Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

Arquivos de tags: procurador-geral

JOAQUIM BARBOSA E O SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL PODERIAM CONDENAR O PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA ROBERTO GURGEL

Gurgel deve se preocupar com o Joaquim?

Há sérias acusações contra o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, que indicam que ele beneficiou a quadrilha de Carlinhos Cachoeira, mas não há provas concretas, mesmo porque não foi feita nenhuma investigação. Mas há fatos muito sérios que podem levar a uma interpretação de que ele integraria a quadrilha.

Veja que ao receber a primeira investigação contra a quadrilha de Carlinhos Cachoeira, na operação Vegas da Polícia Federal, Roberto Gurgel e a subprocuradora, por sinal, sua esposa, Cláudia Sampaio, nada fizeram. Isso foi motivo de um questionamento do senador Fernando Collor.

Agora, durante o processo do mensalão, Roberto Gurgel recomendou ao Supremo Tribunal Federal (STF) que arquive o inquérito aberto contra o deputado Stepan Nercessian (PPS-RJ), suspeito de envolvimento com o contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira. O site do próprio partido do deputado informa que “O parlamentar foi investigado em razão das ligações com Cachoeira, de quem recebeu R$ 175 mil”.

Segundo Stepan, R$ 160 mil referiam-se a um empréstimo, saldado em três dias, para a compra de um apartamento. O restante foi usado na compra de ingressos para o desfile de escolas de samba do Rio de Janeiro. Goiano, Stepan é amigo de infância do contraventor e alegou desconhecer a extensão de suas atividades ilícitas”(!?). Ou seja, apesar de confessar que houve o empréstimo e que tem uma ligação estreita com Carlinhos Cachoeira, desde a infância, o procurador recomendou o arquivamento. Para Gurgel, o grande ator da Globo e do Brasil interpreta uma ficção ao lado de Carlinhos Cachoeira.

Mas o Supremo poderia ter uma interpretação diferente. “Não é plausível, diante desses fatos e do que se viu e se descobriu sobre a quadrilha de Carlinhos Cachoeira”, diria o ministro Joaquim Barbosa em um hipotético julgamento de Roberto Gurgel, que o procurador não tenha beneficiado a quadrilha intencionalmente. Assim como contra José Dirceu, não há nenhuma ligação, gravação, documento, que o incrimine; não há qualquer prova concreta contra o procurador, mas será que Joaquim Barbosa e os outros ministros do Supremo não poderiam condenar Roberto Gurgel?

Veja links com essas informações: Indícios de prevaricação de Roberto Gurgel e site do PPS  e até na Veja.

Leia mais em Educação Política:

Veja mais em Educação Política

DEM, PARCEIRO DOS TUCANOS, ENTRA ATÉ NA JUSTIÇA CONTRA AS COTAS EM UNIVERSIDADE AFIM DE CONCENTRAR MAIS A RENDA NO BRASIL

O Dem não quer negros na UnB

O DEM não quer negros na UnB

O DEM, partido do prefeito Gilberto Kassab, que tenta concentrar mais renda em São Paulo, impedindo que pequenas e médias empresas de ônibus fretados circulem pelo centro da cidade, também quer concentrar renda em todo o Brasil.

Inconformado com a política de cotas da UnB (Universidade de Brasília), que reserva 20% de vagas para negros, o partido entrou na justiça para impedir essa política afirmativa.

A atitude do DEM é a forma mais fácil de se entender política no Brasil. Não adianta sentar na frente da televisão nas campanhas eleitorais. São os atos praticados no período entre uma eleição e outra que mostram a cara de uma agremiação política. Durante as eleições, todos os políticos são santinhos, honestos e querem o melhor para o Brasil.

Por sorte, o novo  Procurador-geral da República, Roberto Gurgel, desmontou a argumentação do DEM  e ainda mostrou a incompetência da peça jurídica com alguns SICs (assim mesmo). Ou seja, ressaltando que a peça jurídica do DEM foi escrita daquele jeito mesmo.

Em um dos SICs, o procurador destaca que os advogados do DEM usaram o termo, vejam só, “racialistas”.  Vai saber o que é isso. Em outro quando o DEM e seus representantes afirmam que a UnB teria criado um “Tribunal Racista, ressuscitando ideais nazistas”.  É realmente uma pérola.

Veja no site Conversa Afiada, de Paulo Henrique Amorim, a boa estréia de Roberto Gurgel

Veja o parecer no site da Procuradoria com os SICs

Leia mais em Educação Política:
TRABALHADORES INFORMAIS PODERÃO SE TORNAR FORMAIS QUASE SEM PAGAR IMPOSTO E, COM ISSO, VENDER PARA EMPRESAS E PREFEITURAS
BRASIL ENFRENTA DIFICULDADE PARA ERRADICAR O ANALFABETISMO E CUMPRIR META DA UNESCO
DIPLOMA DE JORNALISTA: O BRASIL GOSTA DE DISTRIBUIR A MISÉRIA E CONCENTRAR RENDA
EDUCAÇÃO RUIM E DESIGUALDADE SOCIAL SÃO FACILITADORES DA PEDOFILIA; SEM COMBATER A POBREZA NÃO HÁ COMO REDUZIR A PEDOFILIA
%d blogueiros gostam disto: