Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

Arquivos de tags: ProUni

EDUCAÇÃO PARA TODOS: 195 MIL ESTUDANTES PODERÃO RECEBER BOLSA DO PROUNI NO 1º SEMESTRE DE 2012

As inscrições para concorrer às bolsas vão de 14 a 19 de janeiro

Da Agência Brasil

ProUni vai oferecer 195 mil bolsas de estudo para o primeiro semestre de 2012
Por Luana Lourenço

Brasília – O Programa Universidade para Todos (ProUni) vai oferecer mais de 195 mil bolsas de estudo no primeiro semestre de 2012. Serão 98.728 bolsas integrais e 96.302 bolsas parciais, com custeio de 50% da mensalidade. As inscrições poderão ser feitas entre os dias 14 e 19 de janeiro.

Podem concorrer às bolsas do ProUni estudantes que cursaram todo o ensino médio em escola pública ou com bolsa integral em escola particular. Para pleitear uma das bolsas de estudo integrais, o candidato deve ter renda familiar per capita mensal de até 1,5 salário mínimo ((R$ 933, a partir de 1º de janeiro). Para as bolsas parciais, o requisito é ter renda familiar per capita de até três salários mínimos, o equivalente a R$ 1.866 (a partir de janeiro, considerando o novo valor do mínimo).

Para participar do ProUni o estudante também precisa ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2011, ter atingido o mínimo de 400 pontos na média das cinco provas e não ter tirado zero na redação.

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), professores da rede pública de ensino básico que concorrem a bolsas em cursos de licenciatura, curso normal superior ou de pedagogia não precisam cumprir o critério de renda, desde que estejam em efetivo exercício e integrem o quadro permanente da escola na qual atuam.

Na inscrição, o candidato poderá escolher até duas opções de curso e de instituição, uma a menos que na seleção anterior, para as vagas do segundo semestre de 2011. De acordo com o MEC, a mudança se deve a “acertos normais do sistema”, que passa por mudanças a cada processo seletivo. (Texto completo)

Leia mais em Educação Política:

ESTUDANTES OCUPAM BRASÍLIA EM DEFESA DE MAIS RECURSOS PARA A EDUCAÇÃO E PARA GARANTIR DINHEIRO DO PRÉ-SAL PARA O SETOR
GASTOS MUNICIPAIS COM EDUCAÇÃO CRESCERAM, MAS PERMANECE DESIGUALDADE DE INVESTIMENTO ENTRE AS REGIÕES
VEJA OS ESTADOS QUE CUMPREM E OS QUE DESCUMPREM O MÍNIMO EXIGIDO POR LEI PARA PROFESSORES DE ESCOLAS PÚBLICAS DO BRASIL
MODELO BUROCRÁTICO DA ACADEMIA BRASILEIRA, VALORIZAÇÃO DA QUANTIDADE E NÃO DA QUALIDADE ESTÃO ENTRE OS ENTRAVES PARA O DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO NO BRASIL, DIZ NICOLELIS

JÁ ESTÃO ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA O ENEM 2011, ESTUDANTES INTERESSADOS EM UMA VAGA NA UNIVERSIDADE PÚBLICA OU EM PARTICIPAR DO PROUNI DEVEM FICAR ATENTOS

Analisando e universalizando a educação no Brasil

O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), além de ser um instrumento de avaliação da qualidade do ensino no Brasil, tem se tornado nos últimos anos a porta de entrada de muitos jovens para o ensino superior. Um bom desempenho no exame pode garantir uma vaga em uma universidade pública ou uma bolsa do Programa Universidade para Todos (ProUni), que torna possível a um estudante que não teria como arcar com os custos de uma universidade privada cursar o ensino superior.

Por isso, os interessados em pleitear uma vaga nas universidades públicas e privadas do país devem ficar atento às datas, inscrever-se no exame e se preparar, pois, sem dúvida, ele representa uma ótima oportunidade para aqueles que sonham em conseguir seu diploma e querem, por meio da lapidação do seu talento e conquista do conhecimento, construir um país melhor!

Veja trecho de notícia publicada pela Agência Brasil com todas as informações necessárias para participar do exame. As inscrições começam hoje e seguem até o dia 10 de junho, exclusivamente pela internet.

Inscrições para o Enem 2011 começam hoje e podem chegar a 6 milhões
Por Amanda Cieglinski

Brasília – A partir das 10h de hoje (23), estudantes interessados em participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2011 podem se inscrever no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). O processo segue até as 23h59 do dia 10 de junho, exclusivamente pela internet.

As provas serão aplicadas nos dias 22 e 23 de outubro. A previsão do Inep é que o número de inscritos chegue a 6 milhões. O valor da taxa é de R$ 35, mas estudantes que estão concluindo o ensino médio em escola pública não pagam.

Em 2009, o MEC deu início a um projeto de substituição dos vestibulares tradicionais pelo Enem como forma de ingresso na universidade. A partir do resultado da prova, os alunos se inscrevem no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e podem pleitear vagas em instituições públicas de ensino superior de todo o país. No ano passado, foram ofertadas 83 mil vagas em 83 instituições, sendo 39 universidades federais. (Texto Completo)

Leia mais em Educação Política:

PARABÉNS PROFESSORA AMANDA GURGEL, MAS PARABÉNS NÃO BASTA, É PRECISO INVESTIR EM EDUCAÇÃO E NÃO FICAR NOS PARABÉNS
PARA FUNDADOR DA EDUCAFRO VELHA MÍDIA FAZ TEMPESTADE EM UM COPO D’ÁGUA NO CASO DO ENEM
EDUCAÇÃO DE JOVENS EM ÁREAS RURAIS ESTÁ AMEAÇADA PELO FECHAMENTO DE ESCOLAS E FALTA DE MATERIAL DIDÁTICO
EDUCAÇÃO POLÍTICA É IMPORTANTE PORQUE TEMOS MUITOS ANALFABETOS POLÍTICOS

INSCRIÇÕES PARA PARTICIPAR DO PROUNI COMEÇAM NA PRÓXIMA SEXTA-FEIRA

O ProUni tem se mostrado, entre tantas outras medidas inclusivas e de relevância social, implementadas pelo governo federal, um programa de sucesso, que tem dado certo e significado a oportunidade que milhares de jovens nunca sonharam em ter.

O Educação Política sempre reserva um espaço para falar sobre o programa, seus desafios e conquistas, afinal, acreditamos que programas como esse fazem com que a educação chegue de fato a todos e se faça rica, múltipla e, efetivamente, democrática.

Portanto, para aqueles que fizeram as provas do Enem esse ano e querem participar do programa as inscrições que começariam nesta quarta-feira, só terão início a partir de sexta-feira, dia 21, e seguirão até o dia 25 de janeiro.

Veja trecho de notícia publicada pela Agência Brasil onde constam todas as informações referentes ao programa:

Inscrições para o ProUni são adiadas para sexta-feira

  Por Amanda Cieglinski

Brasília – As inscrições para o Programa Universidade para Todos (ProUni), marcadas para começar quarta-feira (19), foram adiadas para sexta-feira (21). Nesta edição serão oferecidas 123.170 bolsas de estudo em 1,5 mil instituições privadas de ensino superior. Do total, 80.520 são integrais e 42.650 parciais, que custeiam 50% da mensalidade.

O adiamento do período de inscrições do ProUni ocorreu por causa da prorrogação do prazo de inscrições do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O período se encerraria amanhã, mas terminará só na quinta-feira. Alunos relataram dificuldades para acessar a página, que ficou sobrecarregada. Criada pelo MEC no ano passado, a ferramenta unifica a oferta de vagas em instituições públicas de ensino superior. Nesta edição, são 83.125 vagas em 83 instituições, sendo 39 universidades federais.

Os estudantes interessados no benefício deverão acessar o site do ProUni entre os dias 21 e 25 de janeiro. Para participar do programa, o candidato precisa ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou estabelecimento privado com bolsa integral, além de atender a alguns critérios de renda. É necessário ainda ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2010 e atingido pontuação mínima de 400 pontos na média das cinco provas – também não pode ter zerado a redação. (Texto Completo)

Leia mais em Educação Política:

DEPOIMENTO DE ALUNO DO PROUNI MOSTRA ORGULHO E SATISFAÇÃO EM FAZER PARTE DO PROGRAMA
INVESTIMENTOS EM EDUCAÇÃO CRESCEM APENAS 0,2% AO ANO E O VALOR DESTINADO AO SETOR PARA 2011 É INSUFICIENTE, DIZ CNTE
BOM DESEMPENHO DE ALUNOS DO PROUNI MOSTRA COMO ESSE TIPO DE PROGRAMA SOCIAL DÁ CERTO
EDUCAÇÃO NO BRASIL É PIOR DO QUE NO PARAGUAI, BOLIVIA E EQUADOR, DIZ UNESCO; MAS EDUCAÇÃO É A GRANDE INFRAESTRUTURA DE UM PAÍS

DEPOIMENTO DE ALUNO DO PROUNI MOSTRA ORGULHO E SATISFAÇÃO EM FAZER PARTE DO PROGRAMA

Um programa que valoriza o jovem e promove conhecimento

EDUCAÇÃO POLÍTICA VOCÊ FAZ

Por Caio Fernandes

Olha eu sou bolsista do PROUNI e sinto muito orgulho de ser um estudante de Direito pelo programa, onde a uns tempos atrás esse nível de educação era para poucos e hoje esse quadro vem se modificando graças as medidas bem planejadas do governo federal para dar oportunidades e crescimento para as pessoas que demonstrem interesse de progredir na vida, são medidas como essas que o governo tem que tomar para desenvolver o nosso país.

Leia mais em Educação Política:

BOA NOTÍCIA PARA A PESQUISA NO BRASIL: CNPq ANUNCIA AUMENTO DE 10% NO NÚMERO DE BOLSAS DE MESTRADO E DOUTORADO PARA 2011
EM UM CONTEXTO ONDE A CULTURA ESTÁ DISTANTE DA POPULAÇÃO, SUMARÉ CONCENTRA INVESTIMENTOS EM BIBLIOTECAS E EM PROJETOS DE INCENTIVO À LEITURA
GARGALO DA EDUCAÇÃO: METADE DOS PROFESSORES DE ESCOLAS PÚBLICAS EM SÃO PAULO SOFRE DE ESTRESSE, DIZ APEOESP
VIOLÊNCIA NO RIO DE JANEIRO: A CARA DE UM PAÍS QUE PRECISA INVESTIR PESADO EM EDUCAÇÃO

SERRA ATACA O ENEM E DEM, VICE DO CANDIDATO, PEDIU A EXTINÇÃO DO PROUNI

Receita de inclusão social que dá certo! Eles só podiam ser contra

Da Agência Educação Política

José Serra, candidato do PSDB à presidência da república, declarou recentemente que há uso político da prova do ENEM e que, neste sentido, ela deveria ser revista. O ataque de Serra ao ENEM é leviano e não se sustenta em qualquer tipo de motivo realmente justificador. O vazamento da prova do ENEM que ocorreu o ano passado foi um crime contra o ENEM que está sendo investigado. Uma vez explicado e prevenido, o episódio não compromete em nada a qualidade do exame, tampouco faz dele um instrumento político.

Para Dilma Rousseff, esses ataques de José Serra ao ENEM, usando o pretexto de que a prova seria política, aliada à tentativa do DEM em extinguir o ProUni (Programa Universidade para todos) entrando com ação contra o programa no Supremo Tribunal Federal (STJ) mostram, acima de qualquer outra coisa, que o candidato pretende dificultar o acesso dos jovens à univesidade, já que o ENEM serve como exame de entrada em diversas instituições de ensino superior que participam do ProUni.

Para Dilma, ao atacar o ENEM, o candidato Serra está atacando indiretamente o ProUni, o que, de fato, não deixa de ter sentido, haja vista a falta de fundamentos e contexto para a crítica feita ao ENEM pelo candidato demo-tucano.

Mais uma vez, fica claro como José Serra e sua turma representam o que há de mais conservador no nosso país. Eles são de fato contra os direitos sociais adquiridos durante o governo Lula. Para eles, não interessa que jovens frequentem a universade e pensem o seu país. Para eles, não interessa que famílias saiam da miséria e conquistem um emprego e melhores condições de vida. Para eles, povo é sinônimo de cordeiro. Aquele que segue e obedece.

Para Dilma, PSDB quer dificultar acesso de jovens à faculdade
Por Redação da Rede Brasil Atual

São Paulo – A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, lamentou as declarações de seu adversário, José Serra (PSDB), sobre o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O tucano afirmou esta semana que há uso político da prova.

Dilma entende que isso reflete uma tentativa de dificultar o acesso dos jovens à faculdade, já que o Enem agora serve como exame de entrada em diversas instituições de ensino superior e no Programa Universidade para Todos (ProUni). Durante evento de campanha em Belo Horizonte, a candidata lembrou que o DEM, aliado do PSDB, entrou com ação no Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo a extinção do ProUni.

“Eu acho um absurdo a declaração do candidato Serra a respeito do Enem. Quando se fala em vazamento é necessário que se perceba que foi um crime que está sendo investigado. E um crime contra o Enem”, afirmou Dilma, numa referência ao episódio envolvendo o exame no ano passado. “Atacar o Enem agora é uma forma indireta do candidato Serra atacar o Prouni. Aliás, o partido do vice dele [DEM] entrou na Justiça pedindo para acabar com o Prouni, entraram no Supremo. E sso compromete as oportunidades que 700 mil estudantes estão tendo, o que é um absurdo.” (Texto Completo)

Leia mais em Educação Política:

PESQUISA DA UERJ DESMITIFICA MUITAS DAS QUESTÕES LIGADAS ÀS POLÍTICAS AFIRMATIVAS DE ACESSO À UNIVERSIDADE
BOM DESEMPENHO DE ALUNOS DO PROUNI MOSTRA COMO ESSE TIPO DE PROGRAMA SOCIAL DÁ CERTO
ESCOLA PÚBLICA RESERVA UM TEMPO PARA O APRENDIZADO DA CULTURA POPULAR BRASILEIRA POR MEIO DA TRADIÇÃO ORAL
AS VEIAS ABERTAS DA AMÉRICA LATINA SERÁ LIVRO BASE DE LEITURA PARA AS ESCOLAS DA BOLÍVIA

BOM DESEMPENHO DE ALUNOS DO PROUNI MOSTRA COMO ESSE TIPO DE PROGRAMA SOCIAL DÁ CERTO

Os dados já dizem tudo!

Da Agência Educação Política

Sem dúvida alguma, uma das melhores políticas educacionais implantadas pelo governo federal foi o Programa Universidade para Todos (ProUni). Além de fazer com que a universidade de fato se constitua como um espaço de diversidade, troca de ideias e experiência, intercâmbio cultural e social, o ProUni permite o acesso de muitos jovens a um ambiente acadêmico com o qual, se não fosse o programa, eles sequer poderiam começar a sonhar.

Além de todos esses fatores positivos que justificam uma política inclusiva como essa, o PROUNI vem de fato mostrando resultados que provam a sua eficácia. O ministro da educação, Fernando Haddad, divulgou recentemente dado que diz que os alunos cotistas do ProUni têm um bom desempenho universitário, na maioria das vezes, superior aos alunos regulares. Para os que sempre disseram que os alunos cotistas iriram ter dificuldades para acompanhar o ritmo dos outros estudantes e ficariam para trás, a realidade mostra o contrário.

Mais uma vez o que se vê é que em questão de educação e conhecimento, o esforço e a dedicação vêm em primeiro lugar! São eles que fazem a diferença!

Cotistas do ProUni têm desempenho superior aos não cotistas, diz Haddad
Da Agência Brasil
Por Lisiane Wandscheer

Brasília – O ministro da Educação, Fernando Haddad, disse nesta quinta-feira (23), durante o 10º Encontro Nacional de Assuntos Estratégicos, que no Programa Universidade para Todos (ProUni) foi possível ver o acerto da política de cotas. “O ProUni é um modelo de cotas e vemos que a qualidade dos alunos não caiu. Pelo contrário, os alunos têm desempenho superior ao dos não cotistas”, afirmou.

Haddad criticou a tese defendida pelos críticos das cotas, segundo os quais o sistema estimularia o conflito racial. “O conflito não aconteceu, pelo contrário, a diversidade se impôs, e nada melhor que brancos convivendo com negros. Conviver com a diferença é um elemento fundamental da educação. Se você não sabe conviver com a diferença, não está educado”, destacou.

O ministro da Promoção da Igualdade Racial, Elói Ferreira de Araújo, salientou que um dos principais desafios para o próximo governo é o combate ao racismo. “O Estado brasileiro precisa superar o racismo. O mito da democracia racial sempre povoou os olhares de estudiosos e da inteligência nacional e apenas colaborou com a segregação”, disse Araújo. (Texto Completo)

Leia mais em Educação Política:

ESCOLA PÚBLICA RESERVA UM TEMPO PARA O APRENDIZADO DA CULTURA POPULAR BRASILEIRA POR MEIO DA TRADIÇÃO ORAL
AS VEIAS ABERTAS DA AMÉRICA LATINA SERÁ LIVRO BASE DE LEITURA PARA AS ESCOLAS DA BOLÍVIA
ANALFABETISMO FUNCIONAL ATINGE 20% DOS BRASILEIROS, DIZ IBGE, E O PROFESSOR É APONTADO COMO UMA DAS SOLUÇÕES PARA O PROBLEMA
EDUCAÇÃO POLÍTICA VOCÊ FAZ: PRECISAMOS INSERIR POLÍTICA NAS ESCOLAS

INSCRIÇÕES DO PROUNI COMEÇAM HOJE E VÃO SOMENTE ATÉ SÁBADO, DIA 19

Inscrições para o ProUni começam hoje com 60 mil bolsas disponíveis

Amanda Cieglinski
Repórter da Agência Brasil

Brasília – A partir das 10h de hoje (15), os interessados em participar do Programa Universidade para Todos (ProUni) já podem se inscrever no site do Ministério da Educação (www.mec.gov.br). Nessa edição serão oferecidas 60.488 bolsas em 1.225 instituições privadas de ensino superior.

Do total de benefício disponíveis para o segundo semestre de 2010, 39.113 são integrais e 21.375 parciais, que custeiam 50% da mensalidade. As bolsas integrais são destinadas aos alunos com renda familiar mensal per capita de até um salário mínimo e meio (R$ 765). Já as parciais são para os candidatos cuja renda familiar mensal per capita não seja superior a três salários mínimos (R$ 1.530).

Para participar, é preciso ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou em colégio particular como bolsista. Também é necessário ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2009 e alcançado no mínimo 400 pontos na média das cinco provas.

Também podem se inscrever professores da rede pública de ensino básico interessados em cursos de  licenciatura, normal superior ou pedagogia, desde que estejam em exercício. Nesse caso, não é necessário cumprir o critério de renda.

As inscrições terminam no dia 19 e a previsão é de que a lista dos pré-selecionados em primeira chamada seja divulgada dia 21 de junho. Esses estudantes deverão comparecer às instituições para onde foram selecionados no período de 22 de junho a 2 de julho para entregar documentos que comprovem as informações prestadas durante as inscrições. Em seguida, estão programadas seis chamadas subsequentes caso ainda haja bolsas a serem distribuídas.

Leia mais em Educação Política:

JORNALISMO CHAPA ROSA NÃO FALA DA MANIPULAÇÃO DAS TELES PARA DESTRUIR O PLANO NACIONAL DE BANDA LARGA
HUMOR: A FORMA MAIS RÁPIDA DE ADQUIRIR A CULTURA DOS LIVROS
HUMOR: JOSÉ SERRA HILARIANTE FAZ DECLARAÇÕES SURREAIS E GANHA CHARGE PARA O SERIADO LOST
HUMOR OU DOR? FANTASIA OU REALIDADE? SCHIMADA E LAERTE EM UMA PEQUENA HQ IMPAGÁVEL

PROUNI TERÁ SEGUNDA CHANCE ENTRE 4 E 7 DE MARÇO PARA ESTUDANTES QUE NÃO FORAM PRÉ-SELECIONADOS

Pré-selecionados no ProUni já podem comprovar informações

Paula Laboissière
Repórter da Agência Brasil

Brasília – Os estudantes que foram pré-selecionados no Programa Universidade para Todos (ProUni) já podem comparecer à instituição de ensino escolhida e comprovar as informações que foram declaradas na inscrição. O prazo vai até o próximo dia 26.

O resultado da primeira etapa de inscrições do ProUni está disponível no site www.mec.gov.br. Ao todo, 148.327 estudantes foram pré-selecionados.

Para saber se foi aceito, o aluno deve acessar o link do ProUni e, em seguida, informar o número de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e o número no Cadastro de Pessoa Física (CPF).

Foram ofertadas 165 mil bolsas de estudo, sendo 86 mil integrais e 79 mil parciais (com desconto de 50% da mensalidade).

Os estudantes que não foram pré-selecionados terão outra oportunidade e poderão se inscrever na segunda etapa de inscrições, de 4 a 7 de março.

Leia mais em Educação Política:
ENTIDADES DEVERIAM LEVAR PERSEGUIÇÃO AO JUIZ FAUSTO DE SANCTIS ÀS CORTES INTERNACIONAIS
BOA NOTÍCIA: PROGRAMA DE DILMA ROUSSEFF PREVÊ MAIOR REGULAÇÃO DO ESTADO NA ECONOMIA
PODER JUDICIÁRIO É QUEM MAIS DESRESPEITA A CONSTITUIÇÃO E LIBERA SALÁRIOS ACIMA DO TETO CONSTITUCIONAL
EDUCAÇÃO NO BRASIL É PIOR DO QUE NO PARAGUAI, BOLIVIA E EQUADOR, DIZ UNESCO; MAS EDUCAÇÃO É A GRANDE INFRAESTRUTURA DE UM PAÍS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO (MEC) DIVULGA A SEGUNDA CHAMADA DOS PRÉ-SELECIONADOS PARA O PROUNI

MEC divulga lista de aprovados em segunda chamada para o ProUni


Amanda Cieglinski
Repórter da Agência Brasil

Brasília – Já está disponível na internet a lista dos candidatos pré-selecionados em segunda chamada para receberem uma bolsa do Programa Universidade para Todos (ProUni). Nesta fase foram classificados 14.523 estudantes.

Os futuros bolsistas têm até quinta-feira (20) para comparecer às instituições para as quais foram selecionados a fim de comprovar os dados informados na ficha de inscrição. A lista dos documentos está disponível no site do programa.

O ProUni oferece bolsas a alunos de baixa renda que queiram estudar em instituições particulares do ensino superior. As bolsas integrais são reservadas a estudantes com renda familiar de até um salário mínimo e meio (R$ 697,50), por membro da família. As bolsas parciais, que custeiam 50% da mensalidade, podem ser pleiteadas por candidatos com renda familiar de até três salários mínimos (R$ 1.395) per capita.

Mais informações podem ser obtidas na página do programa ou pelo telefone 0800 61 61 61.

Leia mais em Educação Política:
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PRORROGA PRAZO PARA PLANO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES PORQUE SOBRARAM 4 MIL VAGAS
4,5 MILHÕES DE ALUNOS VÃO PRESTAR A PROVA DO ENEM
BRASIL PRECISA INVESTIR PESADO EM PESQUISA SOBRE A BIODIVERSIDADE PARA SE TRANSFORMAR EM POTENCIAL AMBIENTAL
VIOLÊNCIA ESTÁ DIRETAMENTE LIGADA À EDUCAÇÃO RUIM EM SÃO JOSÉ DO RIO PRETO, NO INTERIOR DE SÃO PAULO
INTERNAUTA: EM TERRA DE CEGO PARA EDUCAÇÃO, SÓ CERVEJA E FUTEBOL APARECEM NA NOSSA VISÃO

PROUNI (PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS) SELECIONA 150 MIL ESTUDANTES; 60 MIL SÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Quase 150 mil estudantes foram pré-selecionados para o ProUni

Marco Antonio Soalheiro
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O resultado da chamada do processo de seleção do primeiro semestre de 2009 para as bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni) já pode ser consultado pelos candidatos na página eletrônica do programa.

Basta informar os números do CPF e de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2008. Foram pré-selecionados 148.932 estudantes dos 608.142 inscritos de todo o país. Eles deverão confirmar até o dia 30 as informações prestadas na ficha de inscrição.

A documentação exigida inclui identidade, comprovante de residência e de rendimentos do candidato e dos membros da família, dentre outros.

As bolsas não confirmadas pelos candidatos pré-selecionados serão oferecidas em segunda e terceira chamadas, com datas previstas para divulgação de resultados em 11 de fevereiro e 9 de março.

São Paulo foi o estado com maior número (60.801) de estudantes pré-selecionados, seguido por Minas Gerais (15.859), Paraná (12.159) e Rio Grande do Sul (8.086).

Os estudantes com as melhores notas no Enem terão prioridade na escolha do curso e da instituição na qual pretendem estudar.

Leia também em Educação Política:

NOVAS REGRAS DA LÍNGUA PORTUGUESA JÁ ESTÃO EM VIGOR PARA UNIFICAR 280 MILHÕES DE PESSOAS

DESVIAR VERBA DA EDUCAÇÃO É PIOR DO QUE FURTAR MANTIMENTOS DE DESABRIGADOS DE SANTA CATARINA

DEPOIS DE CUBA E VENEZUELA, BOLÍVIA É O TERCEIRO PAÍS DA AMÉRICA LATINA A ERRADICAR O ANALFABETISMO; BRASIL AINDA PATINA E FICA PARA TRÁS

SUPREMO APROVA PISO MÍNIMO PARA PROFESSOR, MAS DEIXA DE LADO O TEMPO DE PLANEJAMENTO DE UM TERÇO DA CARGA HORÁRIA

LEITOR FAZ APELO AO GOVERNADOR JOSÉ SERRA E A SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO, MARIA HELENA DE CASTRO, QUE IGNORAM SITUAÇÃO DE ARARAQUARA, INTERIOR DE SÃO PAULO

PROUNI ABRE INSCRIÇÕES PARA 2009; PRAZO VAI ATÉ 12 DE DEZEMBRO

Interessados em concorrer a uma bolsa do ProUni podem se inscrever a partir de hoje

Da Agência Brasil

Brasília – Os interessados em concorrer a uma bolsa de estudo do Programa Universidade para Todos (ProUni) podem se inscrever a partir de hoje (24) pela internet. O processo seletivo permitirá o ingresso em cursos de instituições particulares de educação superior no primeiro semestre de 2009. As inscrições podem ser feitas até 12 de dezembro.

O ProUni oferece bolsas integrais e parciais de 50% da mensalidade. Para participar do programa, é preciso comprovar renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio (R$ 622,50), no caso da bolsa integral, e de até três salários mínimos (R$ 1.245,00), para bolsa parcial.

Os candidatos devem ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) este ano, com média mínima de 45 pontos na prova objetiva e na redação. Além disso, é preciso ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou, no caso de estabelecimento de ensino particular, na condição de bolsista integral. O programa é aberto a estudantes que vão concluir o ensino médio em 2008 ou que concluíram essa etapa em anos anteriores.

Leia também no Educação Política:

HISTÓRIA DOS BRANCOS DOMINA ENSINO ESCOLAR E PREJUDICA ALUNOS NEGROS, DIZ ESTUDIOSO

PARANÁ, SANTA CATARINA, MATO GROSSO DO SUL, RIO GRANDE DO SUL E CEARÁ NÃO QUEREM VER A EDUCAÇÃO DO BRASIL MELHORAR

O BRASIL PRECISA DE UMA NOVA IDEOLOGIA: A IDEOLOGIA DA EDUCAÇÃO

ÓTIMA NOTÍCIA: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO QUER ENSINO OBRIGATÓRIO DOS 4 AOS 17 ANOS

%d blogueiros gostam disto: