Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

Arquivos de tags: Revista Fapesp

PESQUISADORES FAZEM NANOTUBO TORCIDO DEZ MIL VEZES MENOR DO QUE FIO DE CABELO E 100 VEZES MAIS RESISTENTE DO QUE O AÇO

Supermúsculos de carbono e cera

Nanotubos recheados com parafina podem ser a base de fibras artificiais potentes e velozes

MARCOS PIVETTA | Edição Online 16:28 19 de novembro de 2012

Nanotubo torcido

Nanotubo torcido

Uma equipe internacional de pesquisadores, com participação destacada de cinco brasileiros, produziu fios retorcidos feitos de nanotubos de carbono e recheados de parafina de vela que podem ser a base para o desenvolvimento de músculos artificiais extremamente potentes e velozes.  “Se compararmos um músculo de nanotubos de carbono com um músculo humano da mesma espessura, o primeiro consegue exercer 400 vezes mais força”, diz o engenheiro de materiais Márcio Lima, pesquisador associado do NanoTech Institute da Universidade do Texas em Dallas, principal autor do trabalho, que sai na revista científica Science com data de 16 de novembro. “Esses músculos se contraem por completo em apenas 25 milésimos de segundo.”

Nanotubos de carbono são folhas de apenas um átomo de espessura enroladas em torno de si mesmas, como um canudo. O diâmetro de um nanotubo é dez mil vezes menor do que o de um fio de cabelo e 100 vezes mais resistente que o aço. A estrutura composta de fios entrelaçados de nanotubos de carbono e infiltrados com cera é capaz de levantar um objeto equivalente a 100 mil vezes o seu próprio peso ou fazer girar uma pá a uma velocidade média de 11.500 rotações por minuto. (Texto Completo)

Leia mais em Educação Política:

%d blogueiros gostam disto: