Educação Política

mídia, economia e cultura – por Glauco Cortez

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CRIA PAPEL PLÁSTICO COM EMBALAGEM DE MATERIAL DE LIMPEZA

Papel de plástico reciclado
Embalagens descartadas servem para rótulos e livros

Novo papel plástico é usado para embalagens

Novo papel plástico pode ser usado até para fabricar dinheiro

Um papel sintético fabricado com plástico descartado pós–consumo foi desenvolvido na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e testado em uma planta piloto da empresa Vitopel, fabricante de filmes flexíveis com fábrica em Votorantim, no interior paulista. Produzido em forma de filmes, o material produzido a partir de garrafas de água, potes de alimentos e embalagens de material de limpeza pode ser empregado em rótulos de garrafas, outdoors, tabuleiros de jogos, etiquetas, livros escolares e cédulas de dinheiro. “Ele é indicado para aplicações que necessitam de propriedades como barreira à umidade e água, além de ser bastante resistente”, diz a professora Sati Manrich, do Departamento de Engenharia de Materiais da universidade e coordenadora do projeto que teve financiamento da FAPESP para o desenvolvimento da pesquisa e o depósito de patente. O papel sintético comercializado atualmente é produzido com derivados de petróleo. “Existem várias patentes e produtos comercializados com matéria-prima virgem, mas não encontramos nenhuma patente ou papel sintético feito a partir de material plástico reciclado”, diz Sati.

Os testes na planta piloto, também chamada de escala semi-industrial, foram conduzidos por Lorenzo Giacomazzi, coordenador de tecnologia de processos da Vitopel, que tem a cotitularidade da patente. “O grande diferencial desse processo é fabricar um papel sintético com material totalmente reciclado”, diz Giacomazzi. Foram usadas várias composições e misturas de plásticos da classe das poliolefinas. “O aspecto final é o mesmo do produto feito a partir da resina virgem, com a vantagem que se aproveita o material que iria para o aterro sanitário ou lixões.” A negociação da patente foi uma permuta entre as duas partes. Como a empresa precisava conhecer a composição do material para permitir o uso do equipamento, foi feita uma parceria. “Não pagamos nada para usar a máquina necessária para o experimento e, em troca, eles ficaram com um terço da propriedade intelectual”, explica Sati. Atualmente a empresa está à procura de fornecedores de material reciclado para continuar os testes em escala ampliada

Leia também em Educação Política:

UNIVERSIDADE DESENVOLVE PESQUISA PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL A PARTIR DE MICROALGAS

BRASIL É O NONO PAÍS A DOMINAR A TECNOLOGIA DE ENRIQUECIMENTO DO URÂNIO

EMPRESA BRASILEIRA DE TECNOLOGIA TRANSFORMA BAGAÇO EM CARVÃO, ÓLEO E GÁS

CAPITALISMO DEPENDENTE: APENAS 3,7% DOS DOUTORES DO PAÍS ESTÃO EM EMPRESAS PRIVADAS

BRASIL PRECISA DOBRAR INVESTIMENTO EM PESQUISA

Anúncios

10 Respostas para “UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CRIA PAPEL PLÁSTICO COM EMBALAGEM DE MATERIAL DE LIMPEZA

  1. Marcos Carnier Skolimovski 3 fevereiro, 2009 às 9:58 pm

    Prezados Pesquisadores.

    Li, ouvi e me interesso por informções complementares para divulgação, implementação em fábricas e comercialização tanto no mercado interno, quanto no internacional.

    Sou Agente Internacional de Negócios, resido e tenho Escritório em Curitiba.

    Aguardo um contato para informações completas, caso haja interesse.

    Sinceramente,

    Marcos Carnier

    Curtir

  2. elizabeth 4 fevereiro, 2009 às 6:28 pm

    Me interessei pelo negócio do papel plástico e gostaria de maiores informações para poder abrir um
    negocio com este produto.Sou de Campinas.Aguardo contato.

    Curtir

  3. José do Rosário Gonçalves 5 fevereiro, 2009 às 9:43 am

    para que o brasil entre em uma nova era que começa a se desenhar com a crise mundial nossos governantes precisam de acreditar e investir em nossos presquisadores. somos a misturas de todos os povos, geneticamentes somos dotado de toda a inteligência do planeta.

    Curtir

  4. Flavia Longhi 5 fevereiro, 2009 às 11:26 pm

    Li sobre a reportagem e me interessei muito.
    Tenho um lixao so de materiais de plastico, gostaria de saber se posso fornecer para voces continuarem a pesquisa
    Atenciosamente
    Flavia

    Curtir

  5. Pingback: GOVERNO LULA PRECISA ESTIMULAR A ECONOMIA DA RECICLAGEM; CATADORES DE PAPEL E PLÁSTICO SOFREM COM A CRISE DOS BANCOS « Educação Política

  6. José Fernando Dalla Libera 14 julho, 2009 às 2:55 pm

    Boa tarde! Gostaria de obter mais informações a respeito da produção do papel de plastico, pois tenho interesse em produzir esse novo material em Santa Catarina. Obrigado

    Curtir

  7. Jaqueline Ambrozio 22 março, 2011 às 9:08 am

    bom dia, sou estudadente do Centro Paula Souza de São Carlos (Industrial) estou fazendo um seminario de gestão ambiental, e me interressei sobre seu trabalho.Gostaria de mostrar o msm em minha apresentação.Saber mais detalhes sobre o processo de fabricação desse plastico e etc. Qual a possíbilidade de marcamos uma entrevista, para que sejam esclarecidas essas duvidas?
    Desde já agradeço.
    Aguardo Resposta.

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: