Veja em Brasília. Seria a segunda tentativa da CPI de ouvir Policarpo, mas o PT decidiu retirar o assunto de pauta, por enquanto, até conseguir convencer o PMDB a participar da empreitada. Antes, o senador Fernando Collor (PTB-AL) havia tentado sem sucesso convocar o jornalista.

O documento de mais de cem páginas elaborado por técnicos da CPI, publicado em seus principais detalhes na edição passada de CartaCapital, prova de diversas maneiras a ligação de Policarpo Jr. com o bicheiro Carlinhos Cachoeira, a quem o diretor da semanal da Editora Abril chegou a solicitar um grampo ilegal contra o deputado Jovair Arantes (PTB-GO).

Na segunda-feira 13, um dia antes da data prevista para Dr. Rosinha se manifestar, uma tensa reunião ocorrida na casa do deputado Jilmar Tatto (SP), líder do PT na Câmara, tornou possível dimensionar a força do lobby da Abril sobre a bancada de quatro deputados do PMDB na comissão. O grupo atendia aos apelos do vice-presidente da República, Michel Temer, presidente do partido, e do deputado Henrique Eduardo Alves, líder da sigla na Câmara.

Constrangidos, incapazes de articular uma desculpa coerente, os peemedebistas da CPI continuam a negar apoio ao PT na empreitada. Na reunião, voltaram a se prender à falsa tese dos riscos da convocação à “liberdade de imprensa” no País. Eram eles os deputados Luiz Pitiman (DF) e Iris de Araújo (GO) e os senadores Sérgio de Souza (PR) e Ricardo Ferraço (ES).

Não há, obviamente, nenhuma relação entre um jornalista depor em uma CPI e um suposto atentado à liberdade de imprensa. No caso de Policarpo Jr., o argumento soa ainda mais esdrúxulo, uma vez que o jornalista já depôs na Comissão de Ética da Câmara, em 22 de fevereiro de 2005, no processo de cassação do ex-deputado André Luiz (PMDB-RJ).

Policarpo lá esteve, como voluntário, para defender ninguém menos que Cachoeira, a quem André Luiz pretensamente queria subornar para evitar a inclusão do nome do bicheiro no relatório final de outra CPI, a da Loterj (estatal fluminense de loterias), na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

Na casa de Tatto, a defesa da liberdade de imprensa foi o bastião dos peemedebistas. Do lado do PT, além do anfitrião e de Dr. Rosinha, estavam os deputados Odair Cunha (MG), relator da comissão, e Emiliano José (BA) e o senador José Pimentel (CE). Por mais de uma hora, os petistas revezaram-se na argumentação baseada tanto no documento preparado pelos técnicos da comissão quanto na reportagem de CartaCapital. Pouco adiantou. O PMDB não tinha ido negociar, apenas reforçar a orientação de Temer e Alves. (Texto integral)

Veja mais em Educação Política:

 

PMDB MOSTROU EXATAMENTE PARA QUE SERVE VOTAÇÃO SECRETA DE PARLAMENTAR: CHANTAGEAR GOVERNO PARA LEVAR O DINHEIRO DO POVO BRASILEIRO

English: Dilma Rousseff with her running mate ...

Amigo da onça; seria literalmente?

Caciques do PMDB estão sedentos pelo dinheiro do povo brasileiro. No ano passado, uma série de denúncias nos ministérios comandados pelo partido fez com que a presidenta Dilma Rousseff afastasse alguns comandantes dos esquemas de corrupção. Obras que recebiam dinheiro e não apareciam é coisa leve para essa turma.

No início do mês, a legenda por meio do voto secreto, impôs uma derrota a Dilma na nomeação de Bernardo Figueiredo para a Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT). Aliás, é nos transportes, na infraestrutura do país, que a saúva corrói de forma devastadora o dinheiro público.

A votação secreta de parlamentar é a forma perfeita para parlamentares aliados, (“aliados”) derrotarem o governo sem assumir sua responsabilidade. A covardia se manifesta de forma explícita na votação secreta. As intenções mais inescrupulosas dos “aliados” estão ali, presentes. Eles não largam o osso, não fazem oposição, eles corroem.

O duro é que essa política da pior espécie não é combatida pelos grandes meios de comunicação. Para os analistas desses veículos, o  problema é da presidenta, que precisa ter jogo de cintura, ou seja, jogar dinheiro público para a cacicada.

Ao endurecer com o PMDB, Dilma tem grandes chances de sucesso: primeiro articulando novos líderes para a legenda, dividindo o partido com setores menos afoitos pelo dinheiro público. Em segundo lugar, os interesses desse setor do PMDB são tão pérfidos que não há saída para eles, a não ser a pressão ou oposição. Mas eles não gostam da oposição.

Leia mais em Educação Política:

VOTO SECRETO PARA PARLAMENTAR SÓ É IMPORTANTE NA DITADURA
VOTO SECRETO DE DEPUTADO É UMA INDECÊNCIA NA DEMOCRACIA E DETONA A GOVERNABILIDADE
SÓ A DEMOCRACIA PERMITE MANIFESTAÇÃO E COMBATE À CORRUPÇÃO
QUANTA BOBAGEM: PROJETO FICHA LIMPA NADA TEM DE CLAMOR POPULAR E NEM PRESUNÇÃO DE INOCÊNCIA, É REGRA

BARBARIDADE TCHÊ: FAZENDEIROS QUE SE UTILIZAM DO TRABALHO ESCRAVO TÊM CURSO SUPERIOR, SÃO DO SUDESTE E FILIADOS AO PSDB, PMDB E PR

Libertação

Quem são os escravocratas do século 21?

A melhor maneira de conhecer o partido que você vai votar nas próximas eleições pode ser com uma notícia bem banal. Veja o perfil dos empresários agrícolas que mantêm trabalho escravo.

Segundo pesquisa, eles são filiados ao PSDB, PMDB e PR.

Barbaridade tchê, literalmente. Ôpa!

Fazendeiros acusados de trabalho escravo são do Sudeste, com boa formação e ligados a partidos políticos

Do Globo.com

BRASÍLIA -A pesquisa da Organização Internacional do Trabalho (OIT), que pela primeira vez traçou o perfil das vítimas de trabalho escravo no Brasil, mostra quem são os fazendeiros acusados de explorar os trabalhadores nessas condições. Com base na Lista Suja do Ministério do Trabalho, entrevistas com 12 dos 66 contactados pelo organismo permitiram concluir que a maioria deles nasceu no Sudeste, mas mora nas regiões próximas às lavouras (Norte, Nordeste e Centro-Oeste). Eles têm curso superior e declararam como profissões pecuarista, agricultor, veterinário, comerciante, gerente, consultor e parlamentar. São filiados ao PMDB, PSDB e PR.

Os aliciadores (gatos) têm baixa escolaridade, idade média de 45,8 anos, são na maior parte nordestinos e vivem nas regiões Norte e Centro-Oeste.

A pesquisa, chamada “Perfil dos principais atores envolvidos no trabalho escravo rural no Brasil”, mostra ainda que Maranhão, Paraíba e Piauí são exportadores desse tipo de mão-de-obra. Segundo o levantamento, realizado a partir de depoimentos de 121 pessoas libertadas pela fiscalização do governo, entre 2006 e 2007, esses três estados foram as principais origens dos trabalhadores resgatados em Goiás (88%) e Pará (47%). No Mato Grosso e na Bahia, 95% deles eram procedentes da região.

Segundo a OIT, a agropecuária continua sendo o setor de maior concentração de trabalho escravo, sobretudo nas fazendas de cana-de-açúcar e produção de álcool, como é o caso do Pará; plantações de arroz (Mato Grosso); culturas de café, algodão e soja (Bahia); lavoura de tomate e cana (Tocantins e Maranhão). (Texto integral no Nassif)

Leia mais em Educação Política:
VEJA A DIFERENÇA ENTRE BRASIL E SUÉCIA: VIDA DE PRÍNCIPE DE VEREADOR NESTA TERRA E VIDA DO PRIMEIRO MINISTRO DA SUÉCIA
PELA PRIMEIRA VEZ NA HISTÓRIA, O MUNDO PROTESTA CONTRA O SISTEMA FINANCEIRO E NÃO CONTRA UM GOVERNO
SÓ A DEMOCRACIA PERMITE MANIFESTAÇÃO E COMBATE À CORRUPÇÃO
VOTO SECRETO PARA PARLAMENTAR SÓ É IMPORTANTE NA DITADURA

VOTO SECRETO DE DEPUTADO É UMA INDECÊNCIA NA DEMOCRACIA E DETONA A GOVERNABILIDADE

Luiza Erundina é a favor do fim do voto secreto no parlamento

É com bastante satisfação que vemos uma deputada como Luíza Erundina (PSB), defendendo o fim do voto secreto para deputado. Isso porque esta semana ouvi pela CBN uma entrevista com um deputado do PMDB que defendia o voto secreto na Câmara Federal. Vou deixar o nome do deputado secreto também porque não vale a pena citar, visto que ele votou a favor da absolvição de Jaqueline Roriz, flagrada recebendo dinheiro da corrupção.

Nos argumentos do deputado ficou explícito o escracho com a democracia. Primeiro ele diz que votou a favor de Jaqueline Roriz, porque o crime aconteceu antes de ela ser deputada. Portanto, não poderia ser condenada por decoro parlamentar. Parece um argumento lógico, mas é o típico argumento que a justiça brasileira (a cínica) usa para livrar corruptos da cadeia. O parlamentar ou o juiz das altas cortes, para livrar corruptos, dá valor total para os procedimentos técnicos, em detrimento da questão ética, moral e, principalmente, política.  Por esse argumento, Hittler teria se mantido deputado no Brasil, mesmo se tivesse causado um holocausto antes de se eleger. Para livrar o criminoso, não há solução melhor do que a questão técnica. Pela mesma lógica, o juiz que tem dúvida sobre a maternidade de um bebê entre duas possíveis mães, deve serrá-lo ao meio. É uma questão técnica. O dinheiro da corrupção também tira a vida de bebês, pode ter certeza.

Para o deputado do PMDB cujo nome não vale a pena citar, há um certo constrangimento, em algumas votações, porque o deputado contraria o interesse de colegas. Caramba, é um rato ou um deputado? Os constrangimentos pessoais do deputado estão acima dos interesses da nação!!

Outro argumento estapafúrdio do deputado peemdebista é o de que o parlamentar fica constrangido de votar contra o governo, sendo da base governamental, porque depois “ele poderia deixar de receber suas emendas”. Aqui se percebe que o voto secreto de parlamentar também interfere na governabilidade do país. O deputado é da base governamental, mas quer votar contra o governo em algumas matérias, de forma sorrateira e traíra.  Ou seja, quer ser da base governamental, votar contra o governo e levar o dinheiro da emenda parlamentar. Quem governa esse país!!!

Leia mais em Educação Política:

VÍDEO DO DEM ACUSA KÁTIA ABREU E PSD DE CORONELISMO E CLIENTELISMO: ENTREGA DE CESTA BÁSICA PARA FORMAR PARTIDO POLÍTICO
NAS DEMOCRACIAS CONTEMPORÂNEAS, CONSCIÊNCIA DE RENDA SE TORNA MUITO MAIS IMPORTANTE DO QUE A CONSCIÊNCIA DE CLASSE
DIA 9 DE DEZEMBRO CONTRA A CORRUPÇÃO E SEM MORALISMO: NO BRASIL TEM MOBILIZAÇÃO CONTRA TUDO, MENOS CONTRA A CORRUPÇÃO
SIMPLES ASSIM: LEI DAS LICITAÇÕES DEVERIA BANIR ADITIVOS EM CONTRATOS E EXIGIR SEGURO NAS CONCORRÊNCIAS PÚBLICAS

AGORA É QUE SÃO ELAS: DILMA ROUSSEFF APOSTA NAS MULHERES PARA COMANDAR O PAÍS E CONTROLAR O FANTASMA DO PMDB

Mulheres e o fantasma do PMDB

Serão as mulheres capazes de  livrar o governo Dilma Rousseff da sanha do PMDB de governar e controlar o governo federal?

Dilma Rousseff apostou, surpreendentemente, em duas mulheres para postos importantes de negociação com o PMDB, Gleisi Hoffmann (PT-PR) e Ideli Salvatti (PT-SC). Aliás, que tem o PMDB de Michel Temer e cia como aliado não precisa de oposição.

O PMDB, desde o primeiro dia da eleição de Dilma, vem sido instado pela grande mídia a controlar o governo, devido a força parlamentar do partido. Os colunistas da grande mídia, logo nas primeiras horas após a eleição, instigavam o PMDB a reivindicar a sua parte, que não deveria ser pequena. Apesar se não ter seu projeto político eleito, repesentado por José (Bolinha de Papel) Serra, a grande mídia viu no PMDB uma forma de impedir avanços sociais e econômicos que poderá haver no governo Dilma.

A escolha das senadoras pela presidenta Dilma também causou comentários estapafúrdios na grande mídia, no sentido de dizer que eram mulheres sem envergadura para o cargo. É o tipo de pensamento mais roto que existe: para assumir um cargo é preciso ter experiência no cargo. No fundo, é a vontade de se manter sempre os mesmos nos postos de comando.  Mais um motivo para a importância das mulheres nesses novos cargos.

Da capacidade de articulação de Dilma, Gleisi e Ideli depende a governabilidade do Brasil.

É, como se vê, não foi só a eleição de uma presidenta. Agora é que são elas.

Leia mais em Educação Política:

PESQUISA DATAFOLHA SOBRE INFLAÇÃO E PALOCCI MOSTRA QUE HÁ UMA CRISE NO PODER DE CONVENCIMENTO DA GRANDE MÍDIA
FURO DE REPORTAGEM: PEDIDO DE IMPEACHMENT DE GILMAR MENDES, MINISTRO DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, NÃO É NOTÍCIA
O CASAMENTO REAL DE WILLIAM E KATE MIDDLETON MOSTRA QUE A MÍDIA E O BRASIL NÃO PERDERAM O COMPLEXO DE VIRA-LATA
QUE PAÍS É ESSE? BAFÔMETRO NA LAND ROVER DO AÉCIO NEVES MOSTRA QUE O BURACO É MAIS EMBAIXO

PMDB CAIU NA LÁBIA DA OPOSIÇÃO (DIGO VELHA MÍDIA) QUE DEFENDE O ACHINCALHE DO GOVERNO DE DILMA ROUSSEFF

Michel Temer: o trunfo de Dilma Rousseff

O PMDB caiu na lábia dos porta-vozes da oposição (a velha mídia) com a construção do blocão para chantagear e sugar o dinheiro do povo brasileiro. O pior é que foram incentivados pela própria grande mídia, que logo após a derrota de José Serra começou a lançar suas esperanças oposicionistas no PMDB.  A velha mídia incentivou o PMDB a achincalhar o governo e parece que o partido caiu.

O problema do PMDB é que Michel Temer é o vice-presidente. As dificuldades que o partido colocar para Dilma Rousseff vão cair nas costas de Temer. Dificilmente o PMDB vai inviabilizar o governo de Michel Temer, que pode perder espaço no governo Dilma. Caso o PMDB não tivesse o vice-presidente, as coisas poderiam ser bem piores para Dilma. Mas Temer é o líder que fez o partido se aliar ao governo e agora é parte do governo.

Portanto, o mais provável é que esse conflito entre PT e PMDB continue a existir até o final do mandato, mas apenas em situações isoladas.

Leia mais em Educação Política:

FALA SÉRIO OU É PIADA? VEJA MARCELO ADNET COMO UM TUCANO DE MIAMI E O MEDONHO COMENTÁRIO NA RETRANSMISSORA DA GLOBO

ESTADÃO QUER DESTRUIR O GOVERNO DILMA ROUSSEFF: JORNAL QUER EMPLACAR PALOCCI NAS COMUNICAÇÕES E CHALITA NA EDUCAÇÃO

NUNCA ANTES NA HISTÓRIA DESTE PAÍS: BRASIL ELEGE UM PROJETO POLÍTICO E NÃO UM LÍDER

IMPRESSIONANTE: MINISTRO DA EDUCAÇÃO, FERNANDO HADDAD, CONVIDA REDE GLOBO A FAZER JORNALISMO SÉRIO

PMDB NÃO PERDE TEMPO; FOI SÓ DILMA ROUSSEFF PASSAR SERRA NAS PESQUISAS PARA O PARTIDO JÁ INDICAR O VICE

Temer: o melhor entre os cotados para vice

A indicação de Michel Temer a vice na chapa de Dilma Rousseff (PT) para a presidência da República mostra um estilo bem peemedebista de fazer política. Ou seja, quer sempre estar no poder e tem sido assim desde o fim da ditadura militar.

O partido de Temer estava durão por causa de alguns problemas estaduais, onde há candidatos petistas e do PMDB disputando espaço político, mas bastou aparecerem duas pesquisas em que Dilma ultrapassa de José Serra nas intenções de voto para que o partido já indicasse o vice. O PMDB tem uma máquina política representada com cerca de 1.200 prefeitos no interior do país e o governo federal tem os resultados econômicos e sociais dos últimos anos. As chances de vitórias são muito grandes.

E Michel Temer é o melhor que o partido poderia oferecer ao PT. Diferente de Henrique Meirelles (ligado ao mercado financeiro) e Hélio Costa (ligado ao oligopólio da mídia), Temer tem um perfil mais tradicional (com seu nome mais ligados a empreiteiras). Além te ter um perfil discreto como político, ele teoricamente afasta um pouco do Palácio do Planalto os lobbys do mercado financeiros e das grandes mídias monopolistas, intimamente ligados aos outros dois cotados para vice.

Leia mais em Educação Política:

ELEITOR DO DEM, PSDB E PMDB TEM MAIS CHANCE DE VOTAR EM UM POLÍTICO CORRUPTO, MAS MATÉRIA DO GLOBO TEM ERRO BÁSICO
CAMPANHA PARA AS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS DE 2010 ESTÁ A TODO VAPOR; JOSÉ SERRA, DO PSDB, FEZ ATÉ GIBI
O AZAR DE JOSÉ SERRA: CANDIDATO DO PSDB TEM O BONDE DA MÍDIA, MAS NÃO SE ENCAIXA NO BONDE DA HISTÓRIA
PSDB QUIS VENDER E MUDAR O NOME DA PETROBRAS, MAS AGORA É UMA DAS MARCAS MAIS VALIOSAS DO MUNDO
GILMAR MENDES: UMA DAS PIORES HERANÇAS DO PSDB PORQUE É UM LEGADO NA CÚPULA DO PODER JUDICIÁRIO E VITALÍCIO
%d blogueiros gostam disto: