Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

Arquivos de tags: prisão

VÍDEO DA POLÍCIA MOSTRA PRISÃO DE SUSPEITO DE SER NEONAZISTA MINEIRO, QUE APARECE EM FOTO AGREDINDO MORADOR DE RUA

Vídeo revela prisão de neonazista que publicou foto ‘enforcando mendigo’

Do Pragmatismo Político

donado-mauro-nazista

Imagem divulgada no facebook do autor

A Guarda Municipal de Americana, cidade do interior de São Paulo, divulgou um vídeo que mostra o exato momento da prisão do neonazista que causou polêmica em Belo Horizonte ao divulgar uma foto no Facebook na qual aparece agredindo um morador de rua negro na Savassi. Antônio Donato Baudson Peret, de 25 anos, foi detido na tarde de domingo (14) ao chegar na rodoviária do município onde mora sua namorada.

Na filmagem, o neonazista aparece sendo abordado logo após sair de um ônibus. Investigadores da Polícia Civil de Minas Gerais foram até o interior de São Paulo para prender o jovem. Ele chegava de uma viagem à Capital paulista. Com Donato, foram encontradas duas facas, um facão e um soco inglês. A namorada dele também foi levada para a delegacia. Ela prestou depoimento e foi liberada.

Donato já está em Belo Horizonte e ficará detido durante pelo menos 30 dias. A prisão preventiva do jovem foi determinada pela Justiça durante o fim de semana. Ele será indiciado por apologia ao crime, com os agravantes de racismo e nazismo, e formação de quadrilha. Durante a última semana, a Delegacia Especializada de Investigações de Crimes Cibernéticos começou a investigar atuação de grupo neonazista de BH nas redes sociais. Outras três pessoas foram presas na Capital mineira. (Texto integral)

Veja mais:

SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL É UMA CALAMIDADE PARA O BRASIL; PAÍS DEVE SE AFUNDAR AINDA MAIS NA CORRUPÇÃO NOS PRÓXIMO ANOS

STF diz que condenado em segunda instância não pode ser preso até fim de recursos

Marco Antonio Soalheiro
Repórter da Agência Brasil

Gilmar Mendes, nunca se esqueça, é uma criação tucana. O estrago causado por 8 anos de governo do PSDB parece não ter fim!

Gilmar Mendes, nunca se esqueça, é uma criação tucana. O estrago causado por 8 anos de governo federal do PSDB parece não ter fim!

Brasília – Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram hoje (5) um caso concreto, no qual prevaleceu majoritariamente o entendimento de que o réu tem direito a recorrer em liberdade em caso de decretação de prisão, até que estejam esgotadas todas as possibilidades de recurso, ainda que já tenha condenação em segunda instância.

Essa decisão, porém, não exclui a possibilidade de um réu ficar preso, mediante um decreto de prisão preventiva de um juiz, sob justificativa de que a liberdade pode colocar em risco outras pessoas ou que o acusado pode ter interferência em inquéritos ou a possibilidade de cometimento de outro crime. A decisão, por 7 votos a 4, classificada como “histórica” pelo presidente do STF, ministro Gilmar Mendes, indica um posicionamento que deve ser confirmado pelo Tribunal em julgamentos futuros, que tratem do mesmo tema.

Foi neste sentido o voto do relator da ação, ministro Eros Grau, seguido pelos ministros Cezar Peluso, Ricardo Lewandowski, Celso de Mello, Carlos Ayres Britto, Marco Aurélio de Mello e Gilmar Mendes. Tratava-se de um habeas corpus em favor do agricultor Omar Coelho Vitor, condenado em segunda instância a sete anos de prisão por tentativa de homicídio, em Minas Gerais. Ele pedia no STF efeito suspensivo à execução de sua pena, ou seja, que ele não fosse preso até o esgotamento de todos os recursos. O Superior Tribunal de Justiça (STJ) tinha negado ao agricultor pedido semelhante.

A tese do relator é de que a prisão, antes do julgamento de todos os recursos cabíveis, ofende frontalmente o Artigo 5º, Inciso57, da Constituição, que dispõe que “ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória”. Para Grau, a  prisão durante a apelação pode ser caracterizada até como um cerceamento do direito de defesa. “A regra é a liberdade. Ninguém será preso senão em flagrante delito”, defendeu o ministro Ayres Britto.

Ficaram vencidos na discussão, que se estendeu por  praticamente toda a sessão, os ministros Menezes Direito – que deu voto, após ter pedido vista dos autos -,  Joaquim Barbosa, Carmem Lúcia e Ellen Gracie. Em sua argumentação, Barbosa chegou a dizer existir no Brasil “um sistema penal de faz de conta, que carece de eficência”.

“Se tivermos que esperar os deslocamentos de recursos, o processo jamais chegará ao fim. Não conheço nenhum país que ofereça aos réus tantos meios de recursos como o nosso”, criticou Barbosa.

Leia também em Educação Política:

ATO FALHO DO GILMAR: MINISTRO DIZ QUE SUPREMO TERÁ DECISÃO JUSTA DESTA VEZ; ALGUMAS ENTÃO FORAM INJUSTAS MESMO! QUE COISA!

UM DIA O SUPREMO E A JUSTIÇA VÃO SER TÃO ÁGEIS COM OS CRIMES CONTRA A VIDA COMO SÃO COM HABEAS CORPUS CEDIDOS A CRIMINOSOS

NASSIF: GILMAR MENDES É SUSPEITO DE CÚMPLICE COM REVISTA VEJA EM PROVÁVEL FARSA DO GRAMPO

EMISSÁRIO DE DANTAS FAZIA LIGAÇÕES DIRETAS PARA O SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL

O SEGREDO DE DANIEL DANTAS É ALGO GENIAL: NÃO HÁ RELAÇÃO ENTRE JUSTIÇA E LEGISLAÇÃO

SUPREMO TRANSFORMA O BRASIL NO PAÍS DOS SANTINHOS E INOCENTES

GILMAR MENDES PRECISA FAZER UM CURSO NA JUSTIÇA NORTE-AMERICANA; LÁ ACUSADOS SÃO ALGEMADOS E ACORRENTADOS

%d blogueiros gostam disto: